20/05/20 - 13:32:48

PMA atua em diversas frentes para atenuar impacto das chuvas na capital

A partir de um trabalho de monitoramento contínuo, a Prefeitura de Aracaju planeja e desenvolve um conjunto de ações, diariamente, para assegurar a regularidade da oferta de serviços públicos e evitar transtornos à população aracajuana, sobretudo durante a ocorrência de chuvas intensas, como as registradas ao longo desta semana.

Assim, desde a madruga desta quarta-feira, 20, equipes de diferentes órgãos municipais atuam em toda a cidade para minimizar os impactos da chuva e evitar transtornos à população, executando desde serviços de manutenção do sistema de drenagem e limpeza pública ao monitoramento das áreas de risco e atendimentos feitos pela Defesa Civil.
Para isso, a Prefeitura mantém nas ruas da cidade centenas de servidores da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) e Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

Por meio do serviço de alerta 40199, a Prefeitura emitiu nova mensagem de texto nesta manhã para mais de 40 mil aracajuanos para comunicar a previsão de chuva. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), cerca de 50 milímetros de chuva deverão cair sobre a capital nas próximas horas, por isso desde a madrugada a Defesa Civil Municipal monitora áreas de risco, ou com histórico de alagamentos.

Nos últimos 21 dias, o acumulado de chuvas na cidade chegou a 225,8mm, mais que a média histórica para todo o mês de maio, que é de 241mm. Somente nas primeiras horas desta quarta, o acumulado chegou a 20 milímetros. O alerta emitido pela Defesa Civil prevê chuvas até esta quinta-feira, dia 21.

“Desde ontem [19] monitoramos a chuva na cidade. Após conversa com o prefeito decidimos manter as equipes em alerta. Já na madruga elas estavam na rua, monitorando os locais onde há histórico de alagamentos, assim como os canais da cidade. Esse trabalho irá continuar. Enviamos um sms [mensagem de texto para celular] à população com a previsão válida para as próximas 24 horas”, ressalta o secretário da Defesa Social e da Cidadania, coronel Luís Fernando Almeida.

As equipes da Defesa Civil verificaram toda a extensão da avenida Euclides Figueiredo, pontos dos bairros Soledade e Jardins, assim como os canais do Tramandaí e Anísio Azevedo. Os servidores da Emurb, por sua vez, intensificaram a limpeza de bueiros, realizando a desobstrução e drenagem nos bairros Olaria, Jabotiana, 13 de Julho, Lamarão e Santa Maria. Além disso, agentes da SMTT montaram posto de orientação nas avenidas Euclides Figueiredo e Anísio Azevedo, onde há um desvio por conta de uma obra de esgotamento sanitário.

Trabalho contínuo
A mesma quantidade de chuva prevista para esta quarta-feira, caiu sobre a cidade na terça-feira (19), o que fez com que os órgãos municipais já estivessem de prontidão desde as primeiras horas do dia. Na terça, as equipes dos órgãos municipais intensificaram sua atuação nos bairros como 18 do Forte, Jardim Centenário, Santos Dumont, 13 de Julho, Jardins, Farolândia, por exemplo. Os serviços que foram reforçados ao longo desta semana fazem parte do cronograma diário de atividades dos órgãos municipais e são intensificados de forma preventiva antes e durante períodos chuvosos.

Para além disso, a Prefeitura de Aracaju desenvolve, também de forma contínua e planejada, desde 2017, uma gama de ações e projetos de infraestrutura que visam garantir a resiliência da cidade, como a obra executada na avenida Euclides Figueiredo, por exemplo, que sanou um problema histórico de alagamento na localidade.

Por conta desse trabalho, mesmo com o acúmulo de 90 milímetros nas últimas 48 horas nenhuma ocorrência grave foi registrada. Segundo o coordenador da Defesa Civil, major Silvio Prado, nesse período, o órgão registrou onze ocorrências, como a queda de uma árvore no bairro Porto Dantas e o desabamento de um muro que no bairro América. Em ambos os casos só houve prejuízo material.

Houve chamados da população, também via telefone emergencial 199, por conta de infiltrações e goteiras. Essas ocorrências foram devidamente atendidas por técnicos da Defesa Civil, que as analisaram e descartaram a ecessidade de interdição dos imóveis.

Ainda assim, a Secretaria Municipal da Assistência Social também monitora a situação de modo a assegurar o auxílio necessário às famílias que, de alguma forma, sejam atingidas pelo impacto das chuvas.

Informações e foto