12/05/20 - 16:18:05

Prefeitura detalha fluxos de acompanhamento e testagem da população durante a pandemia

Pro intermédio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a Prefeitura de Aracaju tem desenvolvido, de forma estratégica, ações de monitoramento e mapeamento dos casos de covid-19, e está realizando testagem em casos sintomáticos (da população em geral e de profissionais da saúde) da doença, bem como ofertando atendimento exclusivo para casos de síndromes gripais e suspeitos de coronavírus, tanto nas oito unidades de referência, quanto nas urgências dos hospitais municipais da capital.

Diante do aumento do fluxo de pacientes nos serviços de urgência e emergência da capital, o ambiente hospitalar se torna um local com alto risco de contaminação e para que a pessoa não se exponha a esse contágio, a Prefeitura disponibiliza desde o mês de março o serviço MonitorAju. Trata-se de um serviço de monitoramento feito por telefone, através do 0800 729 3534 [no qual o cidadão registra o surgimento de algum sintoma ou apenas recebe orientações sobre o como se prevenir do coronavírus] e que é realizado por profissionais de saúde que orientam sobre todos os cuidados.

Ligar para o MonitorAju é a primeira porta de acesso ao serviço de saúde para os casos mais leves, quando não há necessidade de sair de casa. “Temos o serviço ofertado no site da Prefeitura ou através do 0800 729 3534. Essa pessoa será cadastrada, e automaticamente ela será encaminhada para a central de monitoramento. Esse monitoramento é feito por 14 dias ou até enquanto durarem os sintomas, e caso seja necessário a pessoa é encaminhada para a unidade de saúde”, explica o coordenador do Planejamento Estratégico da Prefeitura, Wilson Amaral.

O serviço, que já possui mais de dez mil pessoas cadastradas, e monitora atualmente mais de duas mil pessoas, ainda realiza o monitoramento de todos os passageiros sintomáticos que desembarcam no aeroporto da capital e de todos os casos confirmados de covid-19 na capital. “Nós fazemos esse acompanhamento também, e, além disso, as pessoas que tiveram contato com pessoas confirmadas nós também fazemos o monitoramento, lembrando que são ligações feitas por profissionais da saúde”, reforça Wilson.

Testes
Mesmo com o repasse limitado de testes, não apenas em Aracaju, mas em todo o país, a prefeitura da capital, preocupada em ampliar a testagem para o diagnóstico da covid-19, adquiriu testes rápidos e no dia 16 de abril iniciou a testagem no Centro de Especialidade Médicas – Cemar Siqueira Campos. Os testes realizados no Cemar foram feitos com os pacientes que passaram pelo MonitorAju.

Nessa ampliação do serviço de testagem, no início deste mês, após capacitação, os profissionais de saúde que atuam nas oito unidades de referência [UBS Augusto Franco; UBS Dr. Onésimo Pinto; UBS Ministro Costa Cavalcante; UBS José Machado de Souza; UBS Eunice Barbosa; UBS Fernando Sampaio; UBS Geraldo Magela e UBS Cândida Alves], passaram a realizar testes RT-PCR para o coronavírus em pacientes que se enquadram nos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde e estejam apresentando sintomas de síndrome gripal, como tosse, cefaleia, coriza, dor de garganta, com febre ou não, entre o terceiro e sétimo dia.

“Para a testagem feita no Cemar Siqueira Campos, estamos entrando em contato com as pessoas que foram monitoradas pelo MonitorAju, e além desses pacientes acompanhados pelo serviço, também estamos contatando os profissionais de saúde que se afastaram do trabalho por síndrome gripal e que também já não apresentam sintomas e profissionais da segurança pública”, explica Mylena Amaral, assessora técnica da SMS.

Profissionais de saúde
Linha de frente no combate à covid-19, os profissionais de saúde também têm acesso à testagem, quando houver sintomatologia. Para reforçar essa medida que cuida da saúde do trabalhador, a SMS emitiu a Portaria Nº 060/2020, de 4 de maio de 2020, que dispõe da realização do exame RT-PCR por parte dos servidores da Secretaria da Saúde de Aracaju que necessitarem de afastamento por síndrome gripal.

“Todos os profissionais de saúde que estiverem apresentando sintomas de gripe vão ser testados e estão sendo testados. Aumentamos bastante a testagem nos profissionais, e por isso mesmo, nós temos alguns profissionais afastados, porque até que ele receba o resultado, tem que ficar isolado. Quando o resultado é negativo, ele deve retornar ao trabalho, e sendo o resultado positivo, ele deve completar seus 14 dias de isolamento”, reforça a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza.

A secretária explica ainda que os testes são realizados nos profissionais que apresentam sintomas, visto que não há teste para assintomático. “A testagem está sendo feita nos sintomáticos, e quem disponibiliza os kits para as unidades de saúde é o Estado, e é o Lacen [Laboratório Central] quem processa esse exame e dá o resultado”, completa.