07/04/20 - 13:10:49

Advogado alerta sobre os impactos que trabalhadores e empresários devem sofrer

Advogado e pré-candidato a prefeito de Propriá alerta sobre os impactos que trabalhadores e empresários devem sofrer com a pandemia

Em entrevista concedida ao Programa “Propriá em Pauta”, transmitido pela Rádio Xodó FM e comandado pelo apresentador Aelson Santos, o advogado trabalhista e pré-candidato a prefeito de Propriá, Márcio Dória (PT) falou sobre os possíveis e reais impactos que os trabalhadores devem sofrer durante o período de pandemia do coronavírus. Trabalhadores e empresários estão pagando um preço muito caro”, opina.

Pandemia

Preocupado com a saúde dos Propriaenses, o pré-candidato Márcio Dória (PT) ressaltou a importância do isolamento social como medida de prevenção, para que a situação não se agrave posteriormente. “Hoje, o que nós temos ainda dentro de um controle, amanhã podemos perder”, alerta.

Márcio Dória é especialista em Direito Trabalhista, e de acordo com ele, o atual cenário é uma ameaça para a economia do País, onde sofrem pequenos e grandes empresários e trabalhadores.

O pré-candidato acredita que o Governo Federal não sabe ao certo o que deseja fazer, de um lado tem o Ministério da Saúde e do outro o Presidente da República que apresenta um contexto contrário. Observa, ainda, as dificuldades criadas pelo Governo Federal para à liberação da ajuda no valor de R$600 reais “O governo criou uma série de critérios que na realidade até dificultam que as pessoas tenham acesso ao benefício”.

Para Márcio Dória (PT) O Governo Federal deveria agir de forma mais prática e ágil na liberação do dinheiro, e destacou que os trabalhadores informais não serão contemplados com a ajuda. “É lamentável toda esta situação”.

Durante a entrevista, o pré-candidato e advogado trabalhista também enfatizou a Medida Provisória 927 de 22 de março de 2020, que estabelecia a suspensão do contrato de trabalho, e o trabalhador teria que ficar em casa por um período de quatro meses sem receber o seu salário.

“O Governo Federal tem que fazer a parte dele, no sentido de assistir o empregado e o empregador, e ser mais rápido na ajuda de custo”.

Márcio Dória (PT) defende que, o dinheiro disponibilizado ao empresariado e microempreendedor individual, que necessariamente passa pelo banco, não deveria ser cobrado a taxa de juros. “O trâmite poderia acontecer por meio de um banco público e com o prazo muito maior para pagamento, até porque ninguém sabe até quando irá durar esta pandemia. Favorecer banco nesse momento é algo lamentável”.

Pandemia em Propriá

Márcio Dória (PT) acredita que Propriá não está preparada caso ocorra uma grande demanda no número de infectados, dizendo que nenhum leito chegou até ao município, uma vez que outras cidades sergipanas já foram contempladas. “As pessoas precisam levar esta pandemia a sério, e cada um deve fazer a sua parte com os devidos cuidados, entre eles o isolamento social”, alertou.

Impactos pós-pandemia

Diante de todo o seu conhecimento jurídico, Márcio Dória acredita que o maior impacto econômico será após a pandemia, uma vez que levará um tempo para que as coisas sejam reorganizadas.

“O dinheiro está sendo gasto com comida. Ninguém, nesse momento, compra carro, apartamento ou faz investimento. Todo mundo está tentando economizar”, observa.

Para que o País não sofra este grande impacto econômico, o pré-candidato a prefeito de Propriá e advogado trabalhista, Márcio Dória (PT), acredita que os governos, no sentido geral, precisam colocar a infraestrutura para funcionar, a exemplo de construção de casas, finalização das obras públicas e incentivo a uma série de medidas que geram produção, para que a vida volte a sua normalidade.

Entre outras medidas para se livrar do impacto econômico, auxiliar os empregadores e empregados.

Por Assessoria de Comunicação/ Pré-candidato a prefeito de Propriá, Márcio Dória