03/04/20 - 00:01:46

MDB não terá chapa de vereador

Diógenes Brayner [email protected]

Pode ser triste, quase que inacreditável, mas o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) não terá, este ano, candidatos a vereador de Aracaju. Ontem, o presidente municipal do partido na Capital, ex-governador Jackson Barreto, descartou a possibilidade e deu um ponto final nesse assunto. Chegou a dizer que “a chapa de vereador para Aracaju está em pandemia”. JB não sai de casa há quase 20 dias, cumprindo a quarentena, e vinha mantendo contatos apenas por telefone, sem que avançasse em trazer nomes competitivos para disputar a Câmara de Aracaju.

Nos primeiros dias desta semana, oito prováveis candidatos a vereador pelo MDB saíram da sigla e estão migrando para outra legenda. Todos eles passaram a dizer que estavam servindo de ‘boi de piranha’ para eleger nomes como Ewerton Souza, que é ligado ao próprio Jackson, e Rosman Pereira, ex-secretário da Administração e que tem vínculo familiar com o grupo dos Reis, em Lagarto. Diante disso, optaram por procurar outros partidos e tentar se inserir em chapas proporcionais para disputar as eleições deste ano na Capital.

Jackson Barreto não vê condição de montar chapa do MDB até sábado e, pela primeira vez, o partido deixará de apresentar candidatos a vereador em Aracaju. JB conversou com Rosman e Ewerton. Informou aos dois da impossibilidade de montagem da chapa, aconselhando-os a buscar outras legendas para disputar vaga na Câmara Municipal. Disse também que fez convites a bons nomes para filiar-se ao partido, como foi o caso de Fabiano Oliveira e Mendonça Prado, mas os dois recusaram.

JB avisou que não iria atrás do governador Belivaldo Chagas (PSD) para que ele ajudasse na formação da chapa de vereador, principalmente nesse momento em que ele está preocupado – e muito ocupado – em proteger a população do coronavírus que começa a se alastrar por todos os Estados e já fez duas mortes em Sergipe. De fato, a situação de epidemia não pode desviar a responsabilidade de um Governo para com uma sociedade que, de alguma forma, está refém de um vírus que mata.

Já o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) foi atencioso, mas passa por problema idêntico para proteger o povo de Aracaju do coronavírus e também não poderia colaborar para a formação de uma chapa a vereador, inclusive porque não está fazendo isso com o seu próprio partido. Depois de avaliar tudo isso, Jackson concluiu que o MDB não poderá lançar chapa, em razão das dificuldades que a legenda passa para reunir bons nomes e disputar com chances de eleger pelo menos dois vereadores.

Ewerton Souza vai procurar um outro partido para filiação, que pode ser até mesmo o PDT, que hoje tem o comando de Edvaldo Nogueira na Capital. O mesmo deve acontecer com Rosman Pereira, que buscará os Reis. Nesta sexta-feira, Jackson Barreto vai conversar com o presidente estadual do MDB, deputado federal Fábio Reis, e relatar toda a situação. Fará um balanço de tudo que fora feito e anunciar, oficialmente, que o partido não formará chapa para disputar a Câmara Municipal de Aracaju em outubro.

Anotem, pode gerar uma tremenda confusão…

Márcio critica

O pré-candidato a prefeito de Aracaju pelo PT, Márcio Macedo, diz que recebeu imagens do engarrafamento na Beira Mar por conta da vacinação contra a influenza.

*** Fala que apesar da sua importância, parece que faltou planejamento e organização. Cenas como essas em tempos de isolamento não podem ser admitidas.

Será difícil

Márcio Macedo mostra que vai “queimar e soprar” durante a campanha eleitoral, na oposição que fará ao ex-aliado, prefeito Edvaldo Nogueira (PDT).

*** Será difícil para Márcio e o PT, fazerem oposição ferrenha a um membro do grupo que ele ainda integra em parte.

Local difícil

O shopping Riomar realmente não é o melhor local para realizar o drive thru [vacinação contra gripe sem sair do carro], porque tem apenas uma única entrada e dificulta o acesso por fora.

*** Quanto ao atendimento não há reparos a fazer, embora pessoas sem carro ficassem sem acesso e não encontrassem a vacina nos postos.

Apertar o cinto

Com a morte de duas pessoas acometidas de coronavírus, o governador Belivaldo Chagas (PSD) vai apertar o cinto em relação ao decreto para fechamento do comércio e sem permissão para aglomerações.

*** Belivaldo já estava estudando, com técnicos da saúde, a flexibilização para abertura do comércio, mas até o dia 17 não vai ceder e pode até estender a data, dependendo da situação no Estado.

Mensalidade escolar

O deputado estadual Gilmar Carvalho (ainda PSC) entrou ontem com Projeto de Lei, na Assembleia Legislativa, para que seja determinado 50% de desconto nas mensalidades escolares.

*** O projeto sugere, “a redução proporcional das mensalidades da rede privada de ensino, durante o período de enfrentamento e prevenção à epidemia causada pelo Covid-19”.

Gilson filia-se ao PSD

O prefeito de Estância, Gilson Andrade, assinou ontem a ficha de filiação ao PSD, partido pelo qual vai disputar a reeleição. O ato foi simples para evitar aglomeração.

*** Estiveram com Gilson e endossaram sua ficha, os deputados Jéferson Andrade (estadual) e Fábio Mitidieri (federal). Os dois falaram da importância de Gilson como filiado ao partido.

Chapa completa

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) disse ontem que seu partido deve apresentar uma chapa completa, com 36 pré-candidatos a vereador.

*** Segundo Mitidieri, “houve um trabalho muito bem feito por todos que fazem o partido.”

*** Sobre adiamento ou não das eleições, acha que por enquanto nada muda: “Vamos ficar na dependência do fim do Coronavírus”.

Muito triste

Fábio Mitidieri disse que recebeu a notícia da confirmação de duas mortes em Sergipe, em decorrência do coronavírus e admitiu que “é de uma tristeza muito grande, pois sabemos que todas as vidas importam”.

*** – Deixo aqui a minha solidariedade e abraço fraterno aos familiares e amigos das vítimas, neste momento de dor, escreveu.

Não faz oposição

O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) disse ontem que não vem fazendo oposição ao tio, ex-senador Valadares (PSB), tanto em Simão Dias quanto no Estado.

*** Diz que é “nossa independência e que dialogará com ele no momento oportuno, como dialogarei com qualquer outro grupo. Não é nada de oposição”.

Campanhas robustas

Pré-candidato a prefeito de São Cristóvão, o coronel Rocha (Cidadania) disse ontem que lideranças políticas da cidade desrespeitam as determinações das autoridades de saúde para ficarem em isolamento social.

*** E denuncia que esses líderes visitam filiados do seu partido, assediando-os, prometendo campanhas robustas financeiramente.

*** E conclui: “o cidadania está vacinado contra este assédio”.

Cortar o salário

O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho, condenou a nova medida (MP 936) que permite suspender contrato de trabalho ou reduzir salário.

*** – Enquanto nós da oposição lutamos para garantir uma renda mínima para o povo brasileiro, o presidente Bolsonaro quer cortar o seu salário. Isso é grave!

Não resolve nada

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) disse que o presidente Bolsonaro precisa entender que discurso na porta do palácio não resolve nada.

*** – Cada dia de demora, por culpa exclusiva do governo, é mais um dia de desespero para o cidadão mais humilde, disse.

*** Para Alessandro, “Bolsonaro está sendo empurrado, junto com a sua família, para a contaminação”.

Um bom bate papo

Revista Fórum – A violência doméstica tem aumentado vertiginosa e assustadoramente durante o período de isolamento social.

Amparo a médicos – A falta de equipamentos de proteção para profissionais de saúde, que é um problema enfrentado no Brasil, também afeta outros países.

Problema do Brasil – O subtenente Edgard Menezes disse ontem que “O problema do Brasil, não é o Coronavírus, e sim os canalhasvirus”.

Tem dificuldade – O ex-governador Jackson Barreto (MDB) atarefado na montagem de uma boa chapa de vereador pelo partido. Há dificuldade para somar bons nomes.

Pela metade – Um vereador calcula que haverá uma renovação de 50 por cento na Câmara Municipal de Aracaju. A reeleição não é tão fácil.

Problema interno – Por falar em Câmara, a decisão do vereador Nitinho Vitale em retirar verba de gabinete criou problema interno intenso.

Não deixa partido – A vereadora Emília Correa parece chateada com informações de que ela deixará o Patriotas. Tem desmentido isso de forma contundente.

Termina prazo – O momento trata só do coronavírus, mas já no próximo sábado termina o prazo para troca de partidos e formação de chapas de vereador, o que movimenta a política.

Solta presos – Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manda soltar todos os presos com liberdade condicionada à fiança.

Determina prazo – Supremo determina prazo de 48 horas para o presidente Jair Bolsonaro explicar medidas sociais e econômicas contra o coronavírus.

Seguro desemprego – Empregado que tiver o contrato de trabalho suspenso durante a pandemia de coronavírus poderá receber até 100% do seguro-desemprego.

Uso de máscaras – O ministro da Saúde recomendou o uso de máscaras cirúrgicas para prevenção inclusive por pessoas que não apresentem sintomas do coronavírus.