11/05/20 - 14:14:22

Alta produtividade do Coentro abastece a região sergipana e parte da Bahia

Diariamente, só do Jacarecica I, são carregados mais de 3 caminhões de folhas e verduras, seguindo para o abastecimento de feiras e mercados da região, além da capital baiana, Salvador.

No Perímetro Irrigado Jacarecica I, em Itabaiana, o coentro vem sendo cultivado pelos agricultores da região com o auxílio da assistência técnica da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (COHIDRO). A produção do coentro abastece boa parte do estado de Sergipe e também da Bahia. Diariamente, só do Jacarecica I, são carregados mais de 3 caminhões de folhas e verduras, seguindo para o abastecimento de feiras e mercados da região, além da capital baiana, Salvador.

A folhosa, que é tempero essencial em toda cozinha nordestina, vem sendo cultivada por boa parte dos agricultores irrigantes que recebem água de irrigação e assistência técnica agrícola da Cohidro, administradora do perímetro. Podendo ser colhido 36 dias após a semeadura, o coentro permite dar até 10 safras em um ano. Ou seja, após a plantação da semente, o período da colheita é relativamente curto, se comparado a outras variações de folhas.

Separando o lote em várias partes, o produtor irrigante pode ter coentro para colher mais de uma vez por semana. Uma vantagem comercial para se fixar no mercado e garantir a geração de renda. Para Reginaldo Alves, produtor da região e que planta coentro há mais de 10 anos, o segredo é zelar. “Depois que você planta, tem épocas que é muito frio e precisa ter um cuidado maior com a aplicação de defensivos agrícolas para não queimar. E assim vai levando: plantar e tratar”, comenta o agricultor.

Todas as partes do centro podem ser utilizadas, desde a semente até os talos, passando – claro – pelas folhas. Talvez por essa razão, faça tanto sucesso, aliado à alta demanda, pois é bastante procurado e presente na mesa dos nordestinos. “As pessoas gostam muito do coentro e usam em tudo: peixe, carne, salada, sopa. Bota em tudo porque é muito bom”, diz o produtor.

De acordo com Simeão Santana, técnico agrícola da Cohidro, o coentro da região abastece todas as feiras e mercados do estado, e 50% do que é produzido viaja para a Bahia. “A forma como o trabalhador cultiva aqui parece que tem um segredo, com um toque final que é bem procurado na culinária e bem indicado o coentro”, conclui o técnico.

Informações e foto Cohidro