19/02/20 - 08:34:41

Capitão boca porca e covarde

Como se estivesse num sinistro circo de horrores, o obtuso Jair Bolsonaro usa a imunidade inerente ao cargo de presidente para externar seus pensamentos imundos, machistas, misóginos e mesquinhos. Na tentativa de desviar a atenção da população para a incompetência de seu governo, o inepto agride com um vocabulário chulo quem não se curva às suas sandices. A última patada do maleducado Bolsonaro foi contra a jornalista da Folha de São Paulo, Patrícia Campos Mello e, de resto, contra toda a imprensa séria. A profissional foi agredida em sua intimidade só porque, corajosamente, denunciou o estupido exército de milicianos digitais, comandado às sombras pelos três patetas filhos do verborrágico capitão de pijama. É deveras lamentável que um país da grandeza do Brasil tenha que ser governado e, pior, afrontado em sua inteligência por um ignaro boca porca e covarde. Respeite o povo, energúmeno!

Facada no bolso

A Justiça acaba de dar um tiro nos contracheques dos ex-governadores João Alves Filho (DEM) e Antônio Carlos Valadares (PSB). Segundo o juiz Luis Gustavo Serravalle Almeida, o povo não deve mais meter a mão no escasso bolso para pagar milionárias pensões aos dois políticos. E o magistrado foi além no veredito: fixou multa diária de R$ 2 mil caso a decisão não seja cumprida ao pé da letra. Misericórdia!

Caia na gandaia

A ordem na Prefeitura de Aracaju é para os servidores caírem na gandaia até depois das Quarta-Feira de Cinzas. Neste sentido, o prefeito Edvaldo Nogueira (futuro PDT) decretou ponto facultativo nas segunda, terça e quarta da semana que vem. Como após tanta folia os servidores vão ficar super cansados, as quinta e sexta da próxima semana devem ser pra lá de meia-boca na administração municipal. Aff Maria!

Se ligue!

Com a proximidade da campanha eleitoral, o cidadão deve ter muito cuidado com candidatos tagarelas. É preciso analisar o passado dos suplicantes, as propostas apresentadas e denunciar quem tentar se eleger comprando a consciência do povo. Não esqueça que a qualidade das Câmaras de Vereadores e das gestões municipais depende da boa escolha feita pelo eleitorado. Portanto, abra o olho, camarada!

Ou vai o racha

E o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) pediu ao Ministério Público que leve o Detran às barras da Justiça. Segundo ele, o órgão de trânsito afronta a lei aprovada pela Assembleia reduzindo as taxas cobradas aos motoristas e donos de carros. Mesmo tendo entrado em vigor no dia 1º de janeiro último, a Lei não está sendo cumprida pelo Detran. Tomara que o Ministério Público peça para a Justiça tirar essa história a limpo. Oxe!

Veto mantido

A maioria dos deputados manteve o veto do governador Belivaldo Chagas (PSD) contra o projeto obrigando o Estado a manter psicólogos e assistentes sociais nas escolas públicas. De autoria do deputado Zezinho Guimarães (MDB), o veto teve que ser votado às pressas porque estava trancando a pauta da Assembleia. Interessante é que mesmo os deputados que votaram favoráveis à propositura, agora disseram sim ao veto do “Galeguinho”. Marminino!

Aqui não, violão!

O ex-deputado federal André Moura (PSC) queria ter um processo que o acusa de peculato e dispensa de licitação julgado pelo Supremo Tribunal Federal. Alegou que, à época do ocorrido, era parlamentar estadual. Os ministros, contudo, entenderam que a
prerrogativa é restrita a parlamentares federais, se os fatos imputados a eles ocorrerem durante o mandato e em função do cargo. O processo foi mandado para STJ porque o conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Ulices Andrade, parceiro de Moura na questão, tem prerrogativa de foro. Homem, vôte!

Lucro da folia

O Carnaval não é só fuzarca. Segundo a Federação do Comércio, a folia deve injetar algo em torno de R$ 40 milhões na economia sergipana. Partes desses recursos ficarão com os hotéis, bares e restaurantes, além do comércio varejista de bebidas, alimentos e fantasias. A previsão é que um grande número de pessoas fuja do Carnaval de Salvador e Recife para descansar nas praias de Sergipe, onde o Reinado de Momo é mais tranquilo, embora animado. Sejam bem-vindos!

Crime condenado

O PT de Estância condenou a tentativa de atropelamento contra o líder sindical Rubens Marques, o “Professor Dudu”. Segundo nota do partido, um carro, dirigido ainda não se sabe por quem, tentou atropelar o sindicalista duas vezes seguidas, quando este pedalava pelas ruas de Estância. O diretório do PT daquele município exige “uma apuração imediata e profunda pelos órgãos competentes”. Certíssimo!

Rei da cocada preta

Quem ouviu o discurso do prefeito Edvaldo Nogueira (futuro PDT) na Câmara de Vereadores se imaginou morando num pedacinho do paraíso. O homem desfilou loas à sua administração que, para ele, é “um imenso legado social”. Segundo Nogueira, só aqueles “movidos pela má vontade, interesses eleitorais menores o mesmo a má fé, são capazes de não enxergar isso”. Então, tá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha de Sergipe, em 29 de janeiro de 1911.