13/02/20 - 00:01:35

Responsabilidade na escolha

Diógenes Brayner[email protected]

Todas as chapas que serão formadas para a disputa municipal em Aracaju devem sair de um consenso e que se tenha o entendimento de um projeto que não seja exclusivamente conduzido pelo nome que tentará o mandato mais importante. A escolha dos vices, seja de situação, oposição ou “tico-tico no fubá” deve ocorrer dentro de critérios tão rígidos quanto o do titular da chapa. E isso tem uma razão: as surpresas que a vida prega. A fatalidade não tem momento, nem cor, nem idade. Pode acontecer durante um simples cooper no parque. E aí, quê fazer?

Vai assumir algum “pamonha” indicado apenas por fidelidade política a algum dos líderes? Tem que ser revisto esse tipo de solução que fortaleça um ou outro partido, usando exatamente o mais vulnerável às ordens dos chefes. De todas as formas, o vice deve ter a mesma capacidade – ou até maior – que os titulares, para que a cidade não sofra em seu ritmo administrativo, em decorrência de algum ‘lambe rabo’ que, por força do destino, assuma o comando do município.

O governador Belivaldo Chagas, quando diz que não ficará alheio à indicação do vice, o faz por compromisso com um projeto amplo, que não seja alterado por vaidades ou anseios de poder. Que seja do bloco, mas que também seja um substituto à altura. É um time que precisa sempre de bons reservas na hora das substituições, para oferecer resultados positivos em uma partida decisiva. Os eleitos devem estar sempre à disposição da sociedade para execução do trabalho a qualquer momento e, principalmente, para não quebrar o ritmo imposto pelo nome escolhido para ser o prefeito de fato e de direito.

O objetivo das observações não é fritar ninguém que se coloque à disposição para ser o vice. Mas exatamente evitar que o mandato suplente seja exercido pelo “melhor apadrinhado, que não tenha nenhuma responsabilidade com um mandato adquirido para atender à toda sociedade”. É preciso sentimento de continuidade e não de afinidade com algum nome ou sigla que politicamente representa. É preciso promover algumas mudanças em velhos formatos de agradar a amigos e aliados para algum proveito político futuro, quando está em jogo todo um projeto que se volta para o bem do povo.

Que sejam escolhidos os vices, mas que o eleitor tenha consciência de que não pode escolher uma chapa “manca”, onde apenas o titular seja capaz. No fundo, o vice eleito tem que acompanhar o titular, para que haja continuidade em caso de algum incidente lamentável ou de um afastamento por outros interesses.

Belivaldo e vice

Em conversa com o jornalista Jozailto Lima, que escreve a coluna Aparte, no jlpolítica.com.br, o governador Belivaldo Chagas (PSD) avisou que vai “querer dar pitacos na escolha de Edvaldo Nogueira.

*** Belivaldo fala pouco sobre sucessão municipal, mas mostra que não ficará fora da discussão sobre a formação da chapa para Prefeitura de Aracaju.

*** O governador mantém sua posição em relação à reeleição de Edvaldo Nogueira.

Fala nas reuniões

Em reunião com vereadores que apoiam o prefeito Edvaldo Nogueira, em outra ocasião, o governador Belivaldo Chagas tratou sobre a indicação do nome do vice.

*** Disse que vai reunir os presidentes dos partidos que formam a aliança e ouvi-los sobre o melhor nome. Será indicado quem obtiver o consenso, dentro de uma discussão democrática.

Sobre postagem

O senador Rogério Carvalho (PT) postou nas redes uma montagem do ex-presidente Lula comandando um avião, com a frase: “Partiu Vaticano!”

*** E mais abaixo a complementação: “Lula viaja para encontrar o Papa Francisco”.

*** O ex-governador Jackson Barreto (MDB) curtiu: “Jesus lhe acompanhe. Abrace nosso Papa, um homem de forte compromisso social, cuja história se identifica com seu Governo. Compromisso com os mais pobres”.

Não agradou

Alguns membros do PT não gostaram da postagem de Jackson ao tweeter de Rogério. Via celular, um deles “acusou Jackson de insinuar entendimento com o PT. O que está à vista de todos”.

*** Ainda via telefone, a mesma pessoa disse: “o que Jackson deseja mesmo é indicar o vice de Edvaldo Nogueira e, para isso, fica utilizando o PT”.

Queda à esquerda

É verdade que o ex-governador Jackson Barreto tem silenciado sobre a sucessão municipal e só vai tratar do assunto em março. Jamais se referiu à questão da vice.

*** Quanto a “queda” por um partido mais à esquerda é posição de JB já há alguns meses, principalmente a partir do lançamento de candidatura própria do PT a prefeito.

DEM em conversas

O presidente do DEM em Sergipe, José Carlos Machado, está em São Paulo desde ontem, mas na terça-feira teve duas boas conversas sobre alianças para as eleições de Aracaju.

*** Reuniu-se com o presidente do Patriotas, Uerzer Mota, e com o presidente do Podemos, deputado Zezinho Sobral.

Entusiasmo de Maria

José Carlos Machado disse, entretanto, que o que mais lhe anima é a disposição da senadora Maria do Carmo Alves diante da possibilidade de candidatura própria do DEM, além do entusiasmo pelo nome da delegada Georlize à prefeita de Aracaju.

*** Georlize mantém sua disposição para a disputa e diz que agora está dependendo da indicação do partido.

Vinícius e Georliza

O vereador Vinícius Porto (DEM) conversou ontem com a delegada Georlize Teles, que tem seu nome posto à disposição do partido para disputar a Prefeitura de Aracaju.

*** Vinícius teria pedido que ela entendesse sua posição, que como líder do prefeito Edvaldo Nogueira não seria legal se manter em um partido que não o apoie.

Sobre a expulsão

*** Quanto à expulsão, sugerida por Georlize em entrevista, o vereador Vinicius Porto disse que não chegará a esse ponto porque isso será uma decisão para março e ele ainda se mantém no DEM.

*** Vinícius disse ainda que se sair manterá bom relacionamento com o DEM, partido que é filiado há vários anos e tem afinidade com os seus membros.

Nos bastidores

Conversas de bastidores que circulam na Alese informam que o ex-prefeito Heleno Silva e o advogado Chico Dantas, ambos do Republicanos, almoçaram com membros do Partido dos Trabalhadores.

*** A informação é de que o PT tenta atrair o Republicanos para uma composição política na disputa para a Prefeitura de Aracaju.

*** Heleno Silva confirmou e disse que foi “um almoço de amigos” e que falaram sobre a conjuntura política em todo o Estado.

Conversa com Daniele

O ex-deputado federal Valadares Filho (PSB) e a pré-candidata a prefeita de Aracaju pelo Cidadania, delegada Daniele Garcia, têm conversado muito ultimamente.

*** Falam sobre política, tratam sobre eleições municipais, mas nada que vá além disso. Os dois são amigos de muitos anos.

Filiação ao PDT

O prefeito Edvaldo Nogueira filia-se ao PDT dia 10 de março, em solenidade à noite na Assembleia Legislativa. Virá o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e o ex-ministro Ciro Gomes.

*** Na ocasião, várias outras lideranças políticas do Estado também assinam ficha de filiação ao partido.

Ciro e palestra

O ministro Ciro Gomes chega a Aracaju dia 10 de março pela manhã e ficará à disposição da imprensa para entrevistas.

*** No período da tarde, Ciro Gomes fará uma palestra sobre o momento político e à noite participa da solenidade de filiação.

Candidato em Dores

Já está decidido: Mario da Química (Cidadania), ligado ao empresário Breno Silveira, será candidato a prefeito de Nossa Senhora das Dores.

*** O ex-prefeito Fernando Lima fará a indicação do vice.

*** Em Itabi, a oposição fecha com a candidatura de Júnior de Aminthas (DEM).

Vice em Estância

Estância ainda sem definição de composição. O ex-prefeito Ivan Leite (Republicanos) ameaça ser candidato a prefeito, mas ainda não definiu sua posição.

*** No fundo ele deseja que sua mulher, vice-prefeita Adriana Leite, dispute a reeleição na mesma chapa que Gilson Andrade (sem partido).

*** Circula a informação que Gilson prefere outro nome como vice.

Preso paga despesas

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, ontem, o relatório do senador Alessandro Vieira (Cidadania), favorável ao PLS 580/2015, que obriga o preso a ressarcir ao Estado as despesas com sua manutenção.

*** O texto agora vai ao Plenário para votação.

Um bom bate papo

Reajuste salarial – O deputado Iran Barbosa (PT) solidariza-se com professores da rede municipal de Canhoba, que reivindicam reajuste do piso salarial da categoria.

Troca de partidos – Até março pode acontecer mudanças severas, com o tráfego por troca de partidos, que  algumas legendas podem até sumir.

Decide amanhã – Está marcado para amanhã o julgamento do pedido do deputado Gilmar Carvalho para sair do PSC. Gilmar pensa em disputar a Prefeitura de Aracaju.

Mantém silêncio – Gilmar Carvalho está silencioso em relação ao partido que pretende filiar-se para ser o candidato a prefeito. As pré-candidaturas estão se afinando.

Após a folia – A partir da próxima semana Sergipe também entra em ritmo de carnaval e as questões políticas passam para ser assunto após a folia.

Principal assunto – Será exatamente nos bons encontros de foliões que muita coisa se define. Sucessão será o principal assunto em plena folia.

Vai rolar – O Rasgadinho vai às ruas com toda sua estrutura e se mantém como principal atração do carnaval de Aracaju. Lá, em termos políticos, muita coisa vai rolar.

Projeto aprovado – Projeto de lei, aprovado pelo Senado, permite que juízes determinem que homem que tenha praticado violência contra a mulher frequente programas de educação e reabilitação.

Trava reforma – Segundo Noblat, Queda de braço entre equipe de Paulo Guedes e Planalto trava reforma administrativa.