13/05/20 - 00:29:16

Os fakes e os grupos sociais

Diógenes Brayner[email protected]

Aparentemente, as informações chegam mais rápidas nos dias de hoje. Aconteceu está no ar. A impressão é que o jornalismo perde terreno – e tudo indica que sim – para os celulares [principalmente eles], que têm por trás ‘fotógrafos e repórteres’ que relatam fatos ocorridos em tempo real. Essa habilidade instantânea cativou toda a sociedade, independente de faixa etária, que faz do celular um instrumento para absolutamente tudo que antes demorava “séculos” para acontecer.

A internet realmente tornou o mundo em uma ilha, chegando além do que dissera o teórico da comunicação, Marshall McLuhan, um canadense que já previa sua chegada quase 30 anos antes dela ser criada, ao cunhar que a terra era uma “aldeia global”. A sociedade realmente se transformou. Ficou mais exigente na questão rapidez e até se irrita por um atraso de dois segundos na captação de sinais. Paralelamente, como essas criações também “destroem coisas belas”, como diria o genial Caetano Veloso, a internet trouxe o desenvolvimento, ampliou facilidades e, como tudo acontece, criou o bem e o mal.

De todos os males, o pior: o fake news, que praticamente foi apresentado ao distinto público a partir das eleições de 2018. Foi um mal que veio para ficar e escolheu como habitat, preferencialmente, a ciência política. Para a reprodução rápida de fatos falsos foram atraídos os robôs e daí em diante ninguém a evitou a “criação de verdades” que são as mais “absolutas mentiras”. O pior: esses fakes se instalam em veículos de comunicação, nas redes sociais e, principalmente, nos bilhões de grupos que estão nos celulares por todo o mundo.

Os fakes news são postados, geralmente, para destruir alguém. Nos períodos eleitorais são postos para desqualificar candidatos na tentativa de derrotá-los. Enfim, tudo que se publica em grupos, quando não se tem certeza da origem, pode ser uma mentira posta com o objetivo de denegrir imagens, agredir dignidades e transformar honestos e corruptos, enfim, fazer uma inversão fácil de caráter do inimigo.

Já se sabe que muito fake news foi publicado em relação ao Codiv-19 e se tornou verdade na cabeça dos idiotas, como o sepultamento de pedras em lugar de cadáveres e receita para ingerir água sanitária que serviria para cura da doença. São absurdos do tipo que podem transforma um cidadão de bem, em um terrível canalha.

Lógico que é utilizado para destruir Governos e até tentar ridicularizá-los com futilidades e gestos pouco dignos para uma autoridade. Apenas por exemplo, ontem mesmo, foi publicado em grupos de whatsapp, um fake news utilizando o nome do governador Belivaldo Chagas, que nesse momento está de quarentena em Simão Dias: “Bom dia governador. Passando só pra agradecer e dizer que estou com o senhor e não abro”, disse o emissário. “Obrigado pela força! Seu nome?”, perguntou Belivaldo. “Paraquedas”, respondeu. Em seguida são passadas duas frases como se escritas pelo governador: “Vá tomar no cu” e “aguarde a polícia”.

Isso circulou em Sergipe como se verdadeiro e de alguma forma termina por expor o governador com palavras chulas que não são do seu caráter, principalmente numa área de acesso público. E isso que acontece em uma estrutura política, já consolidada e sem nenhum motivo que leve ao mal estar. É uma arma que se imagina estar em mãos de quem lhe faz oposição e contrariado com sua administração, principalmente nesse momento em que proteger ao cidadão da infecção do Covid-19 não agrada a todos.

O que dá para avaliar é como será a campanha eleitoral para prefeito e vereador em todo o Estado e a atuação de mestres dos fakes news, que já vêm sendo treinados para detonar com os adversários. Deus nos acuda…

Infectados assintomáticos

Uma fonte bem avisada da área da Saúde disse, ontem, que o número de casos do Covid em Aracaju está muito acima do que os boletins oficiais da SES apresentam.

*** Disse que tem centenas de pessoas com sintomas assintomáticos que estão com o coronavirus e circulam pela cidade sem saber da doença.

*** A partir de agora, pode acontecer testes rápidos em locais livres, residências e até no trânsito, para constatar a doença e colocá-los em quarentena.

Não vai abrir

Como a maioria dos governadores, inclusive os do Nordeste, Belivaldo Chagas também não vai seguir o decreto do presidente de abrir salão de beleza, barbearias e academias.

*** Admite que ainda não está na hora de Sergipe fazer uma abertura desses itens de serviços, porque não os consideram essenciais.

Está isolado

O governador Belivaldo Chagas continua em Simão Dias, recolhido em sua fazenda e cumprindo quarentena por decisão pessoal. Os testes que fez deram negativo, mas ele prefere evitar contatos.

*** Informação de fonte do Palácio dos Despachos, diz que uma de suas secretárias fez teste, deu positivo e está em isolamento social.

Verdade liberta

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) diz que o vídeo da reunião onde o presidente Bolsonaro exigiu mudanças na Polícia Federal foi apresentado ontem.

*** AS notícias dão conta de que o motivo seria a exigência direta de proteção à sua família, que seria “perseguida”.

*** – O Brasil precisa ter acesso a essas informações. Só a verdade liberta! Disse.

Rogério dá apoio

O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho dá apoio à PL do deputado Denis Bezerra que tem como objetivo suspender o pagamento pelos estudantes do FIES por 60 dias.

*** Segundo Rogério, “todo esforço vindo na direção de aliviar as dificuldades econômicas das famílias brasileiras neste momento, terá nossa irrestrita defesa”.

Tudo muito grave

À noite, no Jornal Nacional, Rogério Carvalho disse que se comprovado as informações da tentativa de Bolsonaro de interferir nas investigações da Polícia Federal, isso é muito grave.

*** – Também é muito grave a negligência do ex-ministro Sérgio Moro em não denunciar no tempo exato em que isso aconteceu, disse.

Márcio nas redes

O pré-candidato a prefeito pelo PT, Marcio Macedo, faz sua pré-campanha via redes da internet e critica o crescimento do Covid-19 em Aracaju, através do crescimento de casos.

*** Cobra também informações sobre  hospital de campanha e até diz que se antecipou ao alertar sobre a gravidade do problema.

*** Márcio já confidenciou que faz a sua parte, com doações às pessoas carentes, através de cestas básicas.

Mitidieri e o momento

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) acha essa situação Moro/Bolsonaro “preocupante e lamentável”. Admite que “Moro era uma chancela do combate à corrupção no Governo Bolsonaro”.

*** Mitidieri acha que a saída de Moro, “da forma como se deu, deixa sequelas. Vamos ver o desenrolar da investigação sobre suas declarações.”

Em segundo plano

Sobre a política em Sergipe, Fábio Mitidieri admite que “está em segundo plano. O momento é combater a Corona e retomar a nossa rotina o mais rápido possível”.

*** Acrescenta que tem feito diversas reuniões virtuais, conversado com as lideranças e buscado entender a realidade de cada município

*** Sobre eleições, o deputado acha difícil e preocupante: “Temos que aguardar até quando essa pandemia irá durar, mas tudo indica que não teremos condições de realizar eleições em outubro”.

Vamos pra cima!

Fábio Valadares (PSL) colocou-se ontem à disposição para ser pré-candidato a prefeito de Simão Dias. Filho do ex-deputado Pedrinho Valadares, ele diz que seu pai “sempre lutou para que nossa gente tivesse mais dignidade e justiça social”.

*** Acha que “está na hora de continuarmos esse legado”! E acrescenta que “com muita fé em Deus vamos pra cima”!

Divulga Carta Aberta

Associações empresariais devem publicar amanhã uma Carta Aberta à sociedade, e protocolá-la no Governo e na Prefeitura.

*** O presidente da Fecomercio, deputado Laércio Oliveira (PP), disse que até ontem três das 19 entidades não haviam enviado sugestões, o que vai ocorrer hoje.

*** O objetivo do documento e solicitar que o Governo apresente planejamento para a abertura da economia e relatar a situação do coronavírus, disse Laércio.

Conta cem por cento

O presidente do MDB em Sergipe, deputado federal Fábio Reis, disse ontem: “o que depender do partido e se for bem para o País e para a população, Bolsonaro pode contar cem por centro com o MDB”.

*** O partido não tem se manifestado sobre o momento político, porque está aguardando que se retorne à regularidade com o controle da pandemia.

Contra adiamento

Fábio Reis deixou claro que é contra o adiamento das eleições municipais para novembro ou dezembro: “mas o que ouvi foi que há uma intenção do presidente do TSE para adiá-la”.

*** Diz que essa decisão de adiamento fica por conta da Câmara Federal: “mas a minha opinião, sou contra. Acho que deve ser na data correta em outubro. Dá para fazer com segurança e planejamento”.

Um dedo de prosa

Quase certeza – Nos meios políticos de Sergipe a quase certeza de que as eleições municipais serão adiadas porque não há tempo de realizá-la em outubro.

Apenas 48 horas – O ministro Celso de Carvalho, do STF, dá 48h para Moro, PGR e AGU opinarem sobre retirada de sigilo de vídeo de reunião ministerial.

Assustar Sergipe – Segundo técnico da Saúde caso a população não se conscientize de que terá de ficar em casa, o coronavírus vai se propagar e assustar Sergipe.

Despacha online – O governador Belivaldo Chagas continua em Simão Dias, mas despacha online com seus auxiliares em Aracaju.

Libera hidroxicloroquina – Bolsonaro recomenda que pacientes acometidos pela doença, em atendimento nas unidades de saúde do SUS, peçam a hidroxicloroquina

Foder a família – Roberto Requião faz uma “pergunta que não pode calar: você acha que Bolsonaro deveria deixar o cara foder a sua família”?

Tudo vai mal – Segundo a coluna Radar, Em vídeo, presidente Bolsonaro chama governador Doria de ‘bosta’ e Governo Witzel de ‘estrume’.

Subtenente Edgard – Espero que quando o desemprego bater na porta de 20 milhões de pessoas, lembre-se, que o presidente Bolsonaro fez tudo para evitar, porém o STF, governadores e prefeitos, não deixaram.

O Antagonista – Os laudos confirmam que o presidente testou negativo para a doença, diz nota divulgada pela Advocacia Geral da União (AGU).