20/02/20 - 16:03:06

Não se enganem, em Sergipe também temos senadores matando o povo, diz vereador

O vereador Cabo Amintas (PTB) esteve presente, na terça-feira, 20, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) e utilizou seu tempo na Tribuna para apoiar os policiais militares do Ceará que foram covardemente atropelados pelo senador Cid Gomes durante ato de manifestação.

Amintas falou indignado sobre a atitude do senador do Ceará que, conduzindo um trator, avançou sobre policiais militares que faziam manifestação pacífica em área militar restrita.

“Foi notícia no país inteiro o que o irresponsável do senador Cid Gomes fez ontem. Ele tentou matar a vários pais de família, policiais que estavam lutando por seus direitos, policiais que estão passando fome no Ceará. A cena é absurda, mas a imprensa ainda coloca o senador como vítima”, lamentou.

Depois, o vereador exibiu mídia que foi divulgada em suas redes sociais que mostram cenas do ataque realizado pelo senador.

“A intenção dele era matar os pais de família. Ele é de uma família que se acha dona do Ceará, essa família que chamou um bando de vagabundos na rua para invadir uma área militar. Mas não se enganem, porque em Sergipe também temos senadores matando o povo, só que eles fazem caladinhos”, comentou Amintas.

Em seguida, o petebista continuou explicando como os senadores de Sergipe agem com o povo. “Não se mata o povo apenas tirando a vida, se mata tirando a dignidade. Infelizmente, neste país a imprensa que se vende ainda encontra espaço e colocaram o senador como vítima de uma tentativa de homicídio. Eu observei todas as fotos publicadas e não vi nenhuma perfuração de projétil nele ou sua camisa. O irmão de Cid disse que ele recebeu 2 tiros no peito, ninguém viu nada”, afirmou.

Para finalizar, Amintas disse que escreveu nota de repúdio ao senador e pediu uma moção de aplausos para os militares cearenses. Também enviou recado para os policiais sergipanos.

“Na Paraíba os policiais também estão se manifestando. Então, senhores policiais de Sergipe está na hora do freio de arrumação, esse governo de Belivaldo Chagas não nos escuta. Os policiais civis e militares precisam entender que uma hora isso vai chegar aqui. Vamos sair do whatsapp, parar com as paralisações e com os encontros em velórios de colegas. Está na hora do freio de arrumação, se necessário está na hora de aquartelar. É hora de pensar na sua família, pois o heroísmo de cada policial tem sido pago com atraso de salário, com defasagem salarial e com perseguição”, incitou Amintas.

Fonte: Assessoria de imprensa do vereador Cabo Amintas