13/12/19 - 13:13:35

Sergipe é destaque em II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde em Brasília

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Diretoria de Atenção Integral à Saúde (DAIS) e da Fundação Estadual de Saúde (FUNESA), participou, nos dias 10 e 11 de dezembro, em Brasília, do II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde, evento promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) que contou com a participação de, aproximadamente, 300 profissionais de todo o país envolvidos no Projeto de Planificação da Atenção à Saúde, o PlanificaSUS.

O objetivo do encontro foi apresentar o resultado da ampliação da Planificação que, em 2019, foi estendida a mais 26 regiões de saúde, em 20 estados da federação, por meio do Proadi – PlanificaSUS, projeto desenvolvido em parceria com o Ministério da Saúde (MS) e o Instituto Israelita de Responsabilidade Social, Hospital Albert Einstein.

A coordenadora da Câmara Técnica de Atenção Primária à Saúde do CONASS, Maria José Evangelista, destacou a participação do estado de Sergipe que está desenvolvendo o PlanificaSUS em duas regiões de saúde, Itabaiana e Lagarto, e o sucesso do evento que tem atingido seus objetivos que é a melhoria concreta dos benefícios que o projeto produz para a população usuária do Sistema Único de Saúde.

“O Seminário foi um sucesso porque eu penso que a gente mede o sucesso de um evento, de uma atividade, quando atinge o usuário e nós tivemos a participação de usuários e de profissionais que apresentaram suas experiências com casos concretos, o que é fantástico. Agradeço a participação maciça dos amigos e colegas da SES, dos municípios, do Cosems e tenho certeza que todos voltarão bastante motivados, com as baterias recarregadas. Esse é um processo trabalhoso, com muitos detalhes, mas vamos chegar lá. Contem com o Conass para assessorar naquilo que for necessário para qualificar a Atenção Primária para que se torne resolutiva e integrada com a Especializada, o que é um grande desafio. Tenho certeza de que juntos, dentro de um breve tempo, teremos resultados bastante positivos”, ressaltou Maria José.

Já a assessora técnica do Conass, Alethele Santos, coordenou o debate sobre a atuação do Ministério Público (MP) em defesa da Atenção Primária à Saúde (APS) que contou com a participação dos promotores Jairo Bisol (DF), Antônio Borges Nunes (MA) e Lúcio Flávio de Faria (MG), que, unanimemente, ressaltaram a importância de se manter um bom diálogo entre o Ministério Público e os profissionais de saúde, como também a importância de que os promotores tenham um amplo conhecimento sobre o sistema público de saúde brasileiro.

Bisol observou que o Ministério Público que atua em defesa da Atenção Primária é um Ministério Público que intervém, sobretudo, em defesa do SUS.  “Isso passa necessariamente por uma mudança de mentalidade do próprio órgão regulador. Talvez esse seja o nosso maior desafio”, afirmou.

De acordo com o diretor de Atenção Integral à Saúde da SES, João Lima, com a presença significativa de representantes da Secretaria Estadual de Saúde, Gestores e Técnicos da Saúde Municipal das Regiões de Itabaiana e Lagarto, o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems) e representantes do Hospital Albert Einstein que apoiam o projeto PlanificaSUS no estado, Sergipe foi destaque durante o II Seminário já que, dos 22 estados que participam do projeto, Sergipe está entre os quatro que estão executando os trabalhos, simultaneamente, em mais de uma região.

“Foi um momento rico em que tivemos a oportunidade de conhecer as experiências exitosas dos diversos estados do país que executam o PlanificaSUS, bem como depoimentos que comprovam a melhoria de indicadores de saúde, como resultados do projeto. Para esse Seminário Nacional, dos 45 trabalhos aprovados dos nove estados do Nordeste, 13 foram do Estado de Sergipe, o que equivale à quase 30% do total”, destacou João Lima.

Para a diretora Geral da FUNESA, Lavínia Trigo Loureiro, poder participar do Seminário, enquanto Escola de Saúde Pública foi um momento muito feliz e importante por propiciar o compartilhamento de vivências e experiências bem-sucedidas.

“Estamos muito felizes por poder participar do II Seminário Nacional da Panificação da Atenção à Saúde, um importante momento de compartilhamento das vivências e experiências exitosas nos estados, bem como das possíveis estratégias a serem permanentemente implementadas com vistas ao constante fortalecimento do projeto e a consequente qualificação da Atenção à Saúde, de forma integrada, resolutiva e em rede. Para isso, precisamos de processos de educação permanente efetivos, que dialoguem cada vez mais com as necessidades dos processos de trabalho e dos serviços de saúde e a FUNESA tem muito a contribuir com isso”, disse a Lavínia.

O secretário Municipal de Simão Dias, Lenivaldo Nunes Conceição, comentou que “socializar os resultados do projeto PlanificaSUS nos encoraja a continuar lutando em defesa de Sistema Único de Saúde justo e humanizado, ao passo que nos sensibiliza, enquanto profissionais de saúde, a fazer mais e melhor pelo paciente. O Conass merece ser parabenizado pela iniciativa por promover um espaço importante para celebrar as mudanças positivas que estão ocorrendo na APS”.

As tutoras da SES para as regiões de Saúde de Sergipe, Itabaiana e Lagarto, Ana Paula Mendonça e Fernanda Barreto, respectivamente, coordenadora e assessora da Atenção Primária à Saúde, Luciana Alves, coordenadora da Atenção Ambulatorial, Socorro Xavier, coordenadora da Rede, Marli Francisca e Eliene, técnicas da Coordenação Hospitalar da SES, e Maynara França e Rita Bitencourt, técnicas da Coordenação da Atenção Primária, também participaram do Seminário.

Segundo elas, a participação no evento permitiu conhecer a realidade prática dos Avanços do Projeto PlanificaSUS em outras regiões de saúde o que propicia vislumbrar as mudanças que o projeto permite fazer na saúde do estado de Sergipe, nos dois níveis de atenção á saúde, a Primária e a Especializada.

“Nossa participação proporcionou conhecer resultados extremamente positivos no que tange ao atendimento humanizado e integrado com a Atenção Especializada. A evidência da possibilidade do resgate da vinculação entre usuários e equipes de Saúde reavivou a esperança de um novo tempo na Saúde dos Estados, além da grandeza das experiências relatadas pelo Ministério Público frente às ações da Saúde que nos reportou à visão de que as parcerias responsáveis em face do entendimento do que é Saúde Pública só trazem benefícios a todos, principalmente aos usuários. Dessa forma, a saúde bem articulada e organizada se configura sucesso nos caminhos do SUS”, disse Ana Paula.

Usuários do SUS: primeiras evidências

O seminário contou com o depoimentos emocionados de usuários do SUS que relataram suas experiências nas Unidades Básicas de Saúde que realizam a Planificação nos municípios de Uberlândia/MG, Munhoz de Melo/PR e no Distrito Federal. Uma delas foi Lázara Maria da Silva.

“Agradeço a toda a equipe que me acolheu. Antes do tratamento sentia dores muito fortes e não queria fazer o tratamento por causa da depressão, mas o Dr. Carlos insistiu e hoje já me considero curada. Antes eu não dançava, agora danço. Até minha postura é outra. Sou feliz por ter melhorado”, contou.

Fonte e foto SES