12/09/19 - 16:30:07

Máfia dos Shows: Cabo Amintas continua a busca por assinaturas

Na manhã desta quinta-feira, 12, o vereador Cabo Amintas (PTB) utilizou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para falar sobre as assinaturas da CPI da “Máfia dos Shows” e cobrar do Prefeito Edvaldo o cumprimento de promessas feitas a outros vereadores.

Amintas iniciou seu discurso falando sobre as promessas de obras que o prefeito Edvaldo Nogueira fez para as comunidades onde vivem alguns dos vereadores. “Quero ver o prefeito Edvaldo ser grato ao trabalho de cada um nas reivindicações, os senhores que tanto o defendem. Agora ele tem a obrigação de cumprir as promessas que fez às comunidades dos vereadores Anderson de Tuca (PRTB) aquela praça, Palhaço Soneca (PPS) aquele canal aberto, Cabo Didi os pontos de ônibus do Santa Tereza, Fábio Meireles (PPS) as obras do Jardim Bahia, Camilo (PT) as casas da Mangabeira. O problema é o prefeito começar e não terminar as obras, mas agora ele tem mais R$ 300 milhões entrando na gestão para realizar tudo isso”, anunciou o parlamentar.

Depois deu continuidade a sua fala com o tema da CPI da “Máfia dos Shows”. “Eu continuo na peregrinação em busca de mais três assinaturas para dar início à CPI da “Máfia dos Shows”. Mudei a estratégia, antes eu gritava e hoje estou falando mansinho e pedindo que assinem o pedido porque sei que os senhores não têm medo de investigação”, pediu Cabo Amintas.

Amintas também usou a Tribuna para esclarecer um mal entendido com o vereador Américo de Deus (REDE) que anunciou que não vai assinar o pedido da CPI. “Ouvi uma entrevista do vereador Américo de Deus que disse que eu falei que quem não assinasse era bandido. Mas, em momento algum eu disse isso, não usei essa palavra”, afirmou.

O vereador Américo, membro do bloco da situação, usou seu aparte para dar detalhes sobre o ocorrido e pedir desculpas a Amintas. “Nós temos um relacionamento de fino trato, mas no dia que recebemos uma premiação no Clube do BANESE o senhor fez essa cobrança de assinatura de forma que considero incorreta. Não era o momento nem a ocasião para aquilo. Então, caso o senhor tenha se sentido incomodado com meu comentário, peço desculpas. Tenho admiração e respeito pelo senhor e tudo que apresenta aqui”, declarou.

Em resposta ao aparte, o vereador Cabo Amintas disse que respeita a posição do vereador Américo. “Eu vim aqui preparado para discutir, mas assim eu fico mais frágil. Vereador Américo, saiba que nossas discussões políticas não irão afetar o respeito que tenho pelo senhor, que sempre apresenta muitos projetos aqui. Eu disse sim a praticamente todos os seus projetos, só há um que eu não diria, o projeto 249 para transformar em patrimônio cultural a Parada Gay. Felizmente o senhor retirou o projeto. E, em nenhum momento afirmei que quem não assinar o pedido de CPI da “Máfia dos Shows” é bandido, acho que o cara que não quer a investigação deve ter seus motivos. As vezes nem é um motivo pessoal, pode ser a visão política dele”, argumentou o Cabo.

O parlamentar afirmou que continuará expondo quem assinou ou não o seu pedido de CPI. “Vou expor isso na minha live, nas redes sociais, porque se não puder fazer isso não posso fazer mais nada. A rede social é minha e coloco com responsabilidade o que eu quero, e a mídia já está pronta com fotografias coloridas de quem assinou e os que não assinaram estão em preto e branco, como se tivessem morrido”, descreveu Cabo Amintas.

Por fim, Amintas aproveitou para contar mais detalhes sobre o desenrolar da “Máfia dos Shows”. “Quando fui acusado de pedir dinheiro a Luiz Roberto, a Téo Santana e ao presidente dessa Casa para não abrir a CPI, esse local estava cheio de repórteres da imprensa sergipana. Quando os desembargadores me inocentaram, sumiram todos. Agradeço a Luiz Roberto, com quem não tenho contato, por ter dito em uma rádio a verdade, que nunca pedi dinheiro nenhum. Estou esperando que o presidente dessa Casa faça o mesmo para que as coisas entrem nos eixos. E o pedido da CPI continua aqui, se os colegas quiserem assinar estou a disposição, venham e vejam as coisas com mais transparência”, mencionou.

Fonte: Assessoria de imprensa do vereador Cabo Amintas