14/07/20 - 00:29:55

O pico, o platô e a descida

Diógenes Brayner diogenesbrayner@gmail.com

Esses próximos 15 dias, segundo observa cientistas da UFS e técnicos da Saúde, Sergipe está em linha ascendente, deve alcançar o pico de contágio até dia 25 deste mês, entra na reta do platô e inicia a descida entre dez e quinze de agosto. É apenas uma previsão técnica, mas não um calculo exato que se pode avaliar com absoluta exatidão. Mesmo assim, se tudo ocorrer dentro dessas previsões, à situação de risco só vai amenizar em setembro.

Sergipe chegou a mais de mil mortos ontem e é o décimo Estado com maior número de vítimas, em relação ao tamanho da população (2.298.696). Nada alentador e é preciso que isso chegue à população, que precisa se conscientizar da necessidade de se manter em casa e só sair em necessidade extrema. O Estado que tem a maior taxa de mortalidade pela doença em todo o país é o Ceará. A cada 1 milhão de pessoas em território cearense, 761 morrem em decorrência da covid-19. Assustador.

Todas as vezes que se expõem dados do tipo, a impressão é de que qualquer um pode ser o próximo. Mas poucos acreditam nisso, em razão do movimento intenso de pessoas que circulam como se estivessem com compromissos inadiáveis. Tudo que aglomera tem parcela de culpa e excede em risco. Os supermercados, por exemplo, seguem todas as instruções de higiene da porta para dentro, mas as imensas filas que se formam do lado de fora, também de clientes que vão às compras, são esquecidas e jogadas ao descaso até das regras de distanciamento.

A mesma coisa acontece nos bancos e em vários outros estabelecimentos abertos como se fossem essenciais ou dentro dos padrões da linha laranja. Além disso, tem o ziguezague natural de quem não consegue permanecer em isolamento social para reduzir a ação do vírus e até zerar o número de mortos. Em mensagens de redes e grupos na internet muitos pedem para brecar a circulação de carros e pessoas. Exatamente porque se trata da parte que não obedece e termina contaminando até os que não saem de casa.

Tudo muito difícil. Quase impossível, mesmo que os Governos tentem e procurem à forma ideal de proteger a sociedade. Bom, mas sempre tem a questão da economia em queda e de uma multidão que perde emprego e também condição de viver. É complicado e não surge algum cérebro que sugira a melhor saída…

Pessoas pedem lockdown

Diante das últimas informações sobre o pico do Covid-19 em Aracaju, onde pessoas conhecidas estão acometidas pelo vírus e chegando a óbito, parte de população, via mensagens pelo zap, pede a decretação do lockdown.

*** As mensagens revelam preocupação com as aglomerações e a resistência de parte da população em não obedecer ao isolamento social e sugerem medidas extremas para reduzir o número de casos.

Atividades econômicas

O deputado estadual Capitão Samuel (PSC) disse ontem: “observo que tivemos duas mortes por coronavírus em Sergipe”.

*** – Mas precisamos reabrir comércio e atividades econômicas. Temos vagas nas UTI’s e enfermarias. Não justificam as restrições, disse.

Zezinho e a Sergas

O líder do Governo, Zezinho Sobral (Podemos) está desqualificando a Sergas. Pergunta o que ela fez em 26 anos?

*** E mais: “quanto de dividendos gerou para Sergipe? Por que só alcança sete municípios”?

]*** E endurece: “Onde a Sergas estava que não permitiu que o gás chegasse com um preço melhor ao consumidor sergipano”?

Alessandro e Valadares

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) diz que algumas pessoas têm lhe perguntado sobre a possibilidade de aliança com o PSB.

*** Ele mesmo responde: “Política pressupõe diálogo e tivemos boas reuniões com Valadares Filho”.

.*** – Entendo que pode ser importante tê-los com a gente nesta construção, fortalecendo a unidade pela real transformação de Aracaju.

Ainda não procurou

Sobre o Twitter postado por Alessandro Vieira, o pré-candidato a prefeito pelo PSB, Valadares Filho, disse que ele ainda não o procurou: “não sou de fechar portas, sendo procurado conversarei”.

*** Valadares deixa claro que a sua pré-candidatura à Prefeitura de Aracaju está clara e isso ele não discute. Valadares confirmou: “às vezes que conversamos realmente sempre foi um bom diálogo”.

Henri candidatos

O ex-presidente da OAB-SE, Henri Clay (Rede) será candidato a prefeito de Aracaju. Ele diz que tem condições políticas de protagonizar essa disputa majoritária. Vamos avançar para viabilizar.
*** Henri acrescenta que “vamos trabalhar para fazer composições com outros partidos. Temos até 15 de setembro para definições políticas”.

Luciano candidato

Ainda não foi anunciado, mas Luciano de Menininha (DEM) será candidato a prefeito de Propriá. Falta apenas uma conversa mais detalhada com a família.

*** Com a pré-candidatura de Luciano, muita coisa muda entre as demais candidaturas à Prefeitura daquela cidade.

Chapa puro sangue

O Partido dos Trabalhadores em Sergipe vai disputar as eleições a prefeito de Aracaju em chapa única. O anúncio teria sido feito pelo próprio pré-candidato, Marcio Macedo, ontem pela manhã.

*** A informação também foi divulgada pela imprensa nacional que em algumas capitais o PT teria chapa puro sangue, onde incluía Aracaju.

Sérgio animado

O grupo político dos Reis em Lagarto está muito animado com a candidatura de Sérgio a prefeito. Segundo Fábio Reis, a aceitação do povo é muito boa e “a gente só perde se cometer um grave erro”.

*** O deputado disse que seu nome também influencia, em razão do trabalho que faz em Brasília.

Radialista com Covid

O secretário de Comunicação de Lagarto, radialista Rômulo Daltro, está internado na UTI do Hospital Universitário da cidade com Covid-19.

*** Rômulo faz programas diários em emissoras de cidades da região Sul.

Uma boa conversa

Conselho censor – A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) rejeita criação de ‘conselho censor’ para monitorar conteúdos na internet.

Falta pouco – As conversas para formação de blocos com objetivo de disputar a Prefeitura de Aracaju falta pouco para se afinarem.

Pouco ligando – Mesmo com o aumento sensível do coronavírus a população continua saindo e pouco ligando para as mortes que acontecem diariamente.

Sem acreditar – Parte de pré-candidatos às Câmaras Municipais não acredita que haverá eleição ainda este ano. Alguns já pensam em desistir.

Perna quebrada – O ministro Gilmar Mendes (STF) diz que irritou Forças Armadas por “bater em perna quebrada” do governo.

Blog do Noblat – Alguns membros da Polícia Militar de vários Estados estão muito violentos. Ontem um PM pisou no pescoço de uma mulher em São Paulo.

Está animado – O ex-prefeito de Capela, Manuel Messias Sukita (Republicanos) está animado com a aceitação de sua irmã, Clara, como pré-candidata à prefeita.

Formação de chapas – O ex-governador Jackson Barreto (MDB) trabalha a formação de chapas majoritárias em algumas cidades do interior.

Mortes Covid – As regiões Norte e Nordeste são aquelas onde a taxa de mortalidade pela doença é maior. Sergipe está em décimo lugar, segundo divulga o porta Poder360