12/05/20 - 01:03:30

Candidatos como bóia ‘n’água’

Diógenes Brayner[email protected]

Há dúvidas, ainda, quanto à realização das eleições municipais, pelo menos dia 04 de outubro. A cinco meses do pleito, embora o período de campanha não esteja distante de acontecer, ninguém faz nada presencialmente. No dia 16 de junho, praticamente dentro de mais um mês, o TSE deve divulgar o valor corrigido do Fundo de Campanha, que é de aproximadamente R$ 2 bilhões. Em julho os partidos devem fazer suas convenções para indicação de candidatos a prefeito a vereador, que vão ser registrados até 15 de agosto. Já no dia seguinte – 16/08 – a campanha política estará autorizada nas ruas e internet, até 03 de outubro, véspera do pleito para o primeiro turno.

Sobre isso tudo caminha muito bem. Entretanto, tem um porém: muita gente alta acha que R$ 2 bilhões é muita grana para a campanha. Principalmente quando se tem pela frente a dúvida sobre a pandemia do Covid-19. Além disso, candidatos que não têm a menor chance de eleger-se pode servir-se de alguma verba sem qualquer cerimônia. Assim, não está decididamente fechado que os recursos terão esse montante e nem que o pleito seja exatamente dia 04 de outubro. Mas, mesmo que não haja mudança, os prováveis candidatos já estão no prejuízo.

Falta exatos 117 dias para o início da campanha consentida pelo TSE. Esse período é aberto para as chamadas pré-campanhas. Não apenas isso: mas conversas para formação de blocos para apoio às chapas majoritárias, acordos internos para montagem das Câmaras Municipais e toda a estrutura para que se chegue a 16 de abril com tudo no ponto e sair às ruas em carreatas, caminhadas, preparação do programa de TV e todas as maledicências para se jogar a valer nos grupos e redes da internet. Entretanto está tudo parado, principalmente na questão entendimento.

Por tudo isso há dúvida sobre adiamento ou até transferência do pleito geral para 2022, o que é mais difícil, em razão da necessidade de uma PEC. Mesmo assim ainda não foi descartado, embora os próprios ministros integrantes do TSE não mostram firmeza em relação à mudanças, mesmo que a tendência do pleito é se realizar entre final de novembro e início de dezembro, em caso de segundo turno. Mas o grande problema são os pré-candidatos, que estão como “bóia n’água” e não sabem o que fazer, porque não têm conversas presenciais e o “papo de pé de ouvido” com eleitores pode transmitir ou se infectar com o infeliz do coronavírus.

Como a linha de crescimento do Covid-19 está em subindo, impedindo até os festejos juninos, fica difícil para os que tentam Prefeituras ou Câmaras Municipais manterem a esperança de que tudo vai acontecer como eles pensam. Está difícil…

Sessão na Alese

O presidente da Assembleia, Luciano Bispo (MDB), conversa hoje com o corpo técnico da Casa e com os deputados para tratar sobre a realização da sessão online amanhã.

*** Luciano testou positivo para o Covid-19, mas está bem e se for possível realizar a sessão será feita da casa de todos os parlamentares.

*** A tendência maior é que não seja realizada sessão neste momento.

Grandes filas

Ontem a fila foi grande em loteria de um supermercado, mesmo seguindo a orientação do álcool em gel e espaço de dois metros. Todos de máscaras.

*** De frente para a entrada as pessoas estavam aglomeradas e provocavam risco da transmissão do Covid-19.

*** Setenta por cento da população não obedecem às orientações da Saúde e acham que “tudo é bobagem”.

Limitar o trânsito

Um assessor do Governo (pediu off) admitiu que realmente muita gente não leva a sério as orientações para se proteger da contaminação e os testes mostram que os números só aumentam.

*** Percebe-se que o trânsito continua intenso em Aracaju e rodovias e até sugere: “está na hora do Governo pensar em limitá-lo, alternando circulação de placas pares e ímpares dos veículos”.

Fazia política

O ex-prefeito de Canindé, Genivaldo Galindo, que veio a óbito ontem vítima do coronavírus, ainda se envolvia em política e reunia seu grupo para lançar um nome à Prefeitura.

*** Não tinha mais influência forte na política do município e estava sem força para eleger um candidato.

Testar policiais

O Simpol já protocolou documento na Secretaria da Saúde, lembrando que os Policiais Civis estão atendendo toda a população, sendo que podem ter muitos assintomáticos no trabalho, inclusive alguns já confirmados.  

*** Um dos filiados do Simpol pergunta: “não seria hora de testar todos os Policiais Civis, independentemente de sintomas, e assim evitar maior nível de contágio”?

Testes em Glória

A Universidade em Nossa Senhora da Glória está fechada, mas no final de semana dezenas de servidores da UFS foram fazer teste do Covid-19 naquele município.

*** UFS não informou porque os testes foram feitos em Glória e não em Aracaju.

Eliane aconselha

A vice-governadora Eliane Aquino (PT), que testou positivo para o Covid-19, constata que a disseminação do coronavírus em Sergipe está se alastrando e por isso é imprescindível que todos que podem façam o isolamento social.

*** Insiste em aconselhar que “sair de casa só se for absolutamente necessário. Se este for o caso, e oferece algumas dicas de saúde antes de sair e após chegar à casa.

Troca de Farpas

O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) continua a troca de farpas com o senador Alessandro Vieira (Cidadania). O clima já chegou à Polícia Federal.

*** Rodrigo registro ontem que “depois de ver pirotecnia que quis montar por cima mim, reverter contra ele, o gaúcho Alessandro Vieira (o colecionador de eleitores arrependidos) quer me colocar contra a Polícia Federal”.

*** E conclui: “Eu admiro, respeito e confio na Polícia Federal e na Justiça”. E conclui: “a PF moraliza o Brasil”.

Lança a pré-candidatura

O ex-deputado Jairo de Glória (Republicanos) vai lançar sua pré-candidatura a prefeito de Nossa Senhora da Glória na segunda quinzena de junho.

*** Serão anunciados os nomes do seu vice e dos pré-candidatos a vereador que integram sua chapa. Tudo acontecerá online.

Pouca campanha

Um filiado ao PT em Aracaju disse que nesse momento não tem como fazer campanha à Prefeitura ou Câmara Municipal na Capital. O momento é de cuidar da pandemia.

*** Todos os pré-candidatos vão aguardar que o crescimento dos casos do coronavírus esteja sob controle para discutir questões políticas.

Chico indica

Também em Nossa Senhora da Glória, o ex-prefeito Sérgio Oliveira lança sua pré-candidatura dia 04 de julho, junto ao vice e aos pré-candidatos a vereador.

*** Não revela quem seja o vice e diz que será um indicação do prefeito Chico dos Correios (PT).

Rogério e a Saúde

Senador Rogério Carvalho (PT) diz: “o que importa são as aberrações que o Bolsonaro transforma em políticas no governo dele”.

*** – Sobre Moro desmoralizado e Bolsonaro com medo dos crimes que ele e a família cometeram serem revelados, eu fico com a defesa da saúde,da renda,do emprego e da vida dos brasileiros!

Sem fazer campanha

Pré-candidatos a prefeito e vereador estão atônitos. O tempo está passando, ficam muito distantes dos eleitores e não sabem quando vão poder reencontrá-los.

*** A pandemia deu um recuo na pré-campanha e não há o que fazer. A torcida agora é pela transferência da data das eleições.

Sobre shoppings

Empresários que têm lojas nos shoppings sugerem que eles sejam abertos só nos finais de semana, com acesso restrito apenas a quem vai às compras.

*** Diz que nos shoppings é muito mais fácil controlar entradas e saídas e evitar aglomerações. Para ele a situação vem se complicando.

Um dedo de prosa

Essa é boa – Senado pauta projeto que limita juro do cheque especial e do cartão em 20% ao ano.

Coronavírus – Presidente Bolsonaro agora incluiu salão, barbearia e academia como ‘atividades essenciais’.

Sobre vírus – Alguns municípios – a maioria deles – de Sergipe não cumprem isolamento social e não tem receio do Vírus. Apenas cidades de grandes portes é que seguem orientação.

Muito forró – É muito difícil acredita que no interior do Estado, principalmente na zona rural, o São João e São Pedro sejam esquecidos.

Mais adiante – O governador Belivaldo Chagas só vai reavaliar o decreto que fecha o comércio na próxima segunda-feira.

Até pelos olhos – Mais preocupação: Pesquisadores descobrem que coronavírus pode entrar no corpo também pelos olhos.

Cobra sigilo – Paulo Pimenta diz que Bolsonaro é o presidente que mais gastam cartão corporativo, mas cobra sigilo e mente para a população.

Todos exonerados – Resta apenas um nome ligado a Moro na Justiça, que é o secretário nacional do consumidor, Luciano Timm. Restante da equipe já foi exonerada.

Segurar posições – Até agora os depoimentos não deixaram o Moro muito bem. O pessoal que foi ouvido ontem pretende segurar suas posições.