30/03/20 - 13:28:21

SINDIJOR condena discurso de ódio contra os jornalistas e defende o trabalho da imprensa

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR), entidade de classe que representa os Jornalistas e o Jornalismo em Sergipe, em consonância com a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e a Associação Brasileira de Imprensa (ABI), vem a público defender e reconhecer o indispensável papel dos jornalistas e dos veículos de comunicação na sociedade, principalmente neste momento de pandemia mundial em que a população precisa de informação séria, responsável e verdadeira.
O SINDIJOR, como entidade de representação máxima do Jornalismo em Sergipe, parabeniza o trabalho desenvolvido pelos veículos de imprensa, em especial os jornalistas, que mesmo arriscando suas vidas não medem esforços para bem informar à população sergipana.
Repudiamos o ataque à imprensa feito pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, mas principalmente o discurso de ódio do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, que escolheu a imprensa para atacar, como forma de esconder o fracasso de seu governo no combate ao coronavírus, bem como no amparo à classe trabalhadora e as micro e pequenas empresas, responsáveis pela geração de milhares de empregos na comunicação e nos demais setores da economia.
É profundamente lamentável que algumas autoridades públicas não reconheçam o papel do jornalista, que é apurar e repassar a informação precisa, pautada sempre pela verdade dos fatos – postura ética a qual serve como medida cautelar na luta pela proteção das pessoas e do combate à doença.
Assim como os médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem e demais profissionais de saúde colocam suas vidas em risco por estarem na linha de frente – os quais rendemos todas as nossas homenagens -, nós jornalistas, independentemente de estarmos dentro de uma redação ou na rua, também colocamos em risco nossa saúde para também cumprir a nossa missão: informar a população com responsabilidade social.
Como o acesso à informação de relevante interesse público é um direito fundamental, estabelecido no Artigo 2º do Código de Ética da Profissão, os jornalistas não podem admitir que ele seja impedido de informar à população, mesmo que a notícia contrarie interesses políticos ou econômicos. O direito à informação verdadeira têm que prevalecer. Sempre.
Aos jornalistas sergipanos, o nosso muito obrigado por todo seu trabalho em prol do bem e da verdade. Jornalistas, nos orgulhamos muito de vocês!
Fonte e foto SINDIJOR