06/08/20 - 05:55:48

PL do Cabo Amintas para eliminar ar da tubulação de água da DESO é aprovado em 2° votação

O vereador Cabo Amintas (PSL) participou da Sessão Extraordinária on-line na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quarta-feira, 05. Durante a sessão defendeu seu projeto que dispõe sobre a instalação de equipamento eliminador de ar na tubulação de distribuição de água potável residencial e comercial no município.

Amintas defendeu o Projeto de Lei (PL), afirmando que é comum perceber uma contagem equivocada do consumo de água, pela provável entrada de ar na tubulação.

“Esse projeto pretende fazer com que a população deixe de ser lesada, isso acontece em vários setores, não só na água, acontece nos postos de gasolina também. A ideia desse projeto é que as pessoas paguem pelo que usam e não pelo que a empresa lhes fornece. Com a entrada de ar nos canos de instalação da Deso as pessoas são roubadas, esse projeto quer acabar com isso, e que seja obrigatória a instalação desse equipamento de forma justa”, esclareceu Amintas.

O vereador Américo de Deus (PSD) se posicionou a favor do projeto. “Acompanhei algumas demonstrações da Deso de como ocorre a entrada de ar e realmente o ar gira o hidrômetro. Esse é um projeto que vai trazer ganhos consideráveis aos consumidores. Não é certo você pagar por vento e a situação do nosso povo hoje já está caótica. O que puder economizar para honrar os compromissos é importante”, afirmou.

Em seguida foi a vez dos vereadores Cabo Didi (PSC), Carlito Alves (PSC) e Lucas Aribé (Cidadania) apoiarem o projeto. “Não sei que proteção a Deso tem, porque até hoje todos nós pagamos 80% do valor em taxa de esgoto, é vergonhoso! Esse projeto vem para fazer justiça”, declarou Lucas.

Depois, a vereadora Emília Corrêa (Patriota) também elogiou o projeto. “Vereador Cabo Amintas, parabéns pelo projeto. Ele vem trazer justiça para os consumidores. Isso é uma coisa antiga e desenfreada, que bom que o senhor visualizou isso e tomou a iniciativa. No Rio de Janeiro já existe essa lei e o consumidor pode pedir que a companhia de água instale esse equipamento de eliminação do ar. Esse ar gera um aumento absurdo na conta. A própria Deso, em várias manifestações técnicas assumiu que existe problema de ar na tubulação e que deveria ser corrigido. Isso foi dito de forma pública em várias emissoras, exatamente para responder aos consumidores que reclamavam sobre isso”, disse.

O vereador Vinícius Porto (DEM), único a se posicionar contrário, pediu a retirada de pauta do projeto, o que não foi acatado pelos demais parlamentares.

Amintas aproveitou para comprovar a presença do ar nas tubulações usando os exemplos de declarações públicas da própria empresa que presta o serviço. “Na justificativa do projeto nós podemos verificar que, por várias vezes, a própria Deso assume que quando há necessidade do desligamento da rede para qualquer trabalho operacional, volta com ar e não água. Só que as pessoas já estão pagando por aquele ar, que muitas vezes chega a 40% do consumo. Pesquisas já foram feitas e já está comprovado”, afirmou.

O Projeto de Lei 229/2019 recebeu o apoio da maioria dos vereadores e passou para a terceira discussão em sessão futura.

Fonte: Assessoria de imprensa do vereador Cabo Amintas