12/06/19 - 16:38:12

ARACAJU REGISTROU ALTA NA INFLAÇÃO MEDIDA PELO IPCA NO MÊS DE MAIO

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelou que a capital sergipana, em maio deste ano, teve alta de 0,34% na inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA.

O objetivo desse índice é acompanhar a variação de preços de um conjunto de produtos e serviços consumidos pelas famílias com rendimento monetário de 01 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte. Para essa pesquisa foram comparados os preços coletados entre 1º de maio e 29 de maio de 2019 (referência) com os preços vigentes entre 30 de março e 30 de abril de 2019 (base).

Registre-se, ainda que o índice é calculado para a cidade de Aracaju e outras quinze capitais e regiões metropolitanas do país.

Cesta de produtos analisados pelo IPCA

Dentre os nove grupos de produtos e serviços que foram pesquisados para medir o comportamento dos preços, em Aracaju, verificou-se que os grupos de Vestuário (+1,74%), Habitação (+1,18%), Transportes (+0,86%), Artigos de residência (+0,14%) e Saúde e cuidados pessoais (+0,08%) assinalaram aumento nos preços, no período analisado.

Por sua vez, os grupos de Alimentação e bebidas (-0,29%), Comunicação (-0,01%) e Educação (-0,01%) apresentaram variação negativa nos preços, sobre o mesmo intervalo observado.

Inflação para quem ganha até 5 salários em Aracaju aumentou em 0,26%

O IBGE também mensura, em Aracaju, a variação de preços da cesta de consumo de famílias com rendimento de 1 a 5 salários mínimos, sendo o chefe da família assalariado.

Para esse público, a pesquisa é feita através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que apresentou aumento de 0,26% em maio de 2019, quando comparado com o mês de abril deste ano.

Unicom/FIES