07/07/20 - 14:02:43

Conheça alguns projetos sobre a Covid-19 que você pode ajudar a financiar

A Campanha Institucional “Tô com a UFS”, lançada pelo Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE), pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE) e pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), apresentou algumas propostas de pesquisas e projetos em desenvolvimento para enfrentamento da pandemia da Covid-19 que podem ser apoiadas pela iniciativa privada e pela sociedade sergipana.

O plano de trabalho da UFS prevê diversos projetos de pesquisa em variados campos do conhecimento. Confira abaixo algumas propostas escolhidas em conformidade com os Ministérios Públicos.

Purificador de ar

Uma das propostas apresentadas é o desenvolvimento de um purificador de ar usando a lâmpada ultravioleta UVC, que tem ação eficaz na inativação do vírus. Segundo o professor do Departamento de Física, Joatan Rodrigues, “o que acontece é que muito da partícula da saliva do espirro ou tosse fica suspensa pelo ar. Assim, se a pessoa estiver contaminada pela Covid-19, ao espirrar ou tossir, ela vai espalhar o vírus e contaminar outras pessoas. A ideia é passarmos o ar próximo de uma lâmpada ultravioleta UVC, que é bem potente, para inativar o vírus que esteja no ar”, explicou.

Para o professor, o financiamento é fundamental, pois possibilita que o projeto seja desenvolvido o mais rápido possível. “Dessa forma a gente consegue montar os equipamentos rapidamente, já que é uma ação emergencial. Por um edital normal, temos que mandar as propostas e esperar todo um processo, o que demora um pouco”, acrescentou o professor.

Testagem de comerciários

Outra proposta para o enfrentamento da pandemia é a testagem para Covid-19 de comerciários, feirantes e caminhoneiros do agreste sergipano. A professora do Departamento de Educação em Saúde do Campus de Lagarto, Daniela Raguer, coordena o projeto. “Ele faz parte da ação maior que o grupo está desenvolvendo. Iniciamos as ações com apoio do MPT/MPF/MPSE, que fomentou a testagem de populares em dez municípios sergipanos. Atualmente, estamos testando profissionais da saúde e dos serviços essenciais”, disse.

Com a iniciativa de ampliar as ações e contribuir ainda mais no enfrentamento da Covid-19, a proposta é testar em mais grupos. “O projeto foi selecionado e elencado para novas arrecadações de recursos, com o intuito de ampliar a força-tarefa, contribuindo com a saúde da população sergipana, com a melhoria da qualidade de vida e também auxiliando nas medidas de prevenção do contágio por parte dos governantes”, reforçou a professora.

Escritório de apoio econômico

Na área econômica, a ideia é criar um escritório de apoio ao planejamento e desenvolvimento econômico dos municípios sergipanos. De acordo com o professor do Departamento de Estatística e Ciências Atuariais, Kleber de Oliveira, “todos os projetos apresentados são muito importantes, mas eles resolvem o problema mais no sentido epidemiológico, que é essencial neste momento. Porém, os impactos da pandemia vão além disso. Eles são sociais e econômicos também, prejudicando as pessoas mais pobres, principalmente as de regiões periféricas. Então, a ideia do escritório é ajudar os municípios sergipanos a estruturarem sua economia, ajudar os comerciantes a estruturarem seu comércio após a quarentena”, destacou.

Ainda segundo o professor, o papel da universidade é muito importante na organização econômica do Estado. Com o escritório, que contará com professor e alunos de mestrado, a UFS evitará que paguem uma consultoria cara e geralmente feita por pessoas de outros Estados, que não conhecem bem a nossa realidade.

Sistema Inteligente de Monitoramento Térmico

No âmbito da Robótica, foram apresentados dois projetos para ajudar no enfrentamento ao vírus: “Fasten-SIMT: Sistema Inteligente de Monitoramento Térmico” e “Fasten-Vita: uma solução integrada para enfrentamento da Covid-19”.

O professor do Departamento de Engenharia Elétrica, que faz parte do Grupo de Pesquisa em Robótica, Eduardo Oliveira Freire, explicou como funcionam. “O primeiro projeto busca soluções através de um sistema inteligente para o monitoramento da temperatura corporal por meio de tecnologia de ponta. Esse sistema vai utilizar câmeras termográficas como sensor principal. Já o segundo, pretende construir um sistema de manufatura distribuída com capacidade para produzir, em larga escala, uma solução integrada para enfrentamento da Covid-19. Será composto por um reanimador automatizado e uma máscara para ventilação não invasiva, além de dispositivos de isolamento microbiológico para mitigar os riscos de contaminação de profissionais da saúde”, informou o professor.

Campanha

O objetivo da Campanha “Tô com a UFS” é arrecadar recursos para serem destinados a ações de combate ao novo coronavírus, executadas pela Universidade Federal de Sergipe, por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de Sergipe (Fapese). A mobilização é resultado de um Termo de Cooperação assinado entre representantes dos três ramos do Ministério Público, a UFS e a Fapese.

A UFS é o maior centro de pesquisas de Sergipe, contando com mais de 1500 docentes, dentre os quais cerca de 1200 são doutores. A universidade possui atualmente 58 programas de pós-graduação e é responsável pela formação de aproximadamente 90% de todos os mestres e doutores em Sergipe nos últimos cinco anos. Segundo o relatório “Research in Brazil: Funding Excellence da Clarivate Analytics”, a Universidade Federal de Sergipe é a instituição de ensino superior que apresenta maior impacto em pesquisas na área de Ciências da Saúde do Brasil. No mesmo índice, a UFS ocupa o 4º lugar geral, levando-se em consideração as áreas das Ciências Biológicas, Ciências Exatas e da Natureza, Ciências Agrícolas e Engenharia.

Fiscalização

Conforme o acordo, a UFS e a Fapese se comprometeram a usar os recursos arrecadados apenas para ações de combate à Covid-19. O MPF, MPSE e MPT estão acompanhando e supervisionando a execução de todos os projetos em andamento, e a universidade deverá, a cada 180 dias, ou em casos de solicitação, prestar contas da aplicação de todos recursos.

Como doar

Empresas e particulares que quiserem se juntar à ação solidária podem fazer suas doações pela seguinte conta bancária:

Banco do Brasil

Agência: 3611-0

Conta Corrente: 31641-5. CNPJ 97.500.037/0001-10

Destinatário: FAPESE UFS CONTRA COVID-19

Ministério Público de Sergipe