30/04/20 - 05:31:05

Gustinho quer audiência pública na Câmara para discutir as dificuldades para recebimento do auxílio

O deputado federal e vice-líder do Solidariedade na Câmara, Gustinho Ribeiro, solicitou nesta quarta-feira, 29, ao presidente da Comissão Mista de acompanhamento das medidas relacionadas ao coronavírus, a realização de uma audiência pública para discutir as dificuldades que milhões de brasileiros estão enfrentando para conseguir receber o dinheiro do “Auxílio Emergencial”.

No requerimento, o deputado federal sergipano pede que sejam convidados a participar da audiência um representante da Caixa Econômica Federal, um representante do Ministério da Cidadania e um representante da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev). “Este é um tema muito importante para o Brasil. Milhões de vidas estão envolvidas e interessadas neste processo”, disse Gustinho.

Para ele, o coronavírus tem se alastrado muito rapidamente e afetado milhões de brasileiros, o que vem impactando seriamente a saúde pública e afetando a renda, o emprego e a subsistência de milhões de brasileiros. “Precisaremos de alguns anos para que possamos recuperar os prejuízos na nossa economia. Por isso, o pagamento deste auxílio é muito relevante”, disse o deputado.

Ele explicou ainda que “Auxílio Emergencial” no valor de R$ 600,00 foi criado para ajudar os trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, pelos próximos três meses. As pessoas poderiam se cadastrar através de site ou aplicativo de celular. Porém, este pagamento vem gerado expectativas para parte da população e muitas não receberam resposta se receberão ou não o auxílio.

Problemas de acesso, de sistema fora do ar, de números de telefone que não funcionam, de pessoas que ainda estão com o benefício “em análise”, de outras que receberam a confirmação, mas não sabem quando irão receber o dinheiro, entre outros, deverão ser esclarecidos para a população nesta audiência pública que foi solicitada pelo deputado Gustinho Ribeiro.

Fonte e foto assessoria