07/05/20 - 01:00:14

A solidão que salva do vírus

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Apesar do avanço da ciência, ainda não se conseguiu chegar à origem do coronavírus. Não se sabe corretamente de onde ele veio – teria realmente se originado em uma cidade chinesa –, nem como apareceu tão de repente e se alastrou pelo mundo com a velocidade infinitamente superior aos raios. Uma “bomba” que saiu do nada e “explodiu o mundo”. Cientistas correm atônitos à busca de um medicamento qualquer para contê-lo. Ou de uma vacina que castre o seu poder de reprodução nos humanos.

Mas qual o quê! O Covid-19 vai aumentando, matando milhares de pessoas e arrasando a economia mundial. Quem não morrer infectado, pode ir a óbito com fome. A forma de não contraí-lo é o isolamento social. Normal! Mas como fica a cabeça de qualquer pessoa que se autoenclausurar? Tem momentos que bate uma angústia feroz. Uma coisa é ser preso para cumprir sentença, tentando alguma esperteza para fugir. Outra é se trancar para se salvar de um vírus que não se vê. Pior: com a liberdade de abrir a porta para circular, conversar e tomar uma cervejinha com amigos. Não poder fazê-lo para manter a vida, com dificuldade de gozá-la, dá uma agonia…

Mas, não tem o que discutir. O certo é fixar-se em isolamento e deixar que a pandemia resolva acabar. É o meio de salvação já comprovado pela ciência, mas combatido por quem acha que tudo não passa de uma “gripezinha”. Tanto que são necessários decretos para que não haja circulação e até que se ponha a polícia nas ruas para conter os rebeldes, que não são poucos e circulam naturalmente se expondo ao nada. Ao nada sim. O vírus existe nos olhos dos mais sofisticados aparelhos utilizados por cientistas.

Puxa, às vezes bate uma saudade de um engarrafamento no trânsito, de um chato conversando sobre a constatação maluca de que o mundo é plano, das multas de trânsito, do bêbado inconveniente no bar, dos garotos que limpam parabrisas, dos artistas nos sinais, de uma injeção no olho e até de um peido silencioso e sufocante no elevador.

É uma guerra que o ser humano está em desvantagem, mesmo que use máscara, lave as mãos constantemente e passe álcool 70 em gel a todo o momento, além de evitar contato até com a mãe, filho, mulher, amante e outras coisas mais, porque o vírus poder estar exatamente onde você toca ou penetra, mas não ver. Uma loucura que não há medicamento e pronto. Fica tudo muito complicado, porque sustentar multidões de fanáticos em quarentena, sinceramente é praticamente impossível.

Mas não há outro jeito que não seja suportar. Mesmo que a população não deixe de circular e correr o risco de contrair a doença, principalmente se for idoso, diabético e hipertenso. E, como a melhor solução está mesmo em se trancar, não pense duas vezes e se mantenha em paz. Consigo mesmo e, claro, distante de ser mais um número na estatística da pandemia.

Belivaldo dá negativo

Segundo fonte influente do Palácio dos Despachos, o governador Belivaldo Chagas (PSD) submeteu-se ontem ao teste de Covid-19 e deu negativo.

*** Segundo a mesma fonte, Belivaldo se submeteu a dois testes: o PCR e o Rápido. Os dois confirmaram que estava negativo.

Felizola e o Covid

O Covid-19 chegou ao secretário de Governo José Carlos Felizola, de forma assintomática e, natural, à sua mulher Priscila. Os dois estão bem. Isolados e com assistência médica.

*** O seu filho Miguel está sem problema e isolado em casa de uma tia, cinco andares acima do seu apartamento. Agora é endurecer o isolamento.

Estilo conciliador

Felizola exerce um trabalho importante junto ao governador Belivaldo Chagas e trata mais diretamente de questões políticas.

*** Paciente, conciliador e jeitoso, Felizola cuida dos contatos com lideranças políticas e conduz tudo ao governador, sugerindo soluções e amenizando causas e efeitos. Um conciliador

*** Tem sido elogiado pela forma e estilo com que dilui dificuldades…

Casos crescentes

Começa a se registrar um aumento considerável do número de afetados com o Covid-19 em Sergipe e a tendência é se elevar durante este mês de maio, daí a necessidade de aperto no isolamento social.

*** O surgimento de novos infectados é decorrente dos exames que vêm sendo feitos com maior frequência e identificando pessoas que adquiriram a doença.

Sobre flexibilização

O médico e deputado federal Osmar Terra (MDB) participa hoje de videoconferência, na sede da Fecomércio em Aracaju. Ele é da corrente que defende a flexibilização do isolamento social com responsabilidade.

*** Participam da videoconferência empresários e foram convidados membros do Governo e da Prefeitura de Aracaju. Será as 15 horas.

Placa de orientação

A Prefeitura de Itabaiana exagera. Ja está se prevenindo para o pior em relação ao número de mortes pelo Covid-19 e já fixa placas de orientação nos cemitérios.

*** Orienta sobre os cuidados contra o Covid-19, na hora do sepultamento com placas em todos os cemitérios do município.

Máscara e arma

Sol Morais é uma bolsonarista assumida, engenheira química, cristã, e segue convicta o prega o seu grupo político, também sobre o Covid-19.

*** Ela escreve no Twitter: “sete mil mortes”??? E tem de usar máscaras. 70 mil homicídios e não te deixam ter uma arma”.

Danielle informa

A delegada Danielle Garcia (Cidadania), pré-candidata à prefeita, anunciou ontem, em tom de comemoração, que “o TRF-4 manteve a condenação do ex-presidente Lula a 17 anos de prisão no caso do sítio de Atibaia. Decisão unânime”.

*** E complementou: “o Brasil precisa combater a corrupção e punir com rigor os corruptos, sejam eles de que partido for, afinal, ninguém está acima da Lei”.

Márcio adia live

O pré-candidato a prefeito pelo PT, Márcio Macedo, avisou ontem que a live que faria com o senador Rogério Carvalho, foi adiada para a próxima semana.

*** O motivo foi que Rogério foi escolhido relator de projeto no Senado, cuja sessão ocorreu no mesmo horário que aconteceria a live.

Sobre benefício

Márcio Macedo falou sobre a questão social provocada pelo coronavírus, alegando que não tratou do assunto antes, para evitar comentários de que estaria fazendo campanha.

*** Márcio sugere que a Prefeitura faça complementação do auxílio pago pelo Governo Federal ou algum outro benefício para aqueles mais pobres, durante esse período.

Áreas carentes

Uma fonte bem avisada da Prefeitura Municipal diz que esse tipo de auxílio já vem sendo feito, através de cestas básicas distribuídas nas áreas carentes de Aracaju, cujo critério para receber é o nível de pobreza.

*** Além disso, já foram distribuídos 32 mil kits da merenda escolar – e isso continuará sendo feito – com estudantes da periferia, mesmo com as escolas fechadas.

*** As escolas municipais em Aracaju serão as últimas a voltar a funcionar. Só reabrem quando a pandemia já for superada em sua última fase.

Projeto é aprovado

O líder do PT no Senado Federal, Rogério Carvalho, relatou o Projeto de Lei (PL) que estabelece prazo de 72 horas para que a Anvisa autorize importação e distribuição de materiais, medicamentos, equipamentos e insumos da área de saúde, desde que registrados em outros países.

*** O projeto foi aprovado e a Anvisa terá 72 horas para liberar medicamentos e insumos já aprovados em outros países.

Bacia de sangue

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) disse que a história cobrará o preço dos omissos diante das crises na saúde, economia e política.

*** – Como lembrou Lima Duarte, aqueles que lavam as mãos, o fazem em uma bacia de sangue.

*** Alessandro diz que o Brasil não aceita retrocesso. Nem para a ditadura, nem para a cleptocracia. É preciso avançar como nação.

Até que enfim

A dor da consciência atormentou a Caixa Econômica, que desde o início do auxílio emergencial vem sendo um dos principais responsáveis por aglomerações que transmitiam o coronavírus.

*** Mas, só depois de tantos problemas, o pagamento do auxílio de R$ 600 é transferido para mais de 50 bancos além da Caixa.

Um bom bate papo

Trepa gritando – Mônica Bergamo em sua coluna na Folha: “Major Olímpio diz em live que ‘mulher que trepa gritando é qualidade’”.

Trata de pré-campanha – O ex-secretário da Saúde, Valberto Lima (MDB), já esteve ontem em Propriá para tratar de sua pré-candidatura a prefeito do município.

Lançam nome – Em Nossa Senhora da Glória os dois candidatos – Sérgio Oliveira e Jairo – vão lançar pré-candidatura nas primeiras semanas de junho.

Camila Bomfim – Governo pede pra não entregar vídeo da reunião que é um dos indícios investigados no inquérito sobre tentativa de interferência do presidente na PF.

Bondade na maldade – Uma observação feita ontem: “Bolsonaro promoveu uma bondade com sua intolerância: uniu o Supremo”.

Claudio Dantas – Vitor Hugo, sobre ‘facada’ em Guedes: “Foi uma determinação do presidente. Eu sou líder do governo, não de qualquer ministério”.

Primeiro capítulo – Regina Duarte começa a ver que o Ministério da Cultura não é enredo de novela. Como atriz principal ela deve sair de cena no primeiro capítulo.

Joice Hasselmann – A insistência patética do presidente Jair Bolsonaro de entregar um simples exame, já é a prova cabal de sua farsa em relação à doença.

Cid Gomes – Defendi durante a sessão do Senado que os profissionais da educação tivessem garantidos reajustes salariais nos próximos anos.