12/06/19 - 16:21:14

IPTU: “vamos separar os homens dos meninos”, diz Amintas

Entre IPTU, descaso com vias públicas na zona sul e falta de equipamentos para funcionários da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), muitos foram os temas abordados pelo vereador Cabo Amintas (PTB) na Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) durante o Grande Expediente na manhã desta quarta-feira, 12.

De início, o parlamentar parabenizou o pleno do Tribunal de Justiça pela decisão de negar o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano, o IPTU. Entre o bloco opositor, a sensação era de missão cumprida, ou pelo menos uma parte dela, já que o aumento volta à Câmara Municipal para ser votado.

“Hoje o dia traz uma notícia boa para os aracajuanos. O pleno do Tribunal de Justiça, por unanimidade, disse não ao aumento abusivo do IPTU. […] Vejam como são as coisas nessa gestão: o primeiro a denunciar o esquema do lixo em Sergipe foi a Torre. Edvaldo denunciou [a cobrança do IPTU da gestão João Alves] e aí está, no governo dele sendo mostrado o aumento abusivo, que ele não desfez aumento nenhum de João Alves Filho. Estive conversando há pouco com o vereador Elber Batalha… Quando o aumento do IPTU voltar para essa Casa, vai ser o momento de separar os homens dos meninos”, evidenciou.

O vereador Elber Batalha (PSB), membro do bloco opositor, usou seu aparte para dar detalhes sobre o processo que resultou nessa decisão. Além disso, falou sobre um aspecto a se lastimar.

“Lamentamos um único ponto: nós pedimos que os efeitos da declaração fossem retroativos, para que a população pudesse se restituir do que pagou durante esse período já que as leis foram declaradas nulas e, portanto, inconstitucionais. No entanto, o tribunal decidiu que isso poderia gerar um abalo financeiro muito grande nas finanças do município e negou essa retroatividade”, explicou, sem esquecer do orgulho e dos agradecimentos ao seu partido, PSB, à OAB e ao Ministério Público Estadual. “É justiça fiscal e fim da extorsão ao povo de Aracaju”, disse.

“Graças a Deus a oposição tem feito seu trabalho responsável. Aí está o pleno dizendo da inconstitucionalidade, da ilegalidade daquele aumento”, ressaltou Emília Corrêa (Patriota). Já Lucas Aribé (PSB) deu ênfase ao processo de votação do aumento, que passou pela Casa Legislativa. “Nessa Casa eu presenciei o presidente segurando a votação pra vereador atrasado chegar e votar contra o povo, vi colega fazendo pressão em colega pra votar contra o povo. Presenciei tudo aqui, tudo! Durmo com a consciência tranquila!”, destacou.

Amintas também usou o Grande Expediente para frisar, mais uma vez, o descaso com as vias públicas na cidade de Aracaju. Na região do Povoado Areia Branca, Mosqueiro, a ação de pavimentação da prefeitura não chegou a durar um mês. No vídeo exibido pelo parlamentar, um morador da localidade mostrou os buracos que se espalhavam ao longo da rua recentemente pavimentada pela gestão municipal. Já na Invasão das Malvinas, o destaque foi para a manifestação dos moradores, que pediam por saneamento básico.

“Não tem um mês que o serviço foi feito. Sabe pra que é isso aí? Pra fazer de novo! Por que será que querem fazer de novo?”, questionou, sobre o drama dos moradores do Mosqueiro. Já sobre as Malvinas, salientou a falta de ação do poder público. “Quem conhece aquela região, sabe do sofrimento daquelas pessoas. O prefeito foi ali pedir voto! É ali onde os candidatos vão pedir voto. Pelo visto, nem todos, já que alguns não querem sujar seus sapatos importados!”, alfinetou.

Por fim, Cabo Amintas exibiu algumas imagens aéreas que flagraram a ação de uma equipe da Emsurb dentro do cemitério São João Batista, sem os devidos equipamentos de proteção. O vídeo mostrava os funcionários manipulando covas, e, como consequência, os corpos sepultados.

“Vejam o absurdo ao que estão expostos os funcionários da Emsurb. Sem equipamentos nenhum, mexendo em covas, em corpos. Aquele cemitério é uma podridão! Quando você entra nele, já sente. Vejam a preocupação que eles têm com os funcionários! Nenhuma! E o respeito com as pessoas mortas? Ninguém se preocupa, né? Já que vereador quando morre vai pra Colina da Saudade, com tudo organizado, não pro São João Batista”, arrematou.

Fonte: Assessoria de imprensa do Cabo Amintas.