06/08/20 - 10:36:16

Lojistas devem estar atentos aos protocolos para retomada das atividades

Sebrae disponibiliza material para orientar empresários na reabertura dos estabelecimentos

Com a publicação da resolução governamental que autoriza a reabertura dos shopping centers a partir do dia 14, os lojistas precisam ficar atentos aos protocolos necessários para garantir o funcionamento dos seus estabelecimentos com segurança e preservando os cuidados com colaboradores, clientes e fornecedores.

E para permitir a adequação desses espaços às normas sanitárias vigentes, o Sebrae coloca à disposição dos empreendedores uma cartilha e uma série de outros materiais com as orientações para a retomada das atividades. Os arquivos podem ser baixados gratuitamente no site www.sebraesergipe.com.br.

A primeira dica é em relação aos funcionários. É importante que eles tenham um espaço reservado para guardar bolsas e seus itens pessoais. O processo de chegada ao trabalho deve ser organizado, com a disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos e medidas para higienização das solas do sapato como um borrifador com álcool 70% ou tapete com desinfetante. Os uniformes devem ser utilizados apenas no interior da loja, sendo recomendável que os colaboradores não o utilizem no trajeto casa/trabalho/casa.

Os estabelecimentos devem ser limpos e desinfectados antes da reabertura. É preciso dar atenção especial à limpeza de araras, colmeias, vitrines, mesas ilhas, provadores e outras áreas de contato direto com o público, principalmente as que envolvam o toque. Outra sugestão é a retirada dos tapetes, mantendo uma decoração mais minimalista para facilitar o processo de higienização.

Clientes

Com relação ao layout externo, o empresário deve revisitar o salão de vendas e fazer as adequações de loja a distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas, especialmente no caixa. Adesivos podem ser utilizados no chão para demarcação dos espaços. Se for possível é recomendável a instalação de barreira de vidro ou acrílico nos caixas para ampliar ainda mais a distância e o contato entre colaborador e cliente.

Para evitar aglomerações, é importante organizar uma área de chegada para os clientes, sempre ofertando álcool gel para higienização das mãos e medidas para higienização das solas do sapato. Solicite que todos eles estejam de máscara e, caso eles não disponham, tenha um estoque de máscaras descartáveis para oferecer.

“Não é o momento de realizar campanhas que estimulem a presença de muitas pessoas ao mesmo tempo na loja, nem de oferecer serviços e amenidades que retardem a saída do consumidor do estabelecimento ou aumentem a possibilidade de contágio, como a disponibilização de café, doces e poltronas para espera. É importante lembrar também que não é hora de liberar o uso de provadores. Os clientes não devem experimentar roupas, acessórios ou similares”, explica o analista técnico do Sebrae, Thiago Oliveira.

Outro ponto que deve ser salientado é em relação aos produtos que retornam de trocas. Estes devem ser mantidos por 72 horas em quarentena. Nos canais de comunicação da empresa, oriente sobre horários de funcionamento, medidas de saúde e higiene e procedimentos de segurança que sua loja está adotando.

Foto assessoria

Por Wellington Amarante