24/04/20 - 13:29:01

Novos médicos: Unit antecipa formatura de estudantes de Medicina

Atendendo à portaria 383 do MEC, Unit antecipa colação de grau de alunos do último período

Vinícius Santos de Oliveira, de 24 anos, não previa que seria médico antes de concluir o semestre regular. Não só ele, mas os demais alunos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia que cumprem os requisitos da portaria 383 do Ministério da Educação e têm a opção de solicitar a antecipação da colação de grau de seus respectivos cursos. Só na Universidade Tiradentes, dos mais de 200 alunos da saúde que estariam aptos, 57 requisitaram e 47 devem realizar o processo até esta sexta-feira, 24, no campus Unit Farolândia.

Nesta quinta, 23, Vinícius compareceu à Unit na hora agendada e em menos de 20 minutos, saiu com o diploma de médico em mãos. “Como eu era do 12º período e cumpria todos os requisitos solicitados pelo MEC e pela Unit, vim solicitar a antecipação da formatura justamente vendo esse contexto de toda situação de pandemia pela Covid-19 e estamos prontos para atuar nas lacunas que existem no sistema de saúde para contribuir, exercer nosso papel social e oferecer o melhor para a população nesse momento tão difícil”, relata.

O recém-formado em Medicina vai poder atuar, por exemplo, na triagem de quem precisa fazer o teste para a Covid-19. “Isso significa que os profissionais mais experientes que até então estavam inseridos nessa etapa do atendimento médico poderão se dedicar a casos mais delicados e avançados nos hospitais. Entendemos que esse é o grande objetivo da colação de grau antecipada recomendada pelo MEC”, explica o diretor da área da Saúde do Grupo Tiradentes, professor Dr. Hesmoney Santa Rosa.

As instituições de ensino superior só podem conceder a colação de grau antecipada para quem solicitar, atendendo aos critérios estabelecidos. “Os alunos precisam estar devidamente matriculados em algum dos cursos destacados na portaria 383 do MEC, ter concluído o TCC, cursado todas as disciplinas, cumprido até 75% do estágio curricular e estar regular no ENADE”, pontua a pró-reitora de graduação da Unit, professora Arleide Barreto.

Como o processo de colação de grau antecipada deve ser feito pessoalmente, diante das recomendações de isolamento social, as solicitações na Unit são atendidas em blocos praticamente individuais, e cada consulta dura no máximo 20 minutos. “Realizamos agendamento para evitar o tumulto, considerando a ameaça invisível da Covid-19. Ainda assim, é uma alegria poder contribuir nesse momento de sufoco que todo o mundo vivencia. A sociedade estava precisando da força de nossos então alunos e agora profissionais”, completa professora Arleide Barreto.

Novos médicos

Assim como a Unit, outras instituições de ensino superior que ofertam cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia aderiram ao pedido do MEC na última portaria 383 que revoga a anterior publicada no início de abril.

Vinícius Santos de Oliveira entende que a nova autorização do MEC que revogou a anterior, deixou o processo confuso. “Tivemos algumas dificuldades no entendimento devido às muitas portarias que o governo vinha liberando e a gente foi ajustando tanto o processo relacionado ao governo federal quanto à Unit para conseguirmos nosso objetivo que era um só: nos formar. Estamos aptos a trabalhar e combater os problemas que a sociedade está enfrentando”, diz o médico recém-formado. “Agora é a vez de buscar nosso registro do Conselho Regional de Medicina para começar a trabalhar tão logo”, completa.

Como em todo início de carreira, pode ser difícil encarar a profissão de um dia para o outro. Mas a metodologia de ensino aplicada durante o curso pode ser determinante nesse momento. Desde 2010, quando a Unit foi autorizada pelo MEC a ofertar o curso de Medicina, que o método Problem Based Learning (Aprendizagem Baseada em Problemas) é aplicado. Como o próprio nome diz, se baseia na construção ativa do conhecimento a partir da discussão de um problema. Especialistas do mundo acreditam que essa é uma das formas mais eficientes de preparar o futuro médico para enfrentar o contexto da saúde.

Com a metodologia ativa de ensino PBL e projeto pedagógico baseado na atenção básica de saúde, o curso de Medicina da Unit contribui ainda mais com a qualidade da formação dos estudantes. “O aluno, desde o primeiro período, começa a conhecer como funciona uma unidade básica de saúde, acompanhando as atividades da enfermagem, dos agentes de saúde e a cada período alcançado, esse aluno vai ganhando novas atribuições e expandindo seus conhecimentos. Quando o aluno chega no internato, fica mais dois anos estagiando no posto de saúde e seis meses na atenção básica”, explica o diretor da área da Saúde do Grupo Tiradentes, professor Dr. Hesmoney Santa Rosa.

A médica recém-formada, Fernanda Siqueira, reforça que o momento é de aprendizado contínuo. “Recebemos um ótimo preparo do nosso curso de Medicina da Unit e vamos agora buscar contribuir para combater os problemas da pandemia e os demais da saúde que existem e afligem nossa população”.

Fonte e foto assessoria de Imprensa/Unit