01/05/20 - 10:18:24

Emsurb comunica feirantes do Santos Dumont sobre novo modelo de organização da feira livre

Um novo formato de comercialização chegará à feira livre do bairro Santos Dumont, a partir do dia 7 de maio. Desta forma, para informar sobre a nova estrutura que contará com bancas novas, balcões frigoríficos, entre outros equipamentos, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), fez a entrega de comunicado aos feirantes na manhã desta quinta-feira, 30. A iniciativa atende ao processo de licitação realizado e assegura as condições sanitárias necessárias para a comercialização de produtos de origem animal.

Durante a ação na feira do Santos Dumont, os fiscais da Diretoria de Espaços Públicos e Abastecimento (Direpa) percorreram todo o espaço de comércio ao ar livre, que teve o número de bancas reduzido, de 245 para 140, no âmbito das medidas de prevenção adotadas pela administração municipal contra o novo coronavírus.

De acordo com o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas, além das estruturas para produtos que exigem refrigeração, a exemplo da carne, frango, peixe e derivados do leite, a empresa concessionária do serviço irá disponibilizar, também, bancadas para manipulação e corte.

“As mudanças serão implementadas de maneira gradativa, conforme alinhado anteriormente com a empresa Locazil, mantendo toda a infraestrutura de comercialização padronizada, seguindo os aspectos técnicos necessários para o início dos serviços previstos em contrato”, explica o presidente.

Ainda segundo Luiz Roberto, o processo de estruturação do novo padrão, que já contempla a feira do Batistão, atenderá, inicialmente, as feiras de menor porte, com uma média de 100 bancas. “Após a feira do Santos Dumont, readequaremos a feira do bairro Grageru”, informa.

Medidas de prevenção
Atendendo a critérios que contemplam toda a cidade, das 32 feiras livres, 16 foram retomadas, porém somente com a comercialização de gêneros alimentícios e produção agrícola e respeitando ações de prevenção estabelecidas pela gestão, no tocante a prevenção à covid-19.

Para o cumprimento das normas de higienização e distanciamento social nesses espaços, foram colocadas em prática algumas medidas, dentre elas o espaçamento e redução de bancas, uso de equipamentos, como lavatórios, fixação de material informativo, além da disponibilização de máscaras descartáveis e álcool em gel.

“O empenho da Prefeitura é de manter as feiras livres à medida que promovemos a prestação de um serviço de qualidade, não esquecendo, é claro, dos cuidados necessários para evitar as possibilidades de contaminação pelo novo coronavírus entre o público presente”, ressalta Luiz Roberto.

Fonte e foto assessoria