19/05/20 - 05:19:18

A OMS É UM BRAÇO DO PARTIDO COMUNISTA DA CHINA, AFIRMA ROBERTO JEFFERSON

Aliando-se ao governo Bolsonaro (Sem Partido), o ex-deputado federal pelo Rio de Janeiro e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, criticou a falta de uma soberania no Brasil, tendo em vista, que segundo ele, o Supremo Tribunal Federal (STF), vem constantemente interferindo no Poder Executivo.

Em entrevista ao radialista Eduardo Carvalho, âncora do Jornal da Xodó, o ex-parlamentar citou como exemplo, a interferência do STF sobre a nomeação de Ramagem para a Polícia Federal. ” No Supremo Tribunal Federal só tem ministro de esquerda e que aguça uma crise aberta entre o Judiciário e o Executivo”, alfinetou.

Avaliando que Bolsonaro precisa de uma base consistente no Congresso Nacional, Roberto Jefferson criticou a esquerda que tenta denegrir a imagem do presidente ao dizer que ele articula uma aliança com o Centrão, embora tenha sido eleito com a retórica de acabar com “o toma lá, dá cá”. ” Todos os partidos que governaram o Brasil são “Ão”, todos estão lotados de ladrão. São todos farinha do mesmo saco”, afirmou.

Pontuado que as pessoas vão morrer diante do lockdown (fechamento total), como enfrentamento à pandemia do Coronavírus (Covid-19), Jefferson observou que as saídas de Mandetta e Teich do Ministério da Saúde está atrelada a um ajoelhar inconteste à Organização Mundial da Saúde (OMS). ” Mandetta e Teich não aceitaram um protocolo que é aplicado no mundo todo e se mostrou extremamente eficaz, que é o tratamento do Coronavírus com hidroxicloroquina. A OMS é um braço do partido comunista da China”, detonou.

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação D3 Notícias