23/05/20 - 20:10:41

MAÍSA MITIDIERI DEFENDE ISOLAMENTO SOCIAL COMO PREVENÇÃO AO COVID-19

O distanciamento social por medidas de prevenção ao Covid-19 tem afetado diversas áreas da vida da população mundial, e a saúde mental é algo que vem sendo uma pauta muito discutida. Pensando nisso, a deputada estadual, Maisa Mitidieri (PSD),  tem intensificado seu trabalho em torno do assunto.

A parlamentar, protocolou a Indicação nº 211/2020 na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), que entrou em votação e teve sua aprovação na sessão remota desta quinta-feira, 21. A propositura sugere a intensificação de Políticas Públicas na Rede de Atenção Psicossocial, visando à promoção da saúde, prevenção e orientação de modo a minimizar os impactos negativos na Saúde Mental no contexto da COVID-19.

“A nossa intenção é viabilizar um maior acesso aos meios de serviços de atenção à saúde mental (online) nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e outros dispositivos. Não podemos deixar de entender o momento delicado que estamos passando em que uma epidemia como essa, implica em uma perturbação psicossocial que ultrapassa  a capacidade de enfrentamento dessa população afetada”, pontuou a deputada.

Sendo uma das suas pautas de trabalho, a parlamentar vem realizando em suas redes sociais um projeto que tende a orientar pessoas que estão atravessando alguma complicação relacionada à saúde mental, como explica Maisa. “Nós sabemos que em tempo de distanciamento, as pessoas estão passando mais tempo na internet, a partir daí idealizamos esses posts que trazem orientação sobre como gerenciar a ansiedade, stresse e o medo neste tempo”.

A indicação será encaminhada de imediato para Dra. Renata Roriz, coordenadora de Saúde Mental da Secretaria de Estado da Saúde (SES), que vem desenvolvendo um exemplar trabalho. A deputada afirma ainda, que seguirá trabalhando para que a atenção às pessoas com problemas psicológicos seja um constante ponto de debate. “Através da Alese não me cansarei em trazer para o diálogo a necessidade de uma intensificação nas políticas públicas direcionadas para essas pessoas”, conclui.

Por Assessoria de Imprensa