07/07/20 - 16:38:10

Carlos Pinna: “Amaral Cavalcante deixa uma lacuna muito grande na atividade cultural”

O conselheiro Carlos Pinna, do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), lamentou o falecimento do jornalista e seu confrade na Academia Sergipana de Letras (ASL), Amaral Cavalcante, nesta terça-feira, 7, aos 73 anos.

Conforme Pinna, que se manifestou na sessão online da Primeira Câmara, Amaral Cavalcante construiu um legado significativo no âmbito cultural em Sergipe.

“Era uma pessoa muito importante no desenvolvimento de novas práticas literárias na vida cultural sergipana; um contador de histórias, um homem de bem, pessoa muito qualificada”, comentou.

O conselheiro também fez referência à atuação de Amaral na ASL: “Era meu amigo, meu interlocutor na Academia de Letras e com quem eu sempre pude contar”.

“Deixa também uma lacuna muito grande nesta atividade cultural que Sergipe já vem perdendo há muito tempo”, concluiu Pinna

Nascido em Simão Dias, Amaral Cavalcante foi o criador do jornal alternativo Folha da Praia, em circulação há mais de trinta anos. Foi ainda militante estudantil e atuou em áreas como Cinema, Teatro e Literatura.

Servidora do TCE

De igual forma, o conselheiro também registrou na sessão profundo pesar pela morte da servidora aposentada do Tribunal, Marta Resende Carrera, no último domingo, 5, aos 60 anos.

“Integrante do primeiro concurso que fizemos, há mais de 20 anos, trabalhou comigo por mais de 10 anos prestando relevantíssimos  serviços porque era uma pessoa muito competente e dedicada ao Tribunal”, destacou o conselheiro.

As manifestações de pesar foram acompanhadas pela conselheira Susana Azevedo, que presidiu a sessão virtual, bem como pela conselheira Angelica Guimarães, o conselheiro substituto Alexandre Lessa e o procurador do Ministério Público de Contas, Eduardo Côrtes, também presentes.

Fonte e foto assessoria