16/07/20 - 07:58:53

Palanque virtual

Por Adiberto de Souza *

As mudanças na forma de os candidatos se comunicarem farão a diferença no resultado das eleições deste ano. Políticos pouco familiarizados com o mundo virtual terão muita dificuldade para levar suas mensagens ao eleitor. Diferente do passado, quando era preciso reunir o povo em grandes comícios para apresentar as promessas, os candidatos vão contar com internet, ferramenta que propaga as mensagens rapidamente e para um número incalculável de pessoas. Mas é aí que mora o perigo: Junto com a facilidade do fantástico mundo remoto vem a fake news, capaz de destruir uma reputação em segundos. Por mais que a Justiça tente, não conseguirá reparar todos os estragos causados pelas calúnias. Portanto, o candidato que não estiver preparado para fazer uso do palanque virtual e competência para se defender dos ataques adversários, dará com os burros n’água, por mais limpo que seja o seu passado. Home vôte!

No estaleiro

O governador Belivaldo Chagas (PSD) está, desde ontem, em quarentena. Tendo testado positivo para a Covid-19, o distinto se recolheu em casa, onde despacha e se comunica com o mundo virtualmente. Pelas redes sociais, Chagas informou que está assintomático. Também agradeceu as manifestações de carinho e as orações dos sergipanos por sua recuperação. Antes dele, sua filha Priscila e o genro José Carlos Felizola já haviam contraído a doença. Melhoras, Galeguinho!

Jogou a toalha

O ex-senador Eduardo Amorim (PSDB) desistiu de esperar o convite do prefeito Valmir de Francisquinho (PR) para disputar a prefeitura de Itabaiana. Convencido que o gestor serrano não abre mão de apoiar a candidatura do secretário Adailton Sousa (PR), o tucano jogou a tolha: “Coloquei meu nome à disposição, mas não como uma imposição”, frisou Amorim, que promete pedir votos e subir no palanque do candidato escolhido por Valmir. Ah, bom!

Dedada proibida

A Justiça Eleitoral excluiu a necessidade de identificação biométrica nas eleições municipais deste ano. É que, segundo infectologistas, colocar o dedo na maquininha de leitura é um perigo nessa época de pandemia do coronavírus. Os médicos consideraram dois fatores: a identificação pela digital pode aumentar as possibilidades de infecção, e o aumento das aglomerações nas sessões eleitorais. Vixe!

Mágoas de vice

O vice de São Cristóvão, Adilson Júnior (PDT), não se cansa de reclamar do prefeito Marco Santana (MDB). O pedetista diz ter sido abandonado pelo ex-aliado, que nem um gabinete arrumou na cidade para ele atender os sancristovenses. Revoltado com a ingratidão de Santana, Adilson promete ir de casa em casa pedir ao povo para não reeleger o emedebista. Nem precisa dizer que a oposição aos dois está soltando fogos com essa desunião. Aff Maria!

Contra despejos

O senador Rogério Carvalho (PT) apresentou o Projeto de Lei proibindo a concessão de liminar ou a execução de sentença de despejo ou desocupação de imóvel durante a pandemia de Covid-19. Segundo ele, as famílias que moram de aluguel já passam por necessidades financeiras e não podem ser despejadas nesse momento de pandemia. O petista acha uma contradição colocar pessoas no olho da rua justo agora que as autoridades pedem para todo mundo ficar em casa. Certíssimo!

UFS elege lista

Os professores Valter Joviniano (37 votos), André Maurício (30 votos) e Vera Lúcia (8 votos) comporão a lista tríplice a ser encaminhada ao Ministério da Educação. Os três foram os mais votados na eleição promovida, ontem, pela Universidade Federal de Sergipe. Estudantes e servidores da UFS, além dos candidatos derrotados, protestaram contra o processo virtual de escolha da lista tríplice. Houve até exposição de cruzes e caixões de defunto na entrada da reitoria. Crendeuspai!

Pano pras mangas

E continua rendendo o baculejo que a Polícia Federal deu na Secretaria de Saúde de Aracaju visando apurar denúncias sobre o Hospital de Campanha. Este assunto vai dar pano pras mangas na próxima campanha. Ontem mesmo, a prefeiturável Danielle Garcia (Cidadania) postou o seguinte nas redes sociais: “Eu respeito muito a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a CGU. Se tiver que escolher um lado, será o deles, com toda certeza! Ninguém está acima da lei. E quem não deve, não teme ser investigado”. Misericórdia!

Prestando contas

Quem estará, hoje, na sessão virtual da Assembleia é Lêda Lúcia Couto de Vasconcelos, Secretária de Estado da Inclusão e Assistência Social. Vai falar aos deputados sobre as ações desenvolvidas pela Secretaria durante a pandemia da Covid-19. A moça foi convidada para o bate-papo na Alese pelo deputado estadual Zezinho Sobral (Pode). Além da palestra de Lêda Lúcia, os parlamentares votam, nesta quinta-feira, quase uma dezena de indicações e moções de aplausos. Então, tá!

Contra as eleições

E o vereador aracajuano Vinícius Porto (PDT) ainda alimenta a possibilidade de adiamento das eleições. Ele defende que o pleito só deve ocorrer este ano se toda a população for imunizada contra o coronavírus até setembro próximo, data limite para a realização das convenções. Do contrário, segundo diz, não há segurança sanitária para realizar a votação, pois os eleitores serão colocados em grande risco. Em outras palavras: Porto quer mesmo é ter o mandato prorrogado por tempo indeterminado. Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 30 de dezembro de 1913.

* É editor do site Destaquenoticias