04/08/20 - 18:40:20

HCamp conta com ala específica para acolher pacientes com suspeita de covid-19

Campanha de informação e orientação à população sobre a Covid-19
Construído estrategicamente para o tratamento de pacientes com covid-19 no município, o Hospital de Campanha (HCamp) Cleovansóstenes Pereira Aguiar segue normas e critérios rigorosos em todos os processos dispensados pela Prefeitura de Aracaju, desde sua estruturação em si, passando pela equipe de assistência à saúde, da entrada à alta médica de um paciente. Um dos principais cuidados tem a ver com os pacientes que ainda não receberam confirmação para a doença causada pelo coronavírus.
Atualmente, composto por cinco alas, e a sexta para ser aberta, em breve, a unidade provisória tem uma dessas alas específicas para os casos suspeitos da doença, a Ala Amarela. Nesta área do hospital, há uma série de cuidados empregados pelas equipes.
“A ideia é simples e precisa: se o paciente entrou no hospital sem covid, ele sairá sem também. Por isso, zelamos pela atenção total e criteriosa a esse paciente e a tudo o que envolve a Ala Amarela, bem como nas demais alas. Ainda que o índice de suspeitos seja baixo no HCamp, não deixamos de atuar com o maior cuidado”, destaca o referência técnica em Enfermagem do HCamp, Gabriel Simões.
Com 21 leitos, a ala para casos suspeitos costuma ter um fluxo baixo e, até hoje, abrigou a, no máximo, sete pacientes. Conforme o RT, é nessa baixa demanda que é preciso se ater, justamente para que não haja a infecção de quem pode não estar com a doença.
“É uma ala separada dos demais setores do hospital. Os pacientes têm um acesso diferente, justamente para não ter esse risco de infecção, é uma área dividida, tem uma barreira física que a separa dos demais setores. Os profissionais, tanto da limpeza como os da assistência médica, enfermeiros, técnicos e apoio são específicos dessa ala, não atendem às demais alas. Investimentos em uma equipe inteira para poder suprir essa demanda, com o intuito de dar seguridade”, pontua Gabriel.
 
Encaminhamento
De acordo com o RT, há cerca de duas semanas, os pacientes com quadro suspeito de covid-19 estão sendo direcionados ao hospital diretamente pela indicação médica.
Desde a sua estruturação, os pacientes seguem para o hospital após triagem que se inicia ainda nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva e Fernando Franco, ou nas oito Unidades Básicas de Saúde (UBS) de referência para pacientes com síndromes gripais. Mas, devido a urgência de alguns casos, agora, não é preciso, necessariamente, passar pela regulação.
“O paciente é atendido pelo médico nessas unidades, passa pela triagem médica e, se o médico achar que tem perfil, vai direto para o hospital. Ele não vem pela regulação, o médico dá um termo para o paciente. Essa medida foi tomada para, além de desafogar ainda mais as outras unidades de linha de frente, dar maior agilidade ao tratamento desse paciente, sem que precise passar por muitos processos antes de ser admitido no HCamp”, explica Simões.
Até o resultado do exames ser divulgado, o paciente é direcionado para a Ala Amarela do HCamp, onde se encontram os casos suspeitos, ou seja, os que apresentam sintomas de síndromes gripais, mas ainda não receberam confirmação positiva de teste da covid-19. Os aracajuanos que já receberam a confirmação ocupam as demais Alas (Azul, Laranja, Rosa, Verde e Vermelha), de acordo com a gravidade do caso, justamente para não haver contaminação.