04/08/20 - 14:43:54

Huse  aumenta capacidade da sala de sutura com ampliação

Agora, cinco macas fixas espaçadas compõem o novo cenário e uma melhor assistência ao paciente do trauma que necessita do serviço

Adequar o espaço às atuais necessidades de atendimento ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS), além de oferecer mais conforto ao trabalho do profissional. Esse foi o pensamento que definiu a reforma de um novo espaço no Pronto Socorro do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) para abrigar a Sala de Sutura que funcionava em um ambiente de 12 metros quadrados e contava com três macas. Com o espaço ampliado, agora, cinco macas fixas espaçadas compõem o novo cenário e uma melhor assistência ao paciente do trauma que necessita do serviço.

A nova Sala de Sutura conta, ainda, com rede de gás instalado, privacidade para os pacientes com cortinas, um consultório exclusivo para atendimento personalizado, posto de enfermagem, colocação de equipamentos, reduzindo o tempo de atendimento dos pacientes que tenham eventualmente algum trauma e preparados para um acidente com múltiplas vítimas.

O diretor técnico do Huse, Vagner Andrade, explicou que o usuário do serviço só tem a ganhar. “Muitas vezes a gente tinha vários pacientes que ficavam aguardando os cirurgiões atenderem pela diminuição do número de leitos de estabilização. Com essa ampliação a gente pretende diminuir o tempo de atendimento de acidente com múltiplas vítimas e só tem a ganhar o usuário”, ressaltou.

Para o profissional que atua no setor esse novo espaço vai ser melhor em muitos aspectos, principalmente a melhora no fluxo de atendimentos. “É um ambiente com uma melhor qualidade no atendimento ao paciente e melhores condições técnicas e espaço físico de acolhimento para suprir a demanda de trauma do Estado, que é referencia. A gente tinha uma espécie de estrangulamento no atendimento, tínhamos engarrafamento de macas esperando espaço físico para atender. Nossa quantidade de profissionais é adequada e ficávamos com a limitação do espaço físico, agora, foi suprida”, declarou o cirurgião geral, Samuel Bezerra.

O setor que realizou no primeiro semestre deste ano (janeiro a junho), 7.523 atendimentos é uma área importante do hospital voltada para urgência e emergência do trauma que é função primordial no atendimento da unidade hospitalar.

Fonte e foto SES