18/06/19 - 13:55:00

Governo planeja rota de Turismo Rural Sustentável no Baixo São Francisco

Através dela, será possível conhecer a região através de excursão por quatro comunidades beneficiadas pelo Projeto Dom Távora, beneficiando 222 famílias

Nessa segunda-feira (17), as secretarias de Estado da Agricultura (Seagri) e do Turismo (Setur) iniciaram tratativas relativas à criação da Rede de Turismo Rural Sustentável do Baixo São Francisco, que será composta por uma rota turística para fomentar o desenvolvimento sustentável e oferecer experiências conectadas entre diversos locais aos visitantes. Através dela, será possível conhecer a região através de excursão por quatro comunidades beneficiadas pelo Projeto Dom Távora, beneficiando 222 famílias.

A consultora técnica em negócios rurais do Baixo São Francisco para o projeto Dom Távora, Ericka Carneiro, disse que a rota foi pensada para explorar o Rio São Francisco e fortalecer as comunidades produtivas ao seu redor. “A ideia é criar um canal de comercialização e vivência de experiências entre as comunidades Bongue (Ilha das Flores), São Pedro (Ilha das Flores), Brejão dos Negros (Brejo Grande) e Resina (Brejo Grande). São comunidades tradicionais de quilombolas, pescadores, artesãos – em sua maioria, jovens e mulheres -, que já desenvolvem turismo ecológico e histórico nas comunidades”, disse Ericka.

No projeto inicial, a excursão pela “Rota Turismo Sustentável” dura menos de um dia e o itinerário prevê a visitação a quatro comunidades do Baixo São Francisco, com passagem pelo Restaurante & Centro de Resgate da Cultura do Baixo São Francisco (em Bongue), passeio pelo Barco de Turismo (em São Pedro), visitação à trilha, ao centro comunitário e ao empório de produtos locais (em Brejão dos Negros), e, ainda, a participação em oficinas de pesca (em Resina).

O secretário de Turismo, Manelito Franco Neto, falou sobre a intenção de somar forças ao projeto para possibilitar a criação da rota turística. “O projeto Dom Távora fortaleceu ainda mais a base para o turismo rural. A região do Baixo São Francisco é rica em cultura, pesca, agricultura, artesanato. São locais lindos e que têm um potencial turístico muito grande”, afirmou Manelito.

Para o secretário André Bomfim (Agricultura), a parceria fortalecerá os planos de negócio do projeto Dom Távora. “Saímos daqui com encaminhamentos. Vamos agora fazer a aproximação dos técnicos das secretarias de Turismo e da Agricultura com as comunidades. Em breve, marcaremos uma reunião com os prefeitos dos municípios que fazem parte da região do Baixo São Francisco para envolvê-los sobre a importância de criação desta rota turística entre os projetos do Dom Távora daquela localidade, o que ajudará a economia dos municípios”, destacou André.

O próximo passo da parceria, de acordo com a diretora de Turismo da Setur, Lara Brunelle, será ir às localidades. “Após isso, poderemos então fazer o cadastramento das ações junto ao Ministério do Turismo através da Setur, que se une à iniciativa para que caminhemos juntos e consolidemos ainda mais o projeto Dom Távora”, contou.

Dom Távora

O Projeto Dom Távora é desenvolvido pelo governo de Sergipe, em parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola – FIDA, e tem o objetivo de contribuir para a remissão da pobreza rural, através de apoio aos pequenos produtores para desenvolvimento de negócios agropecuários e não agropecuários, que contribuam para a segurança alimentar e permitam a inclusão pelo trabalho e pela renda de maneira sustentável. Executado pela Seagri, o projeto Dom Távora atende a 15 municípios nos territórios: Centro Sul [Tobias Barreto, Poço Verde e Simão Dias]; Agreste Central e Médio Sertão [Pinhão, Nossa Senhora Aparecida, Carira, Graccho Cardoso e Aquidabã]; e Baixo São Francisco [Japoatã, Santana do São Francisco, Ilha das Flores, Pacatuba, Brejo Grande, Neópolis e Canhoba].

Foto Vanessa Passos