19/12/19 - 16:50:39

EMPRESÁRIO LUCIANO BARRETO FALA SOBRE AS EXPECTATIVAS PARA O ANO DE 2020

O empresário e engenheiro Luciano Barreto, proprietário da empresa Celi, instalada em Sergipe há 52 anos, disse na manhã desta quinta-feira (19) que há esperança de crescimento da economia em 2020 e aproveitou para agradecer a população sergipara. “Ontem durante uma palestra que participei, eu disse que estaria transferido o meu otimismo e meu entusiasmo para o ano de 2020, já que toda a minha expectativa e talvez seja uma parte do povo brasileiro, ainda não aconteceu no ano de 2019”, disse o empresário em entrevista aos radialistas Jainton Santana e Faro Fino, no programa Jornal da Vida.

Durante a entrevista, o empresário questionou o porque da esperança do crescimento da economia em 2019, e isso não ter acontecido a contento. Luciano contou que “tive uma conversa com o padre Marcelo, de quem sou admirador e ele estava dizendo que o “na preleção que ele fez, ele me dizia que em 2019, encerra o ciclo e se o ciclo 2019 que se encerra agora este ano não foi bom, certamente que o ciclo a partir de 2020 trará menos desemprego, mais renda para a população e mais felicidade para todos. É isso que desejo a vocês que fazem esse programa e a toda a população”, afirmou.

Sobre a construção civil, o empresário disse que “estamos lutando há 12 anos e infelizmente tem evoluído muito pouco, porque nós somos ouvidos aqui em Sergipe, pela sociedade, pela imprensa, pelo apoio que recebemos, mas infelizmente os órgãos que decidem não nos escuta. A nossa luta toda é mostrando que o ambiente da construção civil é o pior que temos vivenciado nos últimos anos. É uma burocracia terrível e hoje no Brasil só se pensa em duas coisa; em preços muitos baixos e em punições e ai quando as obras paralisam, quando as obras não tem qualidade, ninguém se preocupa”, lamentou Luciano Barreto.

Após fazer a análise da situação econômica do estado e do País, o empresário falou sobre o Instituto Luciano Barreto Junior e disse que participou de uma festa organizada pelos alunos e pelos professores, e que se emocionou. “Eles fizeram uma  festa no Iate Clube sobre os 20 anos do Instituto  Nordeste. Muita bonita. Eles fizeram uma apresentação de libras, coisa que faz quatro anos que desenvolvemos no instituto, sem nenhuma participação do governo. Me emocionou muito, porque aquilo é um projeto de Luciano Junior. Um projeto que fizemos em homenagem a ele. Hoje vivemos com uma perda tão grande. Se esse projeto tem essa independência, é porque não aceita doação privada nem verbas públicas”, contou emocionado Luciano Barreto.