18/05/20 - 17:12:15

Professor da UFS aprova ações que intensificam isolamento

O prefeito Edvaldo Nogueira voltou a se reunir, na tarde desta segunda-feira, 18, com o Comitê de Operações Emergenciais (COE), por videoconferência, para discutir o combate aos avanços do coronavírus em Aracaju. A reunião contou com a participação do professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Paulo Martins, que expôs os estudos realizados pela instituição sobre a covid-19 e analisou positivamente as ações colocadas em prática pela administração municipal para o enfrentamento do vírus.

No encontro, o comitê definiu ainda novas medidas para garantia do isolamento social, como a realização do mapeamento dos bairros, por drones, para verificação do comportamento da população no cumprimento dos decretos municipais. Também ficou estabelecido que a gestão intensificará as ações de conscientização dos aracajuanos, através de campanhas publicitárias informativas.

“Estamos fazendo um grande trabalho, mas precisamos ampliar as ações em nossa capital. Temos que intensificar mais, ir endurecendo as medidas aos poucos, colocando rigor nas ações. Fazer essa análise por bairros é muito importante para que tomemos medidas de isolamento social e medidas alternativas para o campo social. Temos que, inclusive, realizar estudos aprofundados, com a utilização de drones em áreas da cidade para verificar as aglomerações existentes. Sou adepto da ciência e acredito que toda e qualquer decisão deve ser adotada com base nos estudos científicos”, destacou o prefeito.

O professor da Universidade Federal de Sergipe, Paulo Martins, concordou com o posicionamento do gestor municipal. Ele ressaltou que é preciso “além de fiscalização, construir políticas para tentar informar a população massivamente”. “Fico satisfeito em saber que a Prefeitura está atuando para intensificar as ações de conscientização”, avaliou ele, que elogiou ainda o trabalho que a Prefeitura tem realizado para o enfrentamento à pandemia na capital. Mas destacou que o declínio progressivo no índice de distanciamento social tem relação direta com o aumento de casos em Aracaju.

“O índice de isolamento tem declinado de maneira progressiva, ao mesmo tempo em que aumentam os casos de covid-19, o que nos preocupa. As decisões estabelecidas nos decretos, pela Prefeitura, para a manutenção apenas das atividades essenciais, são importantes e vem funcionando, mas é preciso ampliar. Tenho acompanhado o esforço imenso da gestão, que vem fiscalizando terminais de ônibus, filas de bancos, áreas de lazer bloqueadas, mas tendo em vista a taxa de isolamento da cidade, é preciso ampliar as medidas restritivas, com mais fiscalização, para daqui a duas semanas, com a análise feita por bairros, a gente possa avaliar medidas de controle mais rígidas que podem ser adotadas por região. Tudo isso deve ser alinhado à ampliação de leitos”, analisou o professor.

Paulo Martins informou ainda que, até o final deste mês, será possível a conclusão do mapeamento dos casos de coronavírus, por bairros, iniciativa da Prefeitura em parceria com a Universidade Federal Sergipe. O objetivo é subsidiar a tomada de medidas a partir da realidade de cada região da capital, para que o enfrentamento ao coronavírus se torne ainda mais eficiente.