24/06/20 - 13:56:59

PMA mantém fechado academias, teatros, cinemas, shoppings, casa de shows, bares

Em novo decreto, Prefeitura de Aracaju estabelece 1ª fase da reabertura econômica

A Prefeitura de Aracaju estabeleceu, na manhã desta quarta-feira, 24, as novas medidas para o enfrentamento ao coronavírus na capital. O novo decreto, definido em mais uma reunião entre o prefeito Edvaldo Nogueira e os membros do Comitê de Operações Emergenciais (COE), mantém as determinações para o distanciamento social, ao mesmo tempo em que se adequa ao plano de retomada econômica, estabelecido pelo Governo do Estado, e cuja primeira fase se inicia na segunda-feira, 29.

Continua em vigor a suspensão do funcionamento de academias, teatros, cinemas, shoppings centers, casa de shows, bares, assim como a realização de eventos e atividades em parques, praias e demais áreas de lazer da cidade. O pacote de medidas também mantém o uso obrigatório de máscaras pela população em locais públicos, a redução da frota do transporte público e a suspensão das aulas em toda a rede de ensino, até o dia 30 de junho. A frota de transporte público coletivo será regulamentada pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), para atender a nova demanda de passageiros.

Nesta primeira fase de flexibilização, definida como ‘bandeira laranja’, em conformidade com o decreto estadual, estão autorizados a retornar às atividades, a partir de 29 de junho, demais escritórios de prestadores de serviços e serviços em geral (publicidade e agências de viagem, entre outros); clínicas e consultórios de odontologia, fisioterapia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional e podologia. Também estão permitidos operadores turísticos; atividades de treinamento de desporto profissional e alguns setores do comércio (cosméticos, perfumaria e higiene pessoal, material de escritório e papelaria). Estacionamentos privados também voltarão a funcionar na capital. Todos os estabelecimentos deverão funcionar em horário especial, das 9h às 16h.

“Discutimos mais uma vez o processo de reabertura da economia em nossa cidade, com base no decreto que foi emitido pelo Governo do Estado. Compatibilizando as determinações, estabelecemos que, a partir do dia 29, mais uma parcela dos setores poderão retornar às atividades, adotando todas as medidas de segurança e em horário diferenciado, das 9h às 16h. Todas as decisões foram adotadas com base na ciência, em estudos, e este é mais um passo dentro do processo lento e gradual de retomada da economia”, destacou Edvaldo.

Igrejas e salões de beleza

Já a reabertura de barbearias, salões de beleza e templos religiosos, com 30% da capacidade, será reavaliada no próximo dia 30 pelo governo estadual, em virtude da baixa adesão ao isolamento social (atualmente em 39,7%), dos índices elevados de casos confirmados de covid-19 e de ocupação dos leitos de retaguarda e UTI’s. A decisão é válida não somente para a capital, mas para todos os municípios que compõem a Grande Aracaju.

“Em Aracaju, pelo decreto estadual, alguns setores continuarão fechados, em virtude do crescimento de casos, da ocupação dos leitos de UTI, que estão em 67% na rede pública e 112% na rede privada, e também pelo baixo índice de isolamento na cidade. No próximo dia 30, haverá mais uma reunião e, com base em uma nova avaliação, será definido se esses outros setores poderão ou não retomar as atividades. Além disso, também autorizamos a reabertura dos estacionamentos privados ”, explicou o gestor.

Desde o último dia 18 já estavam autorizados a funcionar escritórios de engenharia e arquitetura, concessionárias de veículos, imobiliárias, comércio de eletrodomésticos, eletrônicos, comunicação, informática, equipamentos de áudio e vídeo, além de lojas de móveis e colchões.

Apoio da população

Edvaldo voltou a pedir o apoio e compreensão da população nesta nova etapa de enfrentamento ao coronavírus. “Tenho convicção de que estamos no caminho certo. Temos adotado todas as medidas com base em estudos científicos e isso nos possibilita avançar nesse processo. Mas é preciso destacar que, agora, mais do que nunca, precisamos contar com o apoio da população, que precisa compreender a importância do seu papel, a sua responsabilidade. Peço aos aracajuanos que não saiam de casa se não for necessário, que continuem usando máscaras, tomando os cuidados necessários”, afirmou.

O prefeito fez um alerta sobre a reabertura: “Estamos iniciando esse processo de reabertura, mas o sucesso dependerá unicamente da sociedade. De todos nós cumprirmos nossos papéis, não precisaremos voltar atrás nessa retomada. Essa é a hora de darmos as mãos. Já autorizamos a SMTT a regulamentar o transporte coletivo para que seja compatível com a nova demanda, estamos adquirindo novos respiradores para ampliar os leitos de retaguarda, fortalecendo nosso atendimento aos pacientes infectados pelo coronavírus e seguimos trabalhando intensamente. Temos feito nossa parte, mas precisamos da colaboração de todos”.

Aracaju Pela Vida

O início do “Aracaju pela Vida”, programa de busca ativa que foi criado pela Prefeitura para acompanhamento dos pacientes também foi abordado tanto na reunião quanto nas entrevistas à imprensa.

“Lançamos o projeto Aracaju pela Vida para que equipes médicas passem a visitar as pessoas. Essa medida foi pensada como forma de anteciparmos as ações, porque identificamos um número expressivo de pacientes idosos sendo tratados em casa. Com isso, equipes compostas por diversos profissionais passam a fazer um acompanhamento desses pacientes em suas residências, avaliando os quadros clínicos e, se necessário, encaminhando para os hospitais. É um programa que nos colocará à frente”, enfatizou Edvaldo.

Até o momento, foram realizados 31 atendimentos nos bairros Centro e Soledade, locais em que se concentram os maiores números de casos pela divisão de população territorial. Também foram feitos 14 testes e houve a regulação de um paciente para o hospital de Estância.

Participante do comitê, o professor da Universidade Federal de Sergipe, Paulo Martins, elogiou o programa. “Acredito que será um importante mecanismo de proteção das vidas e de acompanhamento dos pacientes, sobretudo os idosos”, destacou.

Até esta terça-feira, 23, a capital sergipana registrou 11.782 casos confirmados e 216 óbitos. No momento, 290 pessoas estão internadas nas redes pública e privada, e 4. 704 pacientes estão em isolamento domiciliar. Há, ainda, 99 casos sob investigação de pacientes que estão internados. Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos municipais de retaguarda é de 84,7%.

AAN

Foto Ana Licia Menezes