21/12/19 - 08:33:07

Concerto e homenagem marcam penúltimo dia do Natal da Gente Sergipana

Apresentação do Reisado São José, parque de diversões, feirinha, visitação ao museu também fizeram parte dessa sexta-feira de Natal da Gente Sergipana

A edição 2019 do Natal da Gente Sergipana está sendo uma verdadeira viagem aos natais de outrora, quando as reuniões para comemorar essa época aconteciam nos parques e nas praças sob as luzes e enfeites que caracterizam essa festividade tão aguardada ao longo do ano. Na Praça Camerino e no Museu da Gente Sergipana dá para sentir o clima de aconchego e de boas recordações, potencializado pelo repertório trazido pelas atrações musicais presentes na programação.

Nesta sexta, 20, o palco montado no estacionamento do museu recebeu a Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE) e seu coro sinfônico. O repertório natalino contou com as vozes inconfundíveis das cantoras Amorosa, Patrícia Polayne e Bárbara Sandes, reunindo três gerações do cenário musical sergipano. O maestro Guilherme Mannis fala sobre a participação da ORSSE em mais um Natal da Gente Sergipana. “O bonito é o clima de praça desse natal, de união entre as pessoas, de verdadeiro espírito natalino e de compartilhamento de experiências num local muito aprazível. E nesse ambiente aconchegante a gente ainda aproveita tantas manifestações artísticas, gastronômicas e cria uma atmosfera bastante especial. São 13 anos à frente da orquestra e estar presente em projetos como esse é muito especial”, destaca Mannis.

Como sempre acontece, a cultura popular, a tradição e o interior do Estado têm lugar garantido nas programações do museu. Ainda mais no ciclo natalino quando o Reisado é uma das principais manifestações que celebra o nascimento de Jesus. Vindo da cidade de Japaratuba, o Reisado São José, levou mais colorido e brilho ao Natal da Gente Sergipana. Quem fala com alegria sobre fazer parte do evento é a brincante e coordenadora do grupo, D. Marilene. “Eu quero dizer que vocês estão de parabéns e que cada ‘brincada’ dessa é uma nova experiência para todas nós porque a gente é apaixonada por isso. Não é a primeira vez que estamos com vocês e fico muito feliz porque o Reisado São José nunca é esquecido por esse museu”, comemora.

A homenagem da noite ficou por conta de um time de músicos e cantoras que com singularidade interpretam um dos maiores compositores sergipanos: Ismar Barreto. O projeto ‘Tributo à Ismar Barreto’ trouxe para o palco e para o público lembranças, encontros, poesia e afetos, bem como é a proposta do museu para o natal deste ano. Para a idealizadora do projeto e irmã de Ismar, Mary Barreto, o show dialoga com a proposta de resgate do museu. “Acho que a ideia do museu de realizar esse natal traz muita memória para o povo de Aracaju que festejava essa época em torno do parque. O museu tem esse dom de resgatar essa memória e fazer o povo lembrar sempre da sua história. E esse projeto em homenagem ao compositor Ismar dialoga com a proposta do museu”, registra Mary.

Quem testemunhou essa penúltima noite de Natal da Gente Sergipana o define como impressionante. “Estou impressionado com a diversidade de atividades que estão acontecendo em um único espaço, a capacidade de agregar diferentes públicos, além dessa proposta do resgate e ocupação cultural do centro. O evento contribui muito com o movimento de revitalização do centro da cidade e é ainda mais importante quando isso acontece por meio de aparelhos do estado”, explica Alisson Santana Mota, estudante de Comunicação.

O Natal da Gente Sergipana é uma realização do Instituto Banese e Governo de Sergipe, patrocínio do Banco do Estado (BANESE), Banese Card e Banese Corretora de Seguros, apoio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (FUNCAP) e Prefeitura de Aracaju. A programação é gratuita e segue até amanhã, 21, com concerto da Orquestra Jovem de Sergipe e participações especiais de Saulo Ferreira e João Ventura; Pastoril de Forges; banda Clube do Rei; Reisado Estrelinha do Nordeste; e show da banda The Baggios.

Por Tarcila Olanda

Foto assessoria