06/05/20 - 13:46:47

Conselho de Psicologia promove debate virtual sobre maternidade LBT

A abordagem “Diversidades Maternas” vai promover reflexões sobre o ideal de maternidade até as configurações de maternidades lésbicas, bissexuais e transexuais

“Diversidades maternas: vivências de uma maternidade LBT” será o tema da live promovida pelo Grupo de Trabalho de Gênero e Sexualidades, ligado a Comissão de Direitos Humanos, do Conselho de Psicologia de Sergipe (CRP19). O debate virtual acontece nesta quarta-feira, 6, às 17h, no instagram @gt_generoesexualidades.

A convidada será a psicóloga Lidiany Matos Ribeiro, mãe LBT, cursando especialização em TCC na Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (FCM/MG), com formação em Psicologia da Reprodução Humana, educadora parental e educação infantil pela Positive Discipline Association-PDA. A mediação será da psicóloga Camila Mireli Calaça de Sá, Conselheira do CRP19 e membro da coordenação do GT de Gênero e Sexualidades. Vai ser a primeira live da semana intitulada “Diversidades Maternas”, que vai promover reflexões sobre as nossas diversas maternidades, desde o ideal de maternidade até as configurações de maternidades lésbicas, bissexuais e transexuais.

Será quarta live promovida pelo Grupo de Trabalho. O primeiro encontro virtual aconteceu em 15 de março, com o tema “Home Office e mulher: os aspectos de gênero com trabalho em residência”, que teve como convidadas a psicóloga Camila Calaça e a advogada Ana Carolina Fernandes. No dia 24, o bate-papo foi sobre “Rótulos e a liberdade de ser: identidade e expressão de gênero”. Os convidados foram Bê Nascimento, estudante de Psicologia, não binário e escritor e o bacharel em Psicologia Carlos Ramos que abordaram desde os conceitos até as suas vivências cotidianas. Para marcar o primeiro de maio, dia da(o) trabalhadora(or), a temática foi “Mulheres no mercado de trabalho: os desafios e recortes sociais” e contou com a participação da psicóloga Noêmia Alice Lobão Cruz, mestre em psicologia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), que atua na psicoterapia individual de adolescentes e adultos e da advogada criminalista Valdilene Oliveira Martins que atua na assistência jurídica de mulheres em situação de violência doméstica e familiar no estado de Sergipe.

Assessoria de Comunicação/CRP19