12/07/20 - 09:47:10

Prefeitura de Aracaju realiza fiscalização nas praias e orienta banhistas

A Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), realizou, neste sábado, 11, mais uma fiscalização nos bares e restaurantes das praias, na capital. O objetivo foi averiguar o cumprimento das medidas emergenciais previstas nos decretos do poder executivo. Até o final da manhã, 10 estabelecimentos foram vistoriados e aglomerações foram dispersadas, a partir do trabalho de orientação e conscientização do público.

“Encontramos algumas pessoas descumprindo o decreto. Algumas estavam praticando esportes coletivos, como futebol e vôlei, já outras em aglomeração e sem uso de máscaras. Elas foram orientadas, reforçando sempre a necessidade cumprimento dos decretos e da necessidade de aumentar o isolamento social”, destacou o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida.

O gestor chama atenção para os riscos que representam essas condutas. “É preciso levar em consideração que uma única pessoa contaminada pode acabar contaminando várias outras, que, por sua vez, podem levar o vírus para as suas casas. É isso que não queremos”, explicou.

Ainda de acordo com Luís Fernando, há a iminência da fase mais aguda, com aumento de casos e com casos mais graves. “Vamos continuar trabalhando para reverter esse quadro, de maneira que todas as pessoas tenham dignidade, caso precisem de atendimento na rede de saúde”, reforçou o secretário.

Ação integrada

As ações ocorrem continuamente e contemplam, além dos estabelecimentos localizados nas praias, também os mais variados segmentos do comércio. Para essa atividade a Semdec integra seus órgãos operacionais, que são a Defesa Civil, o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju) e a Guarda Municipal de Aracaju (GMA). Para algumas operações, como a deste sábado, 11, há o apoio de outros órgãos, com é o caso da Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT).

O coordenador da Defesa Civil, major Sílvio Prado, detalha as medidas adotadas durante a fiscalização na faixa litorânea. “Orientamos sobre a não ocupação das estruturas dos bares, que estão fechados, pois esses ambientes podem favorecer o contágio pelo vírus. Além disso, verificamos se há algum estabelecimento funcionando irregularmente”, indicou.

Igor Lopes, coordenador do Procon Aracaju, reforça que o decreto não autoriza a abertura e recebimento de clientes por parte desses estabelecimentos. “Só há permissão para a retirada e o fornecimento dos produtos por meio do delivery. Então, aqueles estabelecimentos que forem flagrados descumprindo as normas estabelecidas pelos decretos, tanto da prefeitura quanto do governo do estado, serão responsabilizados com a instauração do processo administrativo, que poderá resultar na aplicação de multa pecuniária”, salientou.

Fonte e foto AAN