14/07/19 - 07:37:37

Defesa Civil Estadual mantém interdição de ponte no município de Riachuelo

A Defesa Civil Estadual trabalha, agora, pela decretação sumária de Situação de Emergência em Riachuelo

Na tarde deste sábado (13), o governo de Sergipe enviou novamente uma equipe da Defesa Civil Estadual ao município de Riachuelo, para vistoriar a ponte cuja cabeceira ruiu parcialmente pela manhã. A ponte é a que passa sobre o Rio Sergipe, interligando o município e o acesso a Malhador e Divina Pastora. Os engenheiros determinaram que a via permaneça interditada, considerando que foi identificado um processo erosivo contínuo, que muito provavelmente deverá levar a estrutura a ruir até o lado oposto, no sentido da largura.

“A priori, o restante da estrutura permanece íntegra, mas é prudente manter a interdição porque o processo erosivo da parte superior está evoluindo e a tendência é que ela abra mais dentro de pouco tempo. Já é possível verificar rachaduras”, explicou o engenheiro da Defesa Civil Estadual, sgt. Alex de Carvalho Santos. Ainda segundo ele, a ponte antiga, que fica ao lado dessa, também deve permanecer interditada. “A estrutura da ponte antiga, que já estava comprometida, agora está ainda mais”, completou.

Riachuelo é, na avaliação da Defesa Civil Estadual, o município mais afetado pelas chuvas em todo o estado. O nível do rio subiu de maneira extraordinária e a força das águas causou grande destruição. O governo de Sergipe vem distribuindo água potável no município, através da Deso; e a Secretaria de Estado da Inclusão Social, alem de dar suporte através da Defesa Civil, entregou materiais, como cestas básicas, colchonetes, lençóis, fraldas descartáveis e itens de higiene.

A Defesa Civil Estadual trabalha, agora, pela decretação sumária de Situação de Emergência em Riachuelo (e está avaliando o caso de outros municípios) para, de maneira célere, conseguir o reconhecimento federal já nesta segunda-feira e buscar recursos, junto à Secretaria Nacional de Defesa Civil, para auxiliar no processo de reconstrução.

“Pelo nível do dano causado pelas chuvas, Riachuelo é um dos municípios prioritários e, pelo decreto sumário, a gente consegue que o processo seja mais rápido, em virtude da urgência identificada e evidente. É uma localidade que não pode esperar o rito normal de tramitação”, explica o major Luciano Queiroz, secretário executivo da Defesa Civil Estadual.

Foto assessoria