28/09/19 - 07:46:43

SINDOMÉSTICA VAI DEBATER A REALIDADE DO TRABALHO DOMÉSTICO EM SERGIPE

A professora Fernanda Marques de Queiroz, doutora do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Direitos Sociais da UERN (Universidade do Estado do Rio Grande do Norte), vem à Aracaju para participar de um encontro com trabalhadoras domésticas de Sergipe (1/10, a partir das 9h e 2/10, a partir das 8h30).

A atividade será na sede do SINDOMESTICA/SE (Sindicato dos Trabalhadores Domésticos/SE), filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), sindicato que divide a sede com a Casa das Domésticas em Aracaju. A pesquisadora vem com o objetivo de coletar informações sobre a realidade das trabalhadoras domésticas de Sergipe para a pesquisa ‘Mudanças e Permanências do Trabalho Doméstico Remunerado no Brasil: uma análise das violências sexistas presentes no cotidiano das trabalhadoras’.

Para a construção desse estudo, a professora Fernanda Marques de Queiroz está percorrendo todas as capitais do Nordeste e conversando com as trabalhadoras domésticas de cada localidade.

Segundo a dirigente do SINDOMESTICA/SE, Quitéria Santos, também haverá um bate-papo sobre a Convenção 189, cujo objetivo é melhorar as condições de trabalho de trabalhadores e trabalhadoras domésticas. Quitéria explicou que a ratificação da Convenção 189 tem o objetivo de fornecer proteção especial aos trabalhadores domésticos, assegurando o cumprimento de direitos conquistados como jornada de trabalho de 44 horas semanais; proibindo o trabalho doméstico para menores de 18 anos de idade; garantindo jornada diária de até 8h; férias anuais remuneradas; multa por demissão injustificada e o acesso à proteção social. “Para nós, será uma satisfação receber a professora Fernanda para conversar sobre temas que estão no nosso dia-a-dia de trabalho. Este encontro importante é mais uma conquista do sindicato e da FENATRAD (Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas)”, registrou.

Por: Iracema Corso