07/04/20 - 00:18:20

O grilo do MDB e as avaliações

Diógenes Brayner[email protected]

O fato do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) não ter montado uma chapa forte para disputar a Câmara Municipal de Aracaju continua sendo assunto dominante neste momento. Presidido em Aracaju pelo ex-governador Jackson Barreto, novos e velhos filiados à legenda, que foi a frente de luta contra a ditadura militar, se mostram inconformados; “um dos seus fundadores em Sergipe chegou a comentar: Dr. Ulisses está se mexendo no local que lhe serve de cova”. A maioria deles revela tristeza e não entende o que está acontecendo ao partido.

Na realidade houve mudanças radicais na sigla. O próprio Ulisses não estaria satisfeito com o rumo adotado nesse momento pelo MDB em todo o Brasil. Percebe-se que JB não tem mais fascínio pela sigla, porque considera que ela seguiu um rumo bem mais à direita do que ‘não’ deveria. Hoje JB se mostra fascinado pelo ex-presidente Lula. Acha que é com ele que está a esquerda brasileira e revela absoluta vontade de segui-lo, até mesmo em empreitada no pleito de 2022. Mas talvez não seja pelo MDB.

O comando estadual da sigla está se movimentando. Vai conversar com o deputado Luis Garibaldi (MDB), mas até o momento não aconteceu. Também ainda não está com pés no chão sobre o que aconteceu e busca recuperar – agora só em 2022 – o espaço perdido, porque a sigla está com apoio fechado à reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira e não há forma para retroagir nessa decisão. Tem emedebista que imagina uma saída de JB da sigla, mas muitos duvidam pela importância política e eleitoral que ainda detém, principalmente na Capital.

Mas não foi apenas o problema ocorrido no MDB que mexeu com a política nessa segunda-feira de quarentena. Aliás, o próprio isolamento social foi motivo citado por políticos para justificar o marasmo em relação às pré-candidaturas à Prefeitura de Aracaju. Um bom articulador político analisa que a ação de Edvaldo Nogueira (PDT) no trabalho de combate à expansão do coronavírus. Disse que a ação realizada pelo prefeito põe em silêncio seus prováveis concorrentes que não têm margem para criticar e nem de reagir para realização de atuação semelhante.

Nesta segunda-feira também se teve a definição de chapas montadas para disputar Câmaras Municipais. Algumas previsões de formação da bancada por pelo menos um jovem político que faz boas previsões. Para ele, o PSD vai fará quatro vereadores; o PDT Elegerá três, na possibilidade do fazer quatro; o Cidadania elegerá três; o PSB fará dois, com chance de eleger três; o PSC terá dois vereadores; o PP vai ele um, com chance de fazer o segundo; Patriotas poderá eleger um, PCdoB também um, Solidariedade elegerá um; o PT fará dois, na possibilidade do chegar a três; o Republicanos poderá eleger um; PSL também um.

Ele faz uma observação: PDT, PSB e PT poderão eleger um outro vereador a depender dos votos de legenda de seus majoritários. A previsão pode coincidir ou não com a realidade e também certamente não representa a visão de outros ilustres avaliadores.

Sérgio e Garibaldi

O ex-deputado federal Sérgio Reis (MDB) ligou sexta-feira passada para o deputado estadual Luis Garibaldi (MDB) marcando uma conversa para esta semana.

*** O assunto é sobre a não formação da chapa de vereador em Aracaju e um convite para Garibaldi ficar à frente do partido e reorganizá-lo na Capital.

*** Luis Garibaldi disse que está em isolamento social, mas não tem problema em relaxar para uma conversa com Sérgio.

Como retirar JB?

Luis Garibaldi diz que não sabe o que vai acontecer em relação ao MDB não ter montado chapa de vereador e disse que os acordos já foram feitos: “como retirar Jackson Barreto”?

*** Garibaldi deixou claro que não tem nenhum problema em apoiar a candidatura de Edvaldo Nogueira à reeleição, mas o MDB já o apoia através de JB.

*** O deputado emedebista lamentou o partido não disputar vaga na Câmara de Aracaju.

Sem obedecer

Funcionário do setor da Saúde disse ontem que existe muito caso provável de coronavírus em Aracaju, que ainda não foram identificados: “só essa semana é que estão chegando os testes para identificar o vírus”.

*** Disse que na empresa de telemarketing Almaviva foram constatados três casos de pessoas infectadas pelo coronavírus, entre os cinco mil funcionários.

*** Informou ainda que o calçadão da 13 de Julho tem muito movimento no período da tarde. A maioria fazendo atividade física.

Levou nomes

O governador Jackson Barreto teria influenciado na transferência de prováveis filiados ao MDB, para o PDT para formação de chapa competitiva.

*** Foi o caso, por exemplo, de Ewerton Souza e do diretor de Comunicação da Alese, Marcos Aurélio, que serão candidatos a vereador pelo PDT.

Adelson filia-se ao PSD

O ex-deputado federal Adelson Barreto filiou-se ao PSD. Não definiu sobre candidatura, mas tem desejo de conquistar um novo mandato.

*** Ao filiar-se ao PSD, atendendo a convite do deputado federal Fábio Mitidieri, está se credenciando para disputar as eleições municipais deste ano em Aracaju.

*** Adelson já foi um dos vereadores mais votados de Aracaju, também deputado estadual e federal e não terá problema em retomar a sua vida pública.

Monta chapa forte

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) admite que o seu partido montou uma chapa bastante competitiva com nomes que engrandecem a sigla: “Partido forte tem que ter chapa forte”, disse

*** Segundo Mitidieri, “o PSD trabalhou os quatro anos pelo seu fortalecimento. Quem deixa para trabalhar somente na reta final, não pode reclamar”.

Atenções e tensões

O advogado Henri Clay filiou-se à Rede Sustentabilidade, que formou uma chapa com 36 candidatos a vereador. Sobre o seu posicionamento diz apenas que “tem a missão de reconstruir o partido em Sergipe”.

*** Explicou que nesse momento, suas “atenções e tensões estão para o avanço do coronavírus e que esses próximos três meses serão muito difíceis para o Brasil”.

*** – Não dá para pensar em mais nada, quanto mais articular candidatura. O momento é de preservar as vidas e ajudar no que for possível para combater essa pandemia, disse.

André e opções

O secretário chefe da Casa Civil do Rio de Janeiro, André Moura (PSC) só retorna a Sergipe, em 2022 para disputar o Governo do Estado. E ponto final!

*** A segunda opção, provavelmente a mais viável, será sua candidatura a deputado federal pelo Rio de Janeiro.

*** Seus aliados acham que a segunda opção será bem melhor para André neste momento.

Pode ser federal

O PSB tem um caso atípico. Um dos melhores nomes para disputar a reeleição de vereador, Elber Batalha, pode ter direito a se manter na vaga, mas deve ascender para outro mandato.

*** Caso Fábio Henrique eleja-se prefeito de Socorro, Elber também assume a Câmara, mas a Federal, porque é primeiro suplente de deputado.

Um tiro no pé

Comentários entre três vereadores ontem: a vereadora Emília Correa “pode ter dado um tiro no pé ao se manter filiada ao Patriotas”.

*** Fazem cálculos: “ela vai precisa de sete mil votos nas próximas eleições para se manter na Câmara Municipal”.

Por que acabar o PT?

O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho, pergunta: “querem acabar com o PT por que? A quem interessa silenciar a voz do povo brasileiro”?

*** – O povo reage aos abusos deste Governo e tentam exterminar o nosso partido? Não vão conseguir!

*** – Numa democracia, nenhum projeto de poder é legítimo se nele opositores são tratados como terroristas, disse Rogério.

Um bom bate papo

Novo nome – Isadora Sukita (Republicanos), filha do ex-prefeito de Capela, Manoel Messias Sukita, será canddatura a vereadura por Aracaju.

Só em pobre – O sub-sindico de um condomínio no Jardins disse aos funcionários, em tom de asco, que o coronavirus só pegava nos pobres.

A todo vapor – As candidaturas majoritárias no interior estão a todo vapor. Nas cidades menores pouco se liga com o isolamento do coronavirus.

Consultor jurídico – Boas medida nesses tempos: TRF-3 mantém autorização para farmácia popular entregar em casa.

Admite ação – O governador Belivaldo Chagas (PSD) acompanha o comportamento do coronavirus em Sergipe. Admite que houve ação para barrar o crescimento.

Não flexibiliza – Segundo informações do Governo, Belivaldo Chagas não pretende flexibilizar ato para conter a expansão do coronavírus. Analisa até o dia 17.

Uso de máscaras – A Organização Mundial da Saúde teme que a recomendação do uso generalizado de máscaras agrave ainda mais a falta para profissionais de saúde.

Chama de urubus – Bolsonaro ainda não entendeu que a sociedade percebe e conhece os jornalistas que ele passa a mão na cabeça e os que ele chama de urubus.

Detalha plano – Renan Ramalho detalha os planos do governo para gradualmente acabar com as medidas de isolamento social estabelecidas pelos estados.