09/07/20 - 17:04:44

Cabo Amintas volta a afirmar que vai acompanhar investigação do Hospital de Campanha

Na tarde desta quinta-feira, 09, o vereador Cabo Amintas (PSL) foi entrevistado pelos radialistas Wederban, Eduardo Carvalho e Mary Rodrigues, para a Rádio Xodó FM.

Cabo Amintas iniciou falando sobre a investigação que a Polícia Federal (PF) está fazendo no Hospital Campanha de Aracaju.

“O nosso interesse em instaurar uma CPI para acompanhar a investigação é manter a transparência desses contratos. Depois dessa operação, que divulgou Aracaju de uma forma negativa a nível nacional, a Câmara não pode ficar calada. Queremos saber se houve a prática de crime e quem o praticou, o Prefeito, a Secretária de Saúde, outros? Vou pedir para acompanhar passo a passo a investigação, vou buscar a PF e o Ministério Público Federal (MPF) para que me deixem informado do que não estiver em segredo de justiça, já que sou um fiscal do erário público. Se chegarmos à conclusão que a culpa foi do Prefeito, deixo claro que não estou afirmando a culpa, mas se for dele, a CPI deve pedir o seu Impeachment. Se houve o uso irregular do dinheiro público nós vamos a fundo na investigação”, afirmou.

E continuou contando como colaborou com a instigação da PF. “A Polícia Federal está investigando porque encontrou subsídios para isso. Procurei colaborar da melhor forma possível, postei fotos visitando e fiscalizando a obra do Hospital de Campanha, com imagens no local e imagens aéreas, levei a informação à PF de que estavam utilizando paletes para fazer o piso. Levei um engenheiro civil que fez um relatório apontando as irregularidades e apresentei tudo isso a PF e ao MPF, fiz isso porque já percebia as irregularidades. Não quero que pensem que estou ‘pegando no pé’ do empresário Téo Santana, mais uma vez estou preocupado com o dinheiro público. Se eles erraram, quero que paguem, não quero problema pessoal com ninguém”, ressaltou o vereador.

Eduardo Carvalho questionou o Cabo Amintas sobre a criação de uma CPI durante a pandemia, já que se trata de uma investigação a médio e longo prazo.

Amintas respondeu que pode repensar a instauração de uma CPI. “Para deixar mais claro, ainda não protocolamos a CPI. Estou solicitando as documentações, mas nada impede que o parlamentar busque essas informações para obter transparência para que a população saiba o que está acontecendo. Mas a Câmara Municipal de Aracaju (CMA) só não tem condições de investigar o que ela não quer”, declarou.

Falando sobre o combate à Covid-19, o parlamentar cobrou resultados, a contratação de profissionais da saúde e a compra dos equipamentos necessários.

“Queria que o Prefeito e o Governador dissessem quantos respiradores compraram. Os milhões de reais chegaram ao estado, o dinheiro público está aí, cadê os respiradores e os médicos? Não adianta ter um hospital com uma estrutura que não está atendendo à população. No caso dos enfermeiros, a prefeitura não chamou ainda os 80 profissionais selecionados. A questão do pé direito da obra que está mais baixo do que deveria ser, tem apenas 3 metros e eram necessários 4 metros. Tudo isso é uma economia de ‘palito’ que rende dinheiro para alguém. Ninguém me diga que economizou porque estava preocupado com o dinheiro público. Se agissem da forma certa, não seriam acordados de madrugada com a polícia federal na porta. Esse Hospital é necessário? Sim, mas será que está servindo para a população ou para encher o bolso de alguém?”, questionou Amintas.

Por fim, Amintas comentou sobre o corte no atendimento do Hospital de Campanha. “Está proibido contratar os médicos que não conseguiram o Revalida para continuar trabalhando. Condordo que os médicos devem passar por um teste, mas podemos agilizar essas coisas, agora o Hospital de Campanha está sem atendimento. Não podemos penalizar as pessoas que precisam ser tratadas”, mencionou Amintas.

Fonte: Assessoria de imprensa do vereador Cabo Amintas