31/03/20 - 00:01:06

Empresários vão a Belivaldo

Diógenes Brayner[email protected]

Há movimento em Sergipe, iniciado por um grupo de empresários, à busca de uma flexibilização no decreto para fechamento de casas comerciais no Estado. Nada que incentive o contagio do vírus, mas com a responsabilidade suficiente para proteger a população no momento que ela for às compras. A proposta dos empresários não é de abertura ampla, que possa contrariar posições de autoridades da Saúde, mas de forma restrita a segmentos do comércio que não têm grandes aglomerações, com toda orientação sobre o relacionamento individual.

Ontem, sete empresários, liderados pelo presidente da Fecomércio em Sergipe, deputado federal Laércio Oliveira (PP), estiveram com o governador Belivaldo Chagas para expor argumentos que reduzam o impacto econômico que pode desestabilizar segmentos do setor comercial. O objetivo foi levar as demandas do setor empresarial para tentar uma harmonia com a determinação do recolhimento social, dentro de uma segurança jurídica que resguarde tanto a população que vai às compras, quanto a funcionários e empresários que se expõem.

As portas fechadas do comércio podem levar a uma situação econômica insustentável, inclusive em caso de o vírus não provocar maiores danos à sociedade. Um deputado estadual que não participou da reunião admite que “há uma histeria provocada por informações alarmantes. E Sergipe, assim como quase todo o mundo, está tentando sobreviver à ação do coronavírus”. Vê nisso um exagero e até lamenta “a tentativa de politizar um momento em que todos têm que se dar às mãos”.

Os empresários classificaram como “positiva” a conversa e se mostraram satisfeitos com o entendimento do governador Belivaldo Chagas pelo que fora exposto, embora deixando claro que precisa analisar com a equipe técnica da área da saúde, a proposta que fora posta à mesa. Os empresários deixam claro que estão construindo meios e oferecendo sugestões para evitar a “quebradeira” em alguns setores, o que vai refletir em um colapso na economia. O objetivo também é levar a proposta à Procuradoria de Justiça e à Secretaria da Saúde do Estado, para que se faça uma avaliação ampla do que vem sendo sugerido para abertura de área importante para a cidade.

O que os empresários sugerem: abertura de restaurantes, cumprindo critérios de acessibilidade, escritórios de uma forma em geral (advocacia, contabilidade, representação etc.), lojas de venda de móveis, peças, óticas, jóias e outras que não ofereçam riscos de contaminação. Os empresários vão hoje ao prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), com o mesmo objetivo.

Depende da situação

O governador Belivaldo Chagas (PSD) vai manter a determinação sobre suspensão das aulas, proibição de aglomerações e fechamento do comércio até o dia 17, caso se constate recuo na expansão do coronavirus.

*** Se não houver melhoras e o vírus se mantiver com a mesma força, as medidas serão prorrogadas.

Excesso de cuidado

Belivaldo teria dito que prefere pecar por excesso de cuidado com a população, do que por falta de rigidez com a saúde do povo. Garantiu que em relação a isso está tranquilo.

*** O governador vai seguir a orientação científica sobre a expansão do vírus, porque se percebe, pelo que está acontecendo no mundo, que o momento requer cuidado e responsabilidade dos governantes.

Compra de respiradores

O Consorcio de Governadores do Nordeste vai comprar respiradores pulmonares para toda a região, o que barateou o preço dos aparelhos pelo montante adquirido.

*** Cada respirador, com o preço mais em conta, custa 90 mil reais.

*** Hospitais de Sergipe receberão doações de respiradores da classe empresarial.

Sobre o Banese

Uma pergunta que se encaixa firme nesse momento de dificuldade: “o que será dos Estados que não têm mais bancos próprios para oferecer facilidades de recursos para amenizar a situação de empresas e da sua gente”?

*** Em Sergipe, que mantém o Banese, a situação é melhor para empresários de pequeno e médio portes, além de clientes, em razão da ação do Banco do Estado.

Só em junho

O secretário da Saúde, Valberto Lima (MDB), será mesmo candidato a prefeito de Propriá, mas não se desincompatibilizará amanhã, como muitos imaginam.

*** A sua desincompatibilização ocorrera dia 03 de junho, faltando quatro meses para as eleições.

Emendas impositivas

Um grupo de deputados estaduais vai se reunir hoje – já conversa por telefone – para solicitar que emendas impositivas propostas por eles sejam, em parte, aplicadas na aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (IPIs), que são utilizados por médicos e enfermeiros.

*** Também na compra de respiradores para equipar hospitais que tratam pacientes infectados com o coronavirus.

Remaneja emendas

O deputado federal Fábio Henrique (PDT) conversou com o coordenador da bancada federal, Fábio Reis, sobre remanejamento de emendas para ajudar o Estado no combate ao coronavirus.

*** – Estamos juntos nessa luta, em favor da vida e em favor de Sergipe, disse Fábio Henrrique.

JB forma chapa

O ex-governador Jackson Barreto está de quarentena, mas não deixa de trabalhar um só segundo. Como presidente do diretório municipal do MDB, ele está montando chapa para vereador e tem se movimentado muito.

*** Um dos pré-candidatos, Marcos Aurélio, têm ajudado na formação de uma nova chapa, com nomes fortes para a disputa.

Alessandro comenta

O senado Alessandro Vieira (Cidadania) disse, em comentário no site Congresso em Foco, que o presidente Jair Bolsonaro visa um rompimento democrático.

*** – O que ele aparenta estar buscando é o agravamento de uma ruptura política que justifique uma eventual tentativa de auto-golpe, disse.

Proposta de Rogério

O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho diz que “é provado que só vamos diminuir a curva de transmissão do coronavírus com o isolamento social.

*** – Para isso, é preciso que o Governo garanta a renda e o emprego do povo.

*** – Por isso apresentei a proposta do pagamento de um salário mínimo para os trabalhadores do serviço intermitente.

Sérgio candidato

O ex-deputado federal Sérgio Reis (MDB) começa a dar sinais de sua pré-candidatura a prefeito de Lagarto. Pela suas declarações ontem ele estará na disputa em outubro.

*** Sérgio sugeriu à prefeita Hilda Ribeiro que cancele uma licitação que classifica de “milionária” e crie repasse aos trabalhadores autônomos de Lagarto, nesse período de coronavirus.

Mulheres do DEM

O presidente do Diretório Municipal do DEM em Aracaju, ex-vereador Júnior Pinheiro, está formando a chapa proporcional com alguma dificuldade, em razão do pouco contato presencial e de conversas via telefone.

*** Uma coisa Júnior tem problema: acomodar  número de mulheres do partido que pretendem disputar a Câmara Municipal de Aracaju.

Movimento em Estância

O prefeito de Estância, Gilson Andrade (PSD), disse ontem que depois do discurso do presidente Bolsonaro, parte do comércio abriu e muita gente foi às ruas.

*** Até idosos saíram para ir às compras na feira livre. Estância, entretanto, não tem percentual alto da presença do vírus.

*** Aliás, o prefeito Gilson Andrade é médico e, no momento, também estava na rua…

Algumas variações

O Partido dos Trabalhadores também monta chapa de vereador em Aracaju, através de contatos pessoais e por telefone. O partido não arrisca avaliar quantos elege.

*** De qualquer forma tem “gente que vem para o partido, tem gente que retorna e tem gente que sai. Uma loucura!”

Será que desistiram?

Os pré-candidatos a prefeito de Aracaju estão em silêncio e trabalham com máxima discrição. Não há qualquer movimento, que não seja via conversa por telefone.

*** A impressão é que, com o coronavírus, os pré-candidatos desistiram da disputa.

Um bom bate papo

Maior incidência – Os Estados com maior incidência do coronavirus são: São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará, além do Distrito Federal.

Outras doenças – Um atuante deputado estadual disse ontem que outras doenças, tão letais quanto o coronavirus e que mataram muito mais gente em Sergipe.

No interior – A maioria das cidades do interior – as de médio e pequeno portes – não obedece à determinação de fechar comércio e impedir feiras livres.

Muita chuva – O final de semana foi de chuva intensa no sertão sergipano, o que animou produtores e agricultores da região. As chuvas continuam…

Simão Dias – O governador Belivaldo Chagas cumpre quarentena nos finais de semana em sua fazenda, na cidade de Simão Dias.

Há conversas – Um pré-candidato a prefeito de Aracaju disse que, mesmo muito timidamente, lideranças políticas conversam sobre composições.

Cortam adicionais – Segundo divulga a Folha de São Paulo, após fala de Bolsonaro, Correios cortam adicionais no salário de trabalhador em quarentena.

Multar a união – Segundo informa o Estadão, Procuradoria quer multar a União em R$ 100 mil por ‘caminhada de Bolsonaro’.

Capitão Samuel – OMS começa e ver que a fome tem que ser levada em consideração na questão do isolamento social,que os pobres brigam todos os dias pelo Pão de cada dia e que governos precisão avaliar isso nas suas decisões