17/09/19 - 05:06:01

Reitor comemora conquistas da UFS ao receber Título de Cidadania Sergipana

“Em momentos difíceis como esse, de uma crise política, uma crise econômica, onde as universidades são alvos, sem dúvidas é uma alegria muito grande receber essa homenagem”. A afirmação é do professor-mestre-doutor e reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Ângelo Roberto Antoniolli, ao receber o Título de Cidadania Sergipana na tarde desta segunda-feira, 16 no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe e comemorar conquistas a exemplo do segundo lugar nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), primeiro lugar na área de Saúde e em 4º em todas as áreas. A propositura é do ex-deputado Venâncio Fonseca.

Paulista da cidade de Itapeva, Ângelo Antoniolli está em Sergipe há mais de 25 anos, foi criado na cidade de Pariquera-Açu. Filho de Luiz Antoniolli e de d. Zoé Proença Antoniolli, possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1985) e doutorado em Farmacologia pela Universidade de São Paulo (1994). Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Farmacologia Produtos Naturais.

Foi o mentor e o primeiro coordenador do curso de Farmácia, criado em 2001 e atualmente é Professor Titular e Reitor da Universidade Federal de Sergipe, atuando também como Professor Orientador nos Doutorados da Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO) e em Ciências da Saúde; e como docente do Mestrado em Ciências Farmacêuticas.

Tem um filho biológico, o Vinicius, de 28 anos, e duas filhas da sua companheira Neide (Sane e Sara).

O reitor da UFS disse estar enfrentando toda a adversidade com muito trabalho.

“Num momento como esse, receber o Título de Cidadania Sergipana pra nós é um orgulho muito grande e eu estou muito feliz e muito emocionado. Confesso que já me sinto sergipano há muito tempo e hoje é uma alegria muito grande: ser considerado sergipano pelos sergipanos”, afirma lembrando que já se sentia como filho da terra por ter sido recebido tão bem e que deve tudo o que tem e o que é à universidade pública.

O homenageado destacou que a Universidade Federal de Sergipe obteve o segundo lugar nacional em aprovação nos exames da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

“Para nós do estado de Sergipe e da Universidade Federal de Sergipe já enche de orgulho, já é motivo de muita alegria e agora a empresa Clarivate Analytics, do Web of Science Group fez um levantamento à pedido da nova presidência da Capes, da ciência brasileira. Foi feita uma análise de todas as universidades brasileiras, todas as áreas, sejam elas públicas ou privadas, aonde estuda o fator de impacto, as revistas internacionais publicadas pelas universidades brasileiras”, explica.

O reitor acrescentou que para a sua surpresa, a Universidade Federal de Sergipe ficou em 4º lugar em nível nacional, da importância do impacto das revistas.

“É um destaque fantástico. O mais surpreendente é que após dividir em cinco áreas, na área da saúde, a Universidade Federal de Sergipe ficou com o melhor índice de impacto nacional, em primeiro lugar, motivo de muito orgulho e muita satisfação. Em quarto lugar nacional em todas as áreas e em primeiro lugar na área da saúde”, comemora.

Reconhecimento

Para Ângelo Antoniolli, esse resultado mostra que a UFS está no caminho certo. “Isso quando ela vai buscar sua identidade com o seu povo, quando vai buscar entender e fazer parte da solução do problemas. É com muita satisfação que estamos vindo para a Assembleia receber esse título e comprovar que quando acreditamos nessa gente, no trabalho e nas coisas que estão aqui, isso nos enche de orgulho e de satisfação. A Assembleia coroa com êxito esse reconhecimento por meio do ex-deputado Venâncio Fonseca, cuja homenagem será apresentada pelo deputado Georgeo Passos”, complementa.

A leitura do discurso foi feita pelo deputado Georgeo Passos em nome do ex-deputado Venâncio Fonseca.  Ele lembrou que, como vice-reitor, Antoniolli impulsionou a criação do Campus da UFS em Lagarto e como reitor, criou o Centro de Simulações e Práticas, um referencial para a formação em Saúde no estado e no país; criou o Campus do Sertão em Nossa Senhora da Glória.

‘O reitor da UFS é um grande entusiasta da integração da universidade com a sociedade, do diálogo e das parcerias. Segundo ele, toda a ciência desenvolvida nos laboratórios e nas salas de aula, deve estar voltada para um único fim:melhorar a vida das pessoas”, diz Georgeo Passos completando que o professor Ângelo se considera alguém afeito ao diálogo, que gosta de conviver com os diferentes, em todas as estruturas sociais.

A Sessão foi presidida pelo deputado Jefferson Andrade (PSD) compondo a Mesa juntamente com a governadora de Sergipe, Eliane Aquino, o presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, desembargador Osório Ramos, o secretário de Estado da Educação e ex-reitor da UFS, Josué dos Passos Subrinho, a secretária municipal de Educação Cecília Leite, o ex-governador Jackson Barreto e a vice-reitora da UFS, a professora-doutora Iara Maria Campelo.

No plenário e nas galerias, os deputados Luciano Pimentel (PSB), Georgeo Passos (Cidadania), Adailton Martins (PSD), Diná Almeida (PODE), Maria Mendonça (PSDB); autoridades, familiares, amigos, professores e servidores da UFS.

O deputado Jefferson Andrade lembrou que foi aluno da UFS e agradeceu em nome da presidência da Alese. “Fico emocionado e agradecido porque o senhor escolheu Sergipe para viver e em nome da presidência desta Casa eu agradeço pelo crescimento da nossa universidade que tem formado principalmente alunos das classes menos favorecidas”, diz enfatizando a importância do Campus do Sertão.

Foto: Jadilson Simões

Por Aldaci de Souza – Rede Alese