19/05/20 - 06:46:26

Prefeitura fiscaliza cumprimento das medidas emergenciais no comércio

A rápida propagação da covid-19 reforça a necessidade de intensificar a adoção de medidas preventivas. Com base nos decretos estadual e municipal, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), atua de maneira estratégica na fiscalização do comércio, na capital.

Nesta segunda-feira, 18, mais uma ação foi desenvolvida com a integração dos órgãos operacionais da pasta. “Mais uma vez, reunimos a Defesa Civil, o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju) e a Guarda Municipal, para o monitoramento dos locais com concentração de estabelecimentos comerciais. Nosso objetivo é que haja o cumprimento das normas de segurança, para os estabelecimentos com autorização para funcionamento, assim como verificar o respeito às determinações para o fechamento de segmentos não essenciais”, esclareceu o secretário da Defesa Social e da Cidadania Luís Fernando Almeida.

Além da apuração de denúncias, as equipes fiscalizaram dois grandes centros comerciais, na capital. Os shoppings localizados nos bairros Jardins e Coroa do Meio passaram por inspeção. “Nesses locais não identificamos irregularidades”, destacou o secretário.

As ações seguem de maneira coordenada, enquanto os decretos emergenciais estiverem em vigor. Até o momento, 13 fiscalizações integradas já foram promovidas em diversos bairros. Entre as localidades onde a ação já foi desenvolvida estão os bairros Jabotiana, Centro, Jardins, Siqueira Campos, Farolândia, São Conrado, Bugio, Aruana, dentre outros.

Além das estratégias já adotadas nos bairros, também há o apoio às ações da Vigilância Sanitária, através do Procon Aracaju. As demandas de consumidores em diversas localidades, também recebem a devida atenção.

“Estamos atentos e contamos com o apoio e parceria dos cidadãos para que possamos obter êxito na ampliação dos índices de isolamento e distanciamento social, que são, notadamente, fundamentais para o achatamento da curva de contágio pelo coronavírus”, indicou Luís Fernando.

Informações e foto AAN