20/06/20 - 20:11:03

GOVERNO VIABILIZA MAIS 21 LEITOS DE UTI PARA O HOSPITAL DO MUNICÍPIO DE ESTÂNCIA

O Governo de Sergipe, dando continuidade à expansão da rede hospitalar para o enfrentamento à pandemia do coronavírus, viabilizou neste sábado (20) a instalação de mais 21 leitos de UTI no Hospital Amparo de Maria, em Estância, exclusivos para atendimento aos pacientes com a Covid-19.

Por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), foram repassados 10 respiradores, monitores, medicamentos, materiais e equipamentos hospitalares. Agora, Sergipe tem 166 leitos de UTI exclusivos para a Covid-19.

Os novos leitos de UTI integram a programação estadual de ampliação de leitos de UTI Covid para garantir assistência qualificada e oportuna aos pacientes graves infectados pelo vírus. Só nesta semana, a Rede Estadual de Saúde passou a contar com mais 37 novos leitos de UTI para pacientes com a Covid-19. Na sexta-feira (19), foram abertos seis novos leitos SUS de UTI adulto, implantados no Hospital São José. E na ultima segunda-feira (15), foram entregues mais 10 novos leitos de UTI no Hospital de Campanha da Universidade Federal de Sergipe (UFS), em Lagarto. Com isso, Sergipe passa a contar com 166 novos leitos de UTI.

O governador Belivaldo Chagas ressaltou o esforço do Estado para ampliação da rede e disponibilização de novos leitos. “No início da pandemia, tínhamos 27 leitos de UTI SUS para Covid-19. Não é fácil montar leitos de UTI. Nós repassamos os respiradores e o Hram fez, assim como nós, um enorme esforço para instalar e entregar esses 21 novos leitos para enfrentarmos essa pandemia”, frisou Belivaldo Chagas.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) viabilizou o repasse de 10 respiradores, monitores, medicamentos, materiais e equipamentos hospitalares, mediante contrato de cessão de uso. A SES já utiliza os serviços do hospital, por meio de contrato, da rede materna, internamento pediátrico, e demais procedimentos eletivos para consultas, exames e cirurgias.

O interventor judicial do Hospital Amparo de Maria, Paulo Daltro, afirmou que a unidade precisou se adaptar. “Precisamos fazer adaptações na estrutura física. Fizemos uma reforma rápida, com pintura, reparos estruturais em toda a canalização de gás. Com o repasse do Governo, dos 10 ventiladores e outros equipamentos, nós conseguimos fazer a abertura dos 21 leitos de UTI”, relatou.