25/06/20 - 12:38:28

Seja sujeito de você mesmo, nessa Pandemia, escreve Pr. José Renilson Souza Santos

Diante a conjuntura mundial que se encontra o mundo, somos bombardeados diariamente com números gigatescos de pessoas infectadas e vidas ceifadas por esse vírus chinês. Vírus esse que imaginávamos estar há anos-luz da nossa realidade cotidiana.
Segundo dados da OMS, o número de casos de COVID-19 nas Américas ultrapassa 4,5 milhões, com 226 mil mortes e na América do Sul, o Brasil superou um milhão de casos de COVID-19, com mais de 50 mil mortes, juntando-se aos Estados Unidos como o único outro país do mundo com casos de seis dígitos.
Não sendo nosso Sergipy Del Rey uma ilha, também temos nosso quantidade de COVID-19, mais de 20 mil pessoas infectadas e 524 óbitos (SES/SE, 24/06/2020).
Em fase dessa realidade não podemos negar os esforços de governadores e prefeitos para frear e/ou amenizar tal pandemia; utilizando-se dos recursos federais (também próprios) para construção de hospitais de campanhas e outros meios em prol da soceidade brasileira e sergipana.
Agora e nós, meros mortais, qual nossa participação diante essa cruel realidade? Estamos com nossa nau(nosssas atitutes) no mesmo norte? A favor da vida? Ou nossa bussola só nos guia ao AUXÍLIO EMERGENCIAL?
Tais interrogativas são pertinentes, devido sermos testemunha ocular da FALTA de compreensão e sensiblidade da população, com vagas exceções, em foco desta PANDEMIA.
Precisamos parar de transferir nossas responsabildades para terceiros, pois somos seres capazes de raciocinar e concluimos que a co-responsabilidade de extinguir esse vírus também é nossa. E sabemos como fazê-lo!
Não estamos querendo que nos tornemos prisioneiro domicliar, mas que além da higienização pessoal com álcool em gel e detergente, possamos ver a real necessidade de estamos fora de casa. Precisamos ser SUJEITO, também nesse processo e não apenas telepectadores dos noticiários que a cada dia passa o aumentativo de infectados e mortos por esse vírus.
Não há caixa de pandora para contribuirmos com o fim dessa PANDEMIA; há a disponibilidade de nos somarmos: agentes públicos, saúde e sociedade unidos em prol da vida.
Somente com o vírus da COLETIVIDADE é que passaremos por esse vírus!
Pr. José Renilson Souza Santos
Presidente Nacional da ANAEB