17/07/20 - 13:38:54

VALORIZAÇÃO DO TRABALHADOR DA SAÚDE É TEMA DE AUDIÊNCIA DO GOVERNO E SINDICATOS

Os trabalhadores da saúde do Governo de Sergipe há seis anos amargam desvalorização salarial, visto que não recebem nem mesmo a correção do índice anual da inflação e o Último Acordo Coletivo de Trabalho -ACT, data de 2012. Para discutir valorização profissional, representações sindicais de trabalhadores da saúde terão uma audiência com o Governo do Estado, a partir das 14h da próxima terça-feira, dia 21/7.

Dirigente sindical e trabalhador do HUSE, Anselmo Menezes (SINDASSE – Sindicato dos Assistentes Sociais de Sergipe) acrescentou que, desde abril de 2019, os trabalhadores da saúde estão recebendo uma remuneração rebaixada, pois o Governo do Estado passou a aplicar o adicional por insalubridade sobre o salário mínimo ao invés de tomar como parâmetro o salário base, como sempre foi feito.

“Estamos enfrentando a pandemia do Covid-19 com remuneração salarial defasada. Arriscamos nossa saúde, nossa vida, a saúde de nossos familiares e recebemos em troca a desvalorização profissional. Nem o adicional por insalubridade no grau máximo de 40% nós recebemos. O Governo do Estado paga apenas 20% de insalubridade para quem não está na UTI, centro cirúrgico e laboratório, e este percentual está sendo aplicado sobre o salário mínimo. É muita desvalorização”, criticou o dirigente sindical Anselmo Menezes.

O presidente da CUT/SE, Roberto Silva, que vai participar da audiência com o Governo de Sergipe para discutir a valorização dos trabalhadores da saúde afirmou: “Precisamos fazer justiça aos trabalhadores da saúde e resgatar o adicional por insalubridade aplicado sobre o salário-base. Também vamos lutar pela retomada da Mesa Permanente de Negociação do SUS estadual para a construção de um novo ACT, que já está defasado há 6 anos”.

Por: Iracema Corso