04/06/19 - 05:38:02

Agricultores de perímetro irrigado da Cohidro fazem mutirão de limpeza

O objetivo é melhorar a qualidade da água e diminuir riscos de quebras e danos nas bombas, crivos, tubulações e nos equipamentos de irrigação dos próprios produtores rurais.

Em regime de mutirão, agricultores irrigantes do Perímetro Irrigado Califórnia, as equipes da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) e da Prefeitura Municipal de Canindé de São Francisco se reuniram para mais uma grande limpeza nos reservatórios de água que abastecem as estações de bombeamento (EBs) dos setores 02, 05, 06 e 07 do pólo irrigado. A Cohidro e o município cooperaram com máquinas e funcionários para a mobilização, com o objetivo de melhorar a qualidade da água e diminuir riscos de quebras e danos nas bombas, crivos, tubulações e nos equipamentos de irrigação dos próprios produtores rurais.

O perímetro Califórnia utiliza a água do Rio São Francisco para distribuir em seus 333 lotes, por meio de uma rede de canais e adutoras, estações de bombeamento e reservatórios, promovendo a agricultura no Semiárido e gerando renda para a agricultura familiar, com a produção média anual de 28 mil toneladas de alimentos. Para o irrigante Geraldo Lima, que planta quiabo e macaxeira irrigados com a água do Setor 07, o benefício da limpeza é repercutido na qualidade do serviço oferecido aos agricultores. “Participo porque a gente é agricultor e quer melhorias. Gosto de colaborar e faço minha parte. Se você limpa um reservatório daquele, a água vem com mais qualidade, pega mais pressão, as bombas trabalham com mais folga, e isso é melhor para todo mundo”, disse.

O presidente da Cohidro, Paulo Sobral, explica que a empresa converte esforços para a realização de limpezas periódicas nos perímetros irrigados que possuem reservatórios secundários – em Lagarto e Canindé –, mas acredita que a participação ativa dos irrigantes é um modo deles compartilharem a responsabilidade pela conservação do bem público que os serve. “Disponibilizamos nosso pessoal e enviamos nossa retroescavadeira para que a retirada do material raspado do fundo dos reservatórios fosse feita de modo mais eficiente. Geralmente, nossos técnicos também aproveitam esses períodos, em que as bombas param, para realizar manutenção nos equipamentos e tubulação, principalmente a limpeza dos crivos (que são peneiras no tubo de captação de água)”, acrescenta.

Segundo o diretor de Irrigação e Desenvolvimento Agrícola da Cohidro, João Fonseca, a limpeza é realizada periodicamente devido ao acúmulo de plantas subaquáticas no fundo dos reservatórios. “Esse material cresce muito rápido. Chega uma hora em que ele se solta e vai parar nas tubulações. Grandes pedaços entopem os crivos, prejudicando a entrada da água e as partes menores podem danificar a bomba, entupir as adutoras e até danificar os aspersores nas lavouras”, explica. A gerente do Califórnia, Eliane Moraes, parabenizou os irrigantes, pelo poder de mobilização que viabilizou a realização da grande limpeza. “Eles mostraram que é real o seu interesse em manter o perímetro irrigado em bom funcionamento”, pontua.

O agricultor Galileu Fernandes também produz na região, plantando quiabo, feijão e macaxeira no Setor 3. De acordo com ele, o reservatório havia sido limpo há pouco tempo. Mesmo assim, participou do mutirão que fez a limpeza do reservatório da EB-02, que é o maior de todos. “A gente é o mais beneficiado pelo perímetro irrigado, então é mais que um dever, já que utilizamos a água para irrigação. Temos que contribuir o máximo que pudermos no mutirão, e vamos limpar novamente depois. Com certeza melhora bastante a qualidade da água. Fica melhor. Com menos sujeira, pára de entupir as peneiras e as bombas da Cohidro, os aspersores e os filtros que a gente tem nos canos de irrigação”, conclui.

Fonte e foto assessoria