20/07/20 - 08:18:42

Discípulos da morte

Por Adiberto de Souza *

Muitos empresários e profissionais liberais bem-sucedidos financeiramente insistem que o governo de Sergipe libere geral o isolamento social. Protegidos da Covid-19 em suas belas casas, estes cidadãos vivem a postar mensagem nas redes sociais criticando a quarentena que, segundo dizem, além de não impedir a propagação da doença, está quebrando as empresas. São partidários que o comércio reabra o quanto antes. Sutilmente, esses sujeitos defendem a mortal imunidade de rebanho. Ora, a última vez que o governo de Sergipe afrouxou o isolamento social, a pandemia se alastrou e, desde então, a ocupação dos leitos de UTI se manteve acima dos 70%. Verdadeiros discípulos da morte, estes negacionistas estão pouco se lixando com os seus semelhantes, pois acham o lucro mais importante do que a vida alheia. São uns hipócritas. Crendeuspai!

Igreja de luto

Vítima da Covid-19, o ex-bispo auxiliar de Aracaju, Dom Henrique Soares da Costa, foi sepultado, ontem, em Palmares (PE), onde era bispo desde 2014. O religioso faleceu no último sábado, num hospital de Pernambuco. Por causa da pandemia, participaram da missa exequial apenas seis padres e diáconos, além de outros bispos e familiares do reverendo. Em nota, Dom João José Costa, arcebispo Metropolitano de Aracaju, manifestou “seu profundo pesar pelo falecimento de Dom Henrique. Descanse em paz!

Deputados defendidos

Circula na internet a informação que de Sergipe apenas os deputados federais João Daniel (PT) e Fábio Henrique (PDT) votaram a favor do projeto estendendo o auxílio emergencial até dezembro. Irritado, o deputado Gustinho Ribeiro (SD) promete processar o autor da notícia por calúnia e difamação. O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), saiu em defesa dos colegas: Todos os deputados votaram a favor do auxílio emergencial, inclusive o trecho que permite ao governo estender a ajuda enquanto durar a pandemia. Esses são os fatos. O resto é fake news covarde”. Então, tá!

Risco de greve

De um gaiato ao saber do grande número de cargos em comissão no Tribunal de Contas de Sergipe: “Desse jeito, se os protegidos dos conselheiros fizerem greve, o Tribunal faz de Contas pára de vez”. É, pode ser!

Ameaça de morte

O vereador de Pacatuba, Petrônio da Silva (PT), denunciou que está sendo ameaçado de morte por grupos violentos que atuam naquele município. Segundo o deputado estadual Iran Barbosa (PT), o parlamentar petista vem sofrendo ameaças por denunciar suspeitas de irregularidades e indícios de corrupção em Pacatuba. “Clamo para que o Estado investigue as ameaças sofridas pelo vereador e puna, na medida da lei, os seus autores”, solicitou o deputado. Certíssimo!

No encalço do PT

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) quer que o WhatsApp informe sobre o bloqueio de contas do PT no aplicativo. O requerimento do cidadanista solicita que a empresa descreva de que modo foi identificada a conduta irregular e quanto tempo durou a investigação. Vieira também quer saber se o uso das contas era específico para disparos em massa ou automatizadas e de que forma a plataforma chegou aos nomes e números dos responsáveis. Misericórdia!

Atrás de um vice

Enquanto o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) tem gente até demais querendo ser o seu vice, o prefeiturável Almeida Lima (PRTB) deverá ter dificuldade para encontrar quem queira ser seu parceiro de chapa. Não por causa de seu perfil político, mas pela má fama de desistir da empreitada no meio do caminho. Ainda está bem viva na memória do aracajuanos a campanha de 2012, quando Almeidinha renunciou à candidatura a prefeito da capital em pleno debate ao vivo na TV Sergipe. Na época, sem ter mais o cabeça de chapa, o candidato a vice Rivando Gois (PPS) ficou a ver navios. Home vôte!

Quer jogar

E quem se diz pronta para jogar politicamente é a delegada de Polícia Katarina Feitoza (PSD). Ela é um dos nomes do partido à disposição para compor como vice a chapa encabeçada pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT). Entrevistada pelo site Universo Político, Katarina afirmou que cada um tem um talento específico: “A minha expertise, por exemplo, nunca foi testada na política. Sou delegada de Polícia há 19 anos, compromissada com o serviço público e com projetos que melhoram a vida do povo… Pode apostar que já estou aquecida para entrar em campo”. Marminina!

Me dá um dinheiro aí

O deputado estadual Samuel Carvalho (Cidadania) está sendo vítima de um golpe pelas redes sociais. Segundo o parlamentar, os bandidos estão usando o WhatsApp para pedir dinheiro no nome dele. Samuel informa que o número de telefone usado não lhe pertence e que vai prestar queixa à Polícia contra os bandidos. O deputado não é o primeiro político de Sergipe a ser vítima deste golpe pelas redes sociais e, certamente, não será o último. Danôsse!

Tenha fé

E aí, amanheceu Durango Kid, sem um tostão furado no bolso? Pois corra a uma casa lotérica e faça uma fezinha na Mega-Sena. O prêmio para quem acertar as seis dezenas, quarta-feira próxima, é de R$ 29 milhões. Tudo bem que não é essa grana toda, mas dá para pagar parte das dívidas e comprar uns engradados de cerveja e algumas garrafas de cachaça. Menos mal, né?

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Nordeste, em 28 de maio de 1942.

É editor do site Destaquenoticias