14/06/19 - 10:01:58

PM da CPTran é selecionado para integrar  Programa do Ministério da Justiça

O soldado da Polícia Militar do Estado de Sergipe, Thiago Machado, foi aprovado em processo seletivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública para atuar no Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública (Pró-Vida).

O militar sergipano foi escolhido mediante processo seletivo de âmbito nacional e será o único representante do estado na área de educação física a participar das atividades de planejamento, estruturação e execução do Pró-Vida, na Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), em Brasília. O programa é destinado à melhoria da qualidade de vida dos profissionais de Segurança Pública da União, Estados, Distrito Federal e Municípios.

“É uma honra ter sido aprovado na seleção da Senasp, uma grande oportunidade para evoluir como profissional, além de representar a Polícia Militar de Sergipe nacionalmente. O intercâmbio de conhecimentos e experiências será de grande valia para a nossa Corporação, buscando sempre a evolução e o desenvolvimento dos seus policiais,” afirmou o soldado Machado.

Thiago Machado integra o efetivo da PMSE desde 2014 e atualmente trabalha na Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran), onde coordena o setor de Educação Física e Saúde Ocupacional. Em seu currículo se destacam os cursos de Graduação e Mestrado em Educação Física pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), um dos critérios decisivos na avaliação da Senasp.

Sobre o Pró-Vida

Criado em 2010, o Programa Nacional de Qualidade de Vida dos Profissionais da Segurança Pública tem como objetivo a valorização do profissional da área de segurança, reduzindo os riscos de morte como também atuando na prevenção da saúde durante o exercício de suas relevantes funções.

Com a implantação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), a partir da Lei nº 13.675, de 11 de junho de 2018, o Pró-Vida passou a fazer parte dos meios e instrumentos para a implementação da Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (PNSPDS), com a função de elaborar, implementar, apoiar, monitorar e avaliar, entre outros, os projetos de programas de atenção psicossocial e de saúde no trabalho dos profissionais de segurança pública e defesa social, bem como a integração sistêmica das unidades de saúde dos órgãos que compõem o Susp.

Fonte e foto PM