20/07/20 - 10:01:06

MNSL acolhe vítimas de violência sexual de ambos os sexos

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) desenvolve um grande trabalho  de atendimento às  vítimas de violência sexual. O acolhimento e atendimento humanizados prestados pela equipe multidisciplinar a essas vítimas comprovam o grande diferencial ético, de cidadania, atenção e cuidado da assistência direta prestada na maternidade.

Os dados relativos a esse serviço indicam que de janeiro a junho de 2020 foram realizados 797 atendimentos. Desses, 263 são relativos a consultas com psicólogos, 270 consultas de retorno médico, 88 com assistentes sociais , 62 com enfermeiros e 114 consulta médica, de primeiro atendimento.

“As maiores incidências dos casos de abuso sexual foram com menores de 18 anos, em sua maioria do sexo feminino. Ainda no mesmo período foram contabilizados, 114 novos casos, sendo: 77 relativos a vítimas menores de idade e 37 a maiores, como  explicou a superintendente da MNSL e coordenadora do Atendimento a Vítimas de Violência, Lourivania Prado.

Ela disse  que a família, a comunidade, os órgãos de Secretarias de Educação e Segurança Pública devem permanecer sempre unidos a favor da prevenção, principalmente no âmbito familiar.

“É preciso ficar alerta aos sinais, para melhor resolver os casos que surgem. O objetivo é atender, acolher e tratar a vítima”, disse Lourivânia.  Ela esclareceu que o maior índice de atendimento a vítima de violência está registrado entre as crianças de cinco até os 11 anos de idade.

“Os dados revelam que as crianças chegam tardiamente (abuso crônico, mais de dois meses do ato) no serviço. A criança às vezes  revela o ocorrido, por gesto, palavras ou mudanças de comportamento. “Além do primeiro atendimento é necessário o acompanhamento psicológico”, enfatizou Lourivânia.

Atendimento

É importante que a vítima procure atendimento nas primeiras 72h do fato ocorrido mesmo que não tenha passado pela delegacia.  “Nesse prazo, conseguimos realizar todas as medidas preventivas para evitar as infecções sexualmente transmissíveis. Na MNSL é administrada a pílula do dia seguinte, o coquetel retroviral do HIV e das hepatites. Depois das 72h, fazemos o acompanhamento dos exames, e apoio psicológico, atendimento médico, de enfermagem, assistente social, e acionamos os órgãos protetores”, disse Lourivânia.

A Maternidade fica localizada na Avenida Tancredo Neves Os relatórios estatísticos da Instituição apontam que, nº 5.700. O telefone para contato é (79) 3222-8650.

Fonte e foto assessoria